Chevrolet Captiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Março de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chevrolet Captiva
Captiva
Visão Geral
Nomes
alternativos
Daewoo Winstorm
Opel Antara
Holden Captiva
Saturn Vue
Produção 20082017
Fabricante Chevrolet, grupo General Motors
Modelo
Classe Luxo
Carroceria SUV
Designer Desconhecido
Ficha técnica
Motor 3.0 SIDI V6, 3.6 Alloytec V6, 2.4 Ecotec l4
Transmissão 6
Modelos relacionados Chevrolet Equinox
Opel Antara
Saturn Vue
Ford Edge
Peugeot 2008
Renault Koleos
Renault Duster
Hyundai Santa Fe
Hyundai Tucson
Hyundai ix35
Hyundai Veracruz
Renault Captur
Hyundai Creta
Nissan Kicks
Dimensões
Peso 1800 kg
Cronologia
Chevrolet Equinox (Brasil)

Captiva (ou Daewoo Winstorm) foi um SUV de luxo da Chevrolet e da sua criadora, a sul-coreana Daewoo. Foi lançado no Brasil em setembro de 2008.

Importado do México, o Captiva foi originalmente vendido em três versões: Sport Ecotec, com motor DOHC com 4 cilindros em linha e 4 válvulas por cilindro, que gera 171 cavalos a 6.200 rpm e 22,2 mkgf a 8.100 rpm, já a versão intermediária, a Sport V6 FWD, com motor DOHC com 6 cilindros em V, com 4 válvulas por cilindro, produzindo 261 cavalos a 6.500 rpm, e 32,95 mkgf a 2.100. A única diferença entre a AWD e a FWD (modelos com propulsor V6), é que a AWD tem tração nas quatro rodas, e na FWD há tração dianteira.

Em 2011 o motor de 3.6 litros foi substituido por um V6 de 3 litros e 268 cv e o motor Ecotec 2.4 passou a desenvolver 185 cv. Atualmente apenas a versão equipada com o motor Ecotec esta disponível.

Mudanças em 2011[editar | editar código-fonte]

A partir de 2011 o motor V6 de 3.6 litros e 261 cv deixou de ser oferecido e foi substituído pelo motor V6 de 3.0 litros e 268 cv. Além do novo motor, em 2011 a Captiva (exceto a Ecotec) passou a ser equipada com freio de estacionamento eletrônico e câmera de ré incorporada no retrovisor interno.

A versão equipada com o motor Ecotec 2.4 também teve um pequeno aumento na potência que subiu de 171 cv para 185 cv, e cambio automático de 4 para 6 marchas, bancos com regulagem elétrica de altura.

Mudanças em 2014[editar | editar código-fonte]

Em 2014 a Captiva passa a ser oferecida apenas com o motor 2.4 Ecotec (4 cilindros) e tração dianteira. Sistema My Link e teto solar.

Mudanças em 2016, rodas aro 18, com pneus 235/55, Faróis com mascara negra, My Link segunda geração e bancos da cor bege escuro em couro.

Produção[editar | editar código-fonte]

A Chevrolet Captiva chegou ao Brasil em setembro de 2008 para ocupar o segmento de SUV médio. Em 2016 vendeu 146 unidades, mostrando uma defasagem do modelo. Em 2017 a Captiva tem sua produção encerrada no México, onde era fabricada. Sendo substituída pelo Chevrolet Equinox, lançado em outubro, o Equinox é um SUV bem mais moderno, e que também é fabricado no México, onde sua antecessora também era fabricada.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chevrolet Captiva
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.