Adelaide de Habsburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adelaide da Áustria
Rainha da Sardenha
Rainha da Sardenha
Reinado 23 de março de 1849
a 25 de janeiro de 1855
Predecessor Maria Teresa da Áustria
Sucessor Margarida de Saboia
Cônjuge Vítor Emanuel II da Itália
Descendência
Maria Clotilde de Saboia
Humberto I de Itália
Amadeu I de Espanha
Otão de Saboia
Carlos Alberto de Saboia
Maria Pia de Saboia
Vítor Emanuel de Saboia
Vítor Emanuel de Saboia
Nome completo
Adelaide Francisca Maria Ricarda Isabel Clotilde
Casa Saboia
Habsburgo
Pai Ricardo José da Áustria
Mãe Isabel de Saboia
Nascimento 3 de junho de 1822
Palácio Real, Milão
Morte 20 de janeiro de 1855 (32 anos)
Palácio Real, Turim
Enterro Basílica de Superga, Turim
Religião Católica

Adelaide da Áustria (Adelaide Francisca Maria Ricarda Isabel Clotilde), (3 de junho de 1822 - 20 de janeiro de 1855) foi a primeira esposa do rei Vítor Emanuel II da Itália. Teve oito filhos, incluindo o futuro rei Humberto I da Itália e a rainha D. Maria Pia de Portugal. Foi rainha da Sardenha entre 1849 e 1855, ano em que morreu devido ao parto do seu último filho.[1]

Arquiduquesa da Áustria[editar | editar código-fonte]

Adelaide de Habsburgo

Adelaide nasceu no Palácio Real de Milão, filha do arquiduque Ricardo José da Áustria e da sua esposa, a princesa Isabel de Saboia. Era conhecida por Adele na família. O seu pai era vice-rei do Reino Lombardo-Vêneto e era filho do sacro-imperador Leopoldo II da Áustria-Húngria e da infanta Maria Luísa de Espanha. A sua mãe pertencia à família de Saboia e filha do príncipe de Carignano, chefe do ramo menor da Casa de Saboia que reinava no Reino da Sardenha. Um dos irmãos mais novos de Adelaide, o arquiduque Ricardo Fernando, foi mais tarde ministro e presidente da Áustria. A maioria dos seus irmãos casou-se com plebeias.

Duquesa de Saboia[editar | editar código-fonte]

A 12 de abril de 1842, Adelaide casou-se com o príncipe Vítor Emanuel de Saboia no Palazzina di caccia di Stupinigi. O casamento foi utilizado como um meio de cimentar as relações entre a Casa de Saboia e a Casa de Habsburgo, mas muitas pessoas consideram que se tratava apenas de um plano para aumentar o poder austríaco em Itália.[2]

Vítor Emanuel era o seu primo direito e herdeiro aparente do trono da Sardenha. Antes de suceder, tinha o título de duque de Saboia. Assim, Adelaide tornou-se duquesa de Saboia.

A mãe do seu marido, a arquiduquesa Maria Teresa da Áustria, influenciou sempre o filho ao longo da sua vida. A sua sogra era também sua prima direita, uma vez que eram ambas netas do sacro-imperador Leopoldo II. Adelaide e o marido tiveram oito filhos ao longo de treze anos de casamento. Quatro deles tiveram descendentes. O seu marido teve vários casos extra-conjugais ao longo do casamento.[3] Adelaide era uma mulher calma e devota que tinha tido uma educação rigorosa. Amou o marido e ajudava frequentemente a caridade.[4]

Rainha da Sardenha[editar | editar código-fonte]

Em março de 1849, o seu sogro, o rei Carlos Alberto da Sardenha, abdicou do trono após as Revoluções de 1848. O seu marido sucedeu-o como rei Vítor Emanuel II da Sardenha. Durante o seu reinado como rainha-consorte, Adelaide teve mais três filhos que morreram todos muito cedo. A 8 de Janeiro de 1855, deu à luz um filho que recebeu o título de conde de Genevois. Alguns dias depois, a 12 de janeiro, a rainha Maria Teresa morreu. Adelaide foi ao funeral da rainha-viúva a 16 de janeiro e apanhou uma gripe quando regressava ao palácio. Morreu quatro dias depois no Palácio Real de Turim depois de sofrer um ataque grave de gastroenterite. Outra versão afirma que a rainha morreu das queimaduras que sofreu depois de ter pisado um fósforo que lhe queimou as roupas. Foi enterrada na Basílica Real de Superga. Em 1861, o seu marido tornou-se o primeiro rei da Itália unificada. Em 1877, quando estava gravemente doente, Vítor Emanuel casou-se com Rosa Vercellana, sua amante de longa data.[5] O actual pretendente ao trono de Itália é seu trineto directo.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  1. Maria Clotilde de Saboia (2 de março de 184325 de junho de 1911), casada com Napoleão José Carlos Paulo Bonaparte; com descendência.
  2. Humberto I de Itália (14 de março de 184429 de julho de 1900), casado com Margarida, princesa de Saboia-Génova; com descendência.
  3. Amadeu I de Espanha, (30 de maio de 184518 de janeiro de 1890), casado com Maria Vittoria del Pozzo; com descendência; Casado depois com a sua sobrinha, a princesa Maria Letícia Bonaparte; com descendência.
  4. Otão de Saboia, (11 de julho de 184622 de janeiro de 1866), morreu solteiro e sem descendência.
  5. Maria Pia de Saboia, (16 de outubro de 18475 de julho de 1911), casada com Luís I de Portugal; com descendência.
  6. Carlos Alberto de Saboia, duque de Chablais, (2 de junho de 185128 de outubro de 1854)
  7. Vitor Manuel de Saboia, conde de Geneva, (*/† 7 de julho de 1852)
  8. Vitor Emanuel, duque de Chablais, (8 de janeiro de 185517 de maio de 1855))

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Adelaide da Áustria em três gerações
Adelaide da Áustria Pai:
Ricardo José da Áustria
Avô paterno:
Leopoldo II, Sacro Imperador Romano-Germânico
Bisavô paterno:
Francisco I, Sacro Imperador Romano-Germânico
Bisavó paterna:
Maria Teresa da Áustria
Avó paterna:
Maria Luísa de Espanha
Bisavô paterno:
Carlos III de Espanha
Bisavó paterna:
Maria Amália da Saxónia
Mãe:
Isabel de Saboia
Avô materno:
Carlos Emanuel, Príncipe de Carignano
Bisavô materno:
Vítor Amadeu II, Príncipe de Carignano
Bisavó materna:
Josefina de Lorena
Avó materna:
Maria Cristina da Saxónia
Bisavô materno:
Carlos da Saxónia, Duque da Curlândia
Bisavó materna:
Franciszka Corvin-Krasińska

Referências

  1. van de Pas, Leo. "Adelaide of Austria". Genealogics .org. Consultado a 13 de Novembro de 2013.
  2. Georgina Sarah. Godkin:Life of Victor Emmanuel II, First king of Italy, Volume I, 1879, p 44
  3. Forester. C.S: Victor Emmanuel II: And the Union of Italy, Simon Publications LLC, 2001, p 216
  4. The eclectic magazine of foreign literature Volume 2; Volume 35, p 556
  5. Forester. C.S: Victor Emmanuel II: And the Union of Italy, Simon Publications LLC, 2001, p 210
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Adelaide de Habsburgo