Arquitetura do Neolítico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Anta Cerqueira em Couto Esteves.JPG
Dólmen de Couto Esteves.
Série de artigos sobre
História da arquitetura

Arquitetura da Pré-História

Neolítica | Rupestre

Arquitetura antiga

Egípcia | Clássica | Grega | Romana

Arquitetura da Idade Média

Bizantina | Carolíngia | Otoniana | Românica | Gótica

Arquitetura do Renascimento
Maneirismo
Arquitetura barroca

Rococó | Neoclássica

Arquitetura do século XIX

Neogótico | Arts & crafts | Revivalista | Protomoderna | Eclética

Arquitetura moderna

Bauhaus | International style | Orgânica | Brutalista | Construtivista

Arquitetura pós-moderna

High-tech | Desconstrutivista | Regionalista crítica | Neomoderna


Por geografia

Europa | Islão | Oriental | Américas | África | Oceania

Por tipologia

Civil | Militar | Religiosa

Fatores que contribuíram para a formação da arquitetura megalítica: - necessidade de se estabelecer uma calendário (marcação do tempo) - demarcação de posses de lugares - homenagem aos astros e aos fenômenos naturais - preocupação com a preservação da memória de antepassados através de túmulos - necessidade de novos abrigos Apesar de rudimentares, os monumentos megalíