Administração Espacial Nacional da China

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Administração Espacial Nacional da China
Cnsa.jpg
Tipo estatal
Indústria Exploração espacial
Fundação 1993 (21 anos)
Sede República Popular da China República Popular da China
Pessoas-chave Chen Qiufa (administrador geral)
Página oficial www.cnsa.gov.cn

Administração Espacial Nacional da China (chinês: pinyin: Guó Jiā Háng Tiān Jú, literalmente: "Departamento Nacional de Astronáutica") é a agência espacial estatal da República Popular da China, responsável pelo programa espacial chinês. Ela é a responsável pelo planejamento e desenvolvimento das atividades espaciais do país.[1] A AENC e a Corporação de Tecnologia e Ciência Aeroespacial da China assumiram a direção do programa espacial antes subordinado ao extinto Ministério da Indústria Aeroespacial.

História[editar | editar código-fonte]

Apesar do programa espacial chinês existir desde 1956, a AENC é um órgão relativamente novo, criado em 1993 quando o Ministério da Indústria Aeroespacial foi dividido entre ela e a CTCAC. O primeiro órgão seria responsável pela política, enquanto o segundo pela execução. A divisão não foi considerada satisfatória, já que as duas agências, se tornaram, com efeito, apenas uma grande agência, dividindo pessoal e gestão.[1]

Como parte da completa reestrutução da área, em 1998 a CTCAC foi dividida em várias pequenas empresas estatais. A intenção era a de criar algo semelhante aos contratos do sistema de defesa dos países ocidentais, onde as entidades que são agências governamentais estabelecem as políticas de operação e integram seus requisitos técnicos e operacionais para execução a empresas que pertencem ao governo mas não são dirigidas por ele.[1]

Função[editar | editar código-fonte]

A Administração Espacial foi criada como instituição governamental para desenvolver e cumprir as obrigações internacionais da China, com a aprovação da oitava Assembleia Popular Nacional da China. A nona Assembléia atribuiu a ela o status de estrutura interna da Comissão de Ciências, Tecnologia e Indústria para a Defesa Nacional. A partir daí a agência assumiu as seguintes responsabilidades: assinatura de acordos governamentais na área espacial em benefício das organizações, troca de conhecimento técnico e científico inter-governamental e a responsabilidade pela execução das políticas espaciais nacionais e gestão nacional de ciência, tecnologia e indústria espaciais.

Até o momento, a China tem assinado acordos governamentais de cooperação espacial com o Brasil, Paquistão, Chile, França, Alemanha, Índia, Itália, Rússia, Ucrânia, Reino Unido e Estados Unidos e entre outros países. Conquistas significativas na área do conhecimento espacial foram conseguidas através dessa cooperação e acordos bilaterais e multilaterais.[1]

Os administradores da agência espacial são indicados pelo Conselho de Estado. O atual administrador (2012), Chen Qiufa, ocupa o cargo desde 2010.

Projetos espaciais em curso[editar | editar código-fonte]

  • Programa Shenzhou - programa de missões não-tripuladas e tripuladas ao espaço.
  • Tiangong 1 - módulo laboratório espacial de 9 toneladas colocado em órbita em 2011.[2]
  • Chang'e 3 - sonda de pouso lunar, lançada em dezembro de 2013.[3]

Logomarca[editar | editar código-fonte]

A logomarca da AENC é similar à da Corporação de Tecnologia e Ciência Aeroespacial. A seta no meio tem forma parecida com um caractere chinês que significa 'humano' ou 'pessoa' para indicar que o homem é o centro das explorações espaciais. As três elipses concêntricas representam três velocidades de escape, as velocidades mínimas para atingir uma órbita sustentável, para escapar do sistema gravitacional terrestre e para escapar do sistema solar, três marcos da exploração espacial. O segundo anel é desenhado em negrito, para enfatizar que a China já superou este desafio (a exploração do sistema terrestre) e está a caminho do segundo estágio de seu desafio, pelo interior do sistema solar.

Referências

  1. a b c d Organization and Function. China National Space Administration. Página visitada em 18/06/2012.
  2. China launches TianGong-1 to mark next human space flight milestone. NASASpaceflight.com. Página visitada em 18/06/2012.
  3. China Starts Manufacturing Third Lunar Probe. Página visitada em 18/06/2012.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Administração Espacial Nacional da China