Volkswagen Fox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Volkswagen Fox
VW Fox rear 20080115.jpg
Visão Geral
Nomes
alternativos
Volkswagen Lupo (Mexico)
Produção 2003 — presente
Fabricante Volkswagen
Modelo
Carroceria Hatchback 4 - portas
Hatchback 2 - portas
Designer Luiz Alberto Veiga
Ficha técnica
Motor 1.0 Flex
1.6 Flex
Transmissão 5 Marchas manual
5 Marchas I - Motion automatizado
Modelos relacionados Volkswagen CrossFox
Volkswagen SpaceFox
Chevrolet Agile
Renault Sandero
Ford Ka
Kia Picanto
Fiat Argo
Hyundai HB20
Chevrolet Onix
Chery Celer
JAC J3
Citroën C3

Fox é um automóvel fabricado pela Volkswagen e vendido para América Latina e Europa. Possui as variantes off-road CrossFox e a perua SpaceFox/Suran. O nome Fox também pode se referir à versão norte-americana do Voyage, vendida nos EUA entre as décadas de 1980 e 1990 importado do Brasil.

Na América do Sul o modelo está direcionado para o mercado entre o Gol e o Polo, na europa substituiu o Volkswagen Lupo. Na Europa, o Fox foi substituído pelo Volkswagen Up!, enquanto no Brasil ele ganhou uma reestilização abrangente que adaptou o Fox ao estilo mundial da Volkswagen e lhe concedeu características mais refinadas.

1ª Geração (2003 - 2009)[editar | editar código-fonte]

Volkswagen Fox 1ª geração

O Fox é um veículo de dimensões compactas, carroceria hatchback (do inglês traseira cortada), fabricado e inteiramente projetado no Brasil, sobre a plataforma do Polo, desde 2004. Originalmente denominado projeto "PQ24", antes de sua fabricação cogitava-se que seria o sucessor do Gol, ou então que seria o próximo "carro mundial" da Volkswagen. Até sua apresentação oficial à imprensa especializada o projeto foi chamado por vários nomes, por exemplo: Volkswagen Tupi.

No início, o Fox realmente destinava-se a substituir o Gol (que por sua vez substituiu a Brasília no Brasil) no entanto, a Volkswagen não conseguiu fazer com que o Fox tivesse um custo baixo o suficiente para compensar inseri-lo na fatia de mercado popular. Assim, este seguiu para uma fatia de mercado superior à do Gol e inferior à do Polo.

Atualmente, o Fox é o 2º Volkswagen mais vendido no Brasil, perdendo apenas para as vendas do veterano Volkswagen Gol.

O carro deu origem a uma pequena "família", que no Brasil já conta com a versão off road denominada CrossFox, e a versão station wagon, chamada no Brasil de SpaceFox.

Na linha 2008, a versão Sportline é descontinuada, substituída pela série especial Route, que passa a ser disponibilizada na cor amarela, que a partir daí também se estenda a versão Sunrise, antes a cor era restrita somente ao Crossfox. E a versão hatch sofre sua primeira reforma visual, ganhando pára-choques idênticos à da Spacefox, com parte do pára-choque preto. E o Crossfox perde a barra de proteção frontal.

2ª Geração (2009 - 2014)[editar | editar código-fonte]

Fox 2ª Geração

Na linha 2010, o Fox passou por uma mudança no visual frontal (que lembra os últimos lançamentos europeus), traseira e interior, as versões foram renomeadas para trend e prime. Ganhou também um novo painel de instrumentos e câmbio, com materiais mais sofisticados. Seu motor segue a mesma maneira dos outros modelos nacionais, com motores na transversal. Usa motores EA111 1.0 e 1.6, e o EA211 1.0, sendo todos Total Flex.

