Anti-venom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Anti-venom
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Amazing Spider-Man #569 (como Anti-Venom)
Características do personagem
Alter ego Eddie Brock
Espécie Humano ligado a simbionte alienígena
Terra natal Nova Iorque
Afiliações Sexteto Sinistro
Ocupação Jornalista
Base de operações Nova Iorque.
Parentesco Anne Weying (esposa)
Inimigos Venom
Habilidades o simbionte alienígena deu a Eddie Brock poderes similares aos do Homem-Aranha (de forma ampliada), além de:
  • Teias Orgânicas;
  • Fator de Cura;
  • Bloquear os poderes do Homem-Aranha enquanto estiverem "próximos", drenagem de poderes através dos tentáculos
  • Imunidade ao "sentido de aranha" de Peter Parker.
  • Pode curar as pessoas de doenças(Ex:Câncer), e Efeitos de Drogas.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Anti-venom é um personagem criado pela Marvel comics e participou das histórias do homem-aranha. Eddie Brock é o Anti-venom, mas existe uma trama que explica como Eddie se tornara o Anti-Venom.

História[editar | editar código-fonte]

Eddie Brock, anteriormente, foi possuído por um simbionte alienígena, o mesmo que havia se unido ao Homem-Aranha, tornando-se a primeira versão do uniforme negro. Pelo fato de Brock ter sido desmascarado por Peter Parker (sem querer, Peter revelou que a matéria de Eddie acerca do Devorador de Pecados era uma farsa), e devido ao simbionte ter sido expulso pelo seu primeiro hospedeiro (o Aranha), Eddie se uniu à criatura e ambos se tornaram a primeira versão do Venom. Depois de tantas lutas contra o herói aracnídeo, Eddie descobriu que possuía câncer, e que a doença se desenvolveu por causa da união simbiótica: ambos, então, se separam. O simbionte é leiloado, vindo a assumir uma segunda versão do Venom através da união com o filho de Don Fortunato, que morreu pouco tempo depois. Não demorou muito, e a criatura uniu-se a Donald Mac Gargan, bandido psicótico que, por anos, foi o Escorpião, um dos inimigos clássicos do Aranha: ele, então, torna-se a versão mais sádica do Venom.

Brock passa a viver no abrigo F.E.S.T.A., dirigido por Martin Lee (alter-ego do Senhor Negativo), onde uma das principais colaboradoras é May Parker. Tempos depois, Eddie descobre que, misteriosamente, curou-se do câncer. Assim que retorna ao abrigo onde passou a viver, depois de receber a boa notícia, ele vê o local sendo atacado pelo atual Venom, que, a mando de Norman Osborn, estava caçando o Homem-Aranha (pelos vestígios deixados por Peter Parker e sua tia May, o simbionte chegou até lá). Reconhecendo Brock, Venom muda, então, de alvo, atacando seu hospedeiro anterior. De repente, sai da pele de Eddie uma espuma que queima o simbionte: essa espuma cobre Brock e, assim, ele se torna a versão branca de Venom, o Anti-venom. Seu principal poder é drenar os poderes dos seus inimigos através do contato direto, tornando-os humanos comuns. Anti-Venom vê isso como um milagre e fica desejoso de compartilhar essa dádiva como todos os que são atingidos pelos mesmos "males" que ele. Todavia, isso passa a ser uma ameaça para os heróis… inclusive ao Homem-Aranha, que foi atacado pela criatura, que queria "curá-lo" dos vestígios do simbionte e, também, anular a alteração radioativa no seu sangue (o que faz Peter ser o Homem-Aranha). Apesar disso, o Anti-Venom está do lado do bem - diferente do Venom, que continua do com suas ações malígnas.

Última Aparição do Anti-Venom[editar | editar código-fonte]

Norman Osborn fez uma armadura similar ao uniforme do Escorpião, para que o simbionte alienígena recuperasse suas forças. A armadura contém uma substância no ferrão, que Norman injetou em Gargan para eliminar a substância Anti-Venom do seu corpo. Gargan lutou contra o Anti-Venom, tentando eliminar a versão alterada do simbionte do corpo de Brock com a substância do seu ferrão. Por muito pouco, Brock não foi morto: o simbionte original não deixou Gargan matá-lo. Derrotado, o Anti-Venom recuperou suas forças logo depois. Atualmente, o novo (anti-)herói vive se escondendo, pois lutou ao lado do Homem-Aranha mas foi acusado de ser um assassino serial.

Aparições[editar | editar código-fonte]

Anti-venom apareceu pela primeira vez em Amazing spider-man #569 nos EUA e no Brasil, na revista Homem-aranha #93.