Chevrolet Onix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chevrolet Onix
Onix 2020.
Visão Geral
Produção 2013–presente
Fabricante Chevrolet
Matriz General Motors
Montagem Gravataí, RS
Modelo
Classe Compacto
Carroceria Hatchback (5 portas)
Sedan (4 portas)
Ficha técnica
Motor 1.0 Flex e 1.0 turbo Flex
Potência 82 a 116 cv
Torque 10,6 -16,8 kgfm
Plataforma GM Global Small Vehicle Platform (Gamma)
Transmissão 6 (MT e AT)
Autonomia 8,6 km (urbano)
17 km (estrada)
Modelos relacionados
Volkswagen Polo
Toyota Yaris
Renault Sandero
Hyundai HB20
Ford Ka
Fiat Argo
Dimensões
Comprimento 4163 mm
Entre-eixos 2551 mm
Largura 1730 mm
Altura 1473 mm
Tanque 44 l
Velocidade Máx. 200 km/h
Cronologia
Chevrolet Celta
(2000–14)

O Onix é um automóvel hatchback e nothback, produzido pela Chevrolet; desenvolvido e fabricado pela General Motors do Brasil[1][2]. Em 2013, foi apresentado no salão de São Paulo[3], sendo uma das atrações da Chevrolet[4]. Lançado com a missão de substituir o Celta, (posteriormente substituiu o Chevrolet Sonic e o Chevrolet Agile) o Onix é baseado na arquitetura global de veículos pequenos da General Motors[3], GSV, GAMMA II ou GEM.

Posicionamento no Mercado[editar | editar código-fonte]

É vendido nas versões 1.0, LT 1.0, LTZ e Premier 1.0 turbo com Câmbio Manual e Automático.

Possui como principais concorrentes no mercado brasileiro o Volkswagen Polo, o Fiat Argo, o Ford Ka e o Hyundai HB20.

Em 2015, trouxe inovações na central multimídia para manter o condutor mais conectado ao carro, adiciona controles de áudio no volante, volante revestido em couro na versão com câmbio automático, para-choques e maçanetas na cor do veículo a partir da versão LT.[5] Também alcança o posto de veiculo com a menor desvalorização no mercado e com o melhor valor de revenda. Em 2016 recebeu um facelift, ganhando uma nova frente, sistema OnStar e a 2ª geração do sistema MyLink. Em 2017, a motorização foi atualizada visando a economia de combustível. Em 2018, o veículo ganha o câmbio CVT de 6 velocidades.

É o primeiro carro do segmento com wi-fi embarcado e outras tecnologias de categorias superiores como Easy Park, Side Blind Zone Alert, lanterna LED, ar condicionado eletrônico, sistema MyLink, carregador wireless e OnStar para manter o condutor mais conectado ao carro.

Controvérsias e histórico de recalls[editar | editar código-fonte]

  • Em 2017, o modelo da 1.ª geração zerou a avaliação de segurança para adultos do Latin NCAP, devido a deficiências estruturais que expunham os passageiros a danos físicos em impactos laterais. Por isso, a Associação de Defesa do Consumidor (PROTESTE) solicitou sua retirada do mercado.[6][7] Vale ressaltar, no entanto, que a fabricante equipou de série os modelos da segunda geração com seis airbags, cinto de três pontas e encosto de cabeça para todos os ocupantes, isofix e controle de estabilidade e tração, mecanismos de segurança que melhoraram significativamente seu desempenho no teste de impacto. Em 2019, o modelo recebeu nota máxima na avaliação do Latin NCAP.[8][9]
  • Em novembro de 2019, as vendas do recém-lançado Onix Plus, equipado com o novo motor turbo de três cilindros foram suspensas após o incêndio de uma unidade no Maranhão.[10] O defeito envolvia a quebra de bloco de cilindros, promovendo o derramamento do óleo lubrificante em partes quentes do motor.[11] Dias depois, a fabricante anunciou um recall para correções no módulo de controle do motor, envolvendo cerca de 19 mil unidades.[12] No entanto, os donos desses veículos relataram perda de potência e desempenho após o recall.[13]

Joy[editar | editar código-fonte]

A partir de 2019 a primeira geração do carro passou a ser vendida sob nova designação, abandonando o nome Onix e se chamando apenas Joy. O mesmo vale para o sedan, o antigo prisma que agora se chama Joy Plus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Chevrolet Onix 2013». chevrolet.com.br. 2012. Consultado em 29 de outubro de 2012 
  2. «Chevrolet confirma a chegada do Onix» [Chevrolet confirms coming of Onix]. www.chevrolet.com.br. GM Brasil. 6 setembro 2012. Consultado em 21 de outubro de 2012 
  3. a b «Chevrolet confirma apresentação mundial do Onix com presença do CEO da GM» [Chevrolet confirms world wide presentation of Onix in presence of GM CEO]. www.chevrolet.com.br. GM Brasil. 10 outubro 2012. Consultado em 21 de outubro de 2012 
  4. Eugênio Augusto Brito (23 Setembro 2012). «Chevrolet Onix revela seu visual em filmagem na cidade de São Paulo». UOL. Consultado em 12 novembro 2012 
  5. «Chevrolet Onix 2015 - Novidades, Preço, Fotos, Consumo». 24 de junho de 2014. Consultado em 26 de abril de 2014 
  6. «Chevrolet Onix recebe pior nota do Latin NCAP; Proteste quer retirada do mercado». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  7. «Chevrolet Onix zera crash-test de impacto lateral do Latin NCAP». Quatro Rodas. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  8. «Novo Chevrolet Onix hatch gabarita teste de colisão do Latin NCAP». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  9. «Teste: novo Chevrolet Onix é mais divertido, só que menos suave que o Plus». Quatro Rodas. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  10. «Chevrolet suspende vendas do Onix Plus 2020 por risco de incêndio e anuncia recall». Jornal do Carro - Estadão. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  11. «Chevrolet convoca 19.050 Onix Plus para recall após incêndios». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  12. «Chevrolet convoca 19.050 Onix Plus para recall após incêndios». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2019 
  13. «O que pode ter causado a perda de desempenho do Chevrolet Onix Plus?». revistaautoesporte.globo.com. Consultado em 20 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chevrolet Onix