Troller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Troller
Troller logo.png
Subsidiária
Slogan "Nascido na trilha, criado no asfalto"
Atividade Indústria automobilística
Fundação 1995 (24 anos)
Fundador(es) André Casabuena Bezerra
Sede Horizonte, Ceará,  Brasil
Proprietário(s) Ford Motor Company
Pessoas-chave Rogério Farias, Mário Araripe
Produtos Troller T4, Troller Pantanal
Empresa-mãe Ford
Website oficial www.troller.com.br

A Troller é uma marca de automóveis fundada originalmente no Brasil, é fabricante de veículos utilitários tipo fora de estrada localizada na cidade de Horizonte no estado do Ceará e hoje é propriedade da Ford

História[editar | editar código-fonte]

A Troller foi fundada em 1995 no Ceará por Rogério Farias e em 1997 o empresário Mário Araripe (que também atua no ramo têxtil e de construção civil) adquire a empresa e investe na expansão da fábrica e na linha de produtos. Nos últimos anos a Troller ganhou visibilidade apenas com o jipe T4, hoje com motor 5 cilindros 3.2 20V de 200 cv e 47,8 Kgfm (o mesmo da Ford Ranger 2015), (até 2012 o motor era um MWM/International Power Stroke 3.0, Intercooler, de 163 cavalos e 38,7 Kgfm). A Troller também se tornou especialista em veículos especiais, ao desenvolver o jipe militar, carro-bombeiro e aqueles destinados às operações em minas subterrâneas. Os primeiros veículos da Troller que eram o modelo RF Sport (1997 - 1999) (em 1999 foi lançado o T4 como sucessor do RF Sport) saíram da linha de produção com motor à gasolina VW AP 2.0 de 114 cv (foi usado até 2001) e, em sequência, com motor mecânico MWM Diesel 2.8 de 115 cavalos líquidos (132 cv brutos) (2001 até o final de 2005). Desde de fevereiro de 2006, no entanto, a Troller passou a disponibilizar a picape Pantanal. Com esses dois produtos, a montadora ampliava sua atuação no nicho de veículos especiais em que se posicionava. Em 2007 a Ford do Brasil anunciou a compra da fabricante cearense.[1] Mais tarde a picape Pantanal foi retirada do mercado, e as unidades que haviam sido vendidas foram recompradas pela Ford, pois apresentaram problemas no chassi.[2] No entanto nenhum modelo foi apresentado até hoje para o substituir, o que leva a crer, do ponto de vista do mercado, é que ela optou por não manter um concorrente aos modelos que vende sob outras marcas.

No distrito industrial de Horizonte, a 37 quilômetros de Fortaleza, operam os departamentos de design, engenharia, produção e recursos humanos e, em São Bernardo do Campo, os departamentos comercial, marketing, pós-venda e suprimentos.

A aquisição pela Ford[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de janeiro de 2007, em audiência com o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da divisão para a América Latina da Ford Mark Fields anunciou a aquisição da Troller, que passa a fazer parte do grupo, juntamente com Lincoln e Mercury.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Produzidos atualmente (2019)[editar | editar código-fonte]

Descontinuados[editar | editar código-fonte]

Características e Motorização[editar | editar código-fonte]

Todos os modelos da Troller, em exceção o extinto Pantanal, possuem o mesmo nome "T4", de ano para ano fazem algumas poucas mudanças como capotas de lona e rígida sendo opcionais ou extintas no caso da lona vir de fabrica, ou o snorkel que vem instalados nos modelos 2013 e 2014. A diferença está sempre nos anos de fabricação, principalmente pré, e pós Ford.

Apesar de ser um grande jipe, devido a grande variedade de peças de diferentes fabricantes é sabido dentre os proprietários e amantes do Troller que é um veiculo merece um pouco de atenção. O motor 3.2 Diesel usado no utilitário em 2013 a 2014 teve um histórico de problemas elevado. Os problemas relatados são nos bicos de injeção, módulo eletrônico e selo das galerias de água do bloco. Os demais motores são confiáveis e muito utilizado em expedições e trilhas.

RF (Modelos 1999 a 2001 e 2003 Série Especial)[editar | editar código-fonte]

  • Motor Volkswagen AP 2.0 gasolina de 114 cv

T4 (Modelos 2001 a 2005)[editar | editar código-fonte]

  • Motor MWM 2.8 diesel de 132 cv

T4 (Modelos 2006 a 2012)[editar | editar código-fonte]

  • Motor International NGD 3.0 diesel eletrônico de 163 cv

T4 (Modelos 2013 a 2014)[editar | editar código-fonte]

Snorkel de série em todos os modelos, fim de 2014 são instalados de série para-choques de trilha na cor cinza.

  • Motor MWM-International TGV 3.2 diesel de 165 cv

Novo T4 (Modelo 2015)[editar | editar código-fonte]

Todo o jipe foi re-estilizado, ganhou ar-condicionado digital, câmbio 6 marchas, motor 3.2 de 5 cilindros.

  • Motor Ford Duratorq 3.2 diesel 5 Cilindros de 200 cv

Referências

  1. Uol Notícias (4 de janeiro de 2007). «Ford anuncia compra da Troller e investimentos de R$ 2,2 bi no Brasil». Consultado em 22 de dezembro de 2013 
  2. Carpress (15 de agosto de 2008). «Em ação inédita, Ford recolhe Troller Pantanal». Consultado em 22 de dezembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.