Versões e Motores[editar | editar código-fonte]

  • 1.0
  • 1.0 BlackFox
  • 1.0 SilverFox
  • 1.0 BlueMotion
  • 1.6
  • 1.6 I-Motion (com cambio automatizado)
  • 1.6 Highline
  • 1.6 Highline I-Motion (com cambio automatizado)
  • 1.6 BlueMotion
  • 1.6 Prime (versão produzida entre 2010 e 2012, atual Highline)
  • 1.6 Pepper
  • 1.6 Rock in Rio (Edição Especial Limitada)

3ª Geração (2014 - presente)[editar | editar código-fonte]

Na linha 2015, o Fox passou por uma mudança visual inspirada no Golf Mark VII, na dianteira ganhou novos faróis com focos retangulares, na traseira recebeu lanterna horizontais que invadem a tampa da mala, mas a grande novidade foi a adoção da Direção Elétrica, assim como, melhorias de acabamento e novos itens de segurança.

Na linha 2015, o Fox é oferecido nas versões Bluemotion (com motor EA211 1.0 de 3 cilindros), Trendline, Comfortline (ambas disponíveis com motores EA111 1.0 ou 1.6) e a topo de linha Highline (apenas com motor 1.6 16V MSI).

Na linha 2018, estão disponíveis as versões Trendline, Track, Comfortline, Highline e Pepper. [1]

Perigo no porta-malas[editar | editar código-fonte]

Em 2008, cerca de 8 clientes tiveram o dedo decepado ao tentarem realizar a operação de extensão do porta-malas do carro de maneira diferente do que mostrava o manual do proprietário, e buscam indenização da montadora. Um recall foi realizado para corrigir o problema, usando um pequeno pedaço de tecido/couro para fechar o buraco que decepava os dedos. Segundo a VW a solução foi definitiva, porém o sistema que oferece este risco não foi substituído pelo sistema que era instalado nos carros para exportação. [2] [3]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O nome Fox já foi usado anteriormente para denominar o antigo VW Voyage (versão sedã do antigo Volkswagen Gol) que era exportada para os EUA, durante a década de 80.
  • O nome Fox significa raposa em inglês, incorpora as características de velocidade, agilidade, compacto e lembra beleza.
  • O nome original do VW Fox era Tupi.
  • O atual VW Fox é exportado para o México, Argentina e Europa.
  • A versão exportada para a Europa tem acabamento bastante diferenciado do Fox destinado ao público brasileiro, tem um interior melhor trabalhado e mais confortável do que o modelo brasileiro. No mercado europeu, o Fox substitui o Lupo, antes o menor modelo da Volkswagen na Europa.
  • No México, o VW Fox recebeu o nome de Lupo, devido ao fato do então presidente do México se chamar Vicente Fox e assim não ser propaganda política.
  • Em maio de 2007, a versão "exportação" do Fox chegou ao Brasil. Esse modelo tem a frente como a do SpaceFox.
  • A Volkswagen desistiu de nomear o projeto como "Tupi" porque em inglês, "to pee" (pronuncia-se mais ou menos como "tchu pi") significa "urinar". Coube a Volks renomear como Fox.
  • Os motores utilizados no Fox adotam o bloco EA 111 nas versões 1.0 e 1.6 e EA 211 na BlueMotion.
  • A única versão fabricada na Argentina foi a 5 portas e versão 1.6 e 1.6 diesel entre 2008 e 2010.
  • A partir da versão 2016, a linha Fox 1.0 é equipado somente com o motor 1.0 EA 211, mesmo motor que equipa o Volkswagen Up!.

Referências

  1. http://quatrorodas.abril.com.br/noticias/volkswagen-fox-perde-versao-mas-fica-mais-equipado-na-linha-2018/ Quatro Rodas. Volkswagen Fox perde versão, mas fica mais equipado na linha 2018
  2. http://br.motor1.com/news/126618/recall-do-fox-volkswagen-inicia-recall-do-mecanismo-de-rebatimento-do-banco/ Motor1.com. Recall do Fox: Volkswagen inicia recall do mecanismo de rebatimento do banco
  3. http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2008/02/donos-de-fox-denunciam-acidentes-com-porta-malas-1759099.html Zero Hora. Donos de Fox denunciam acidentes com porta-malas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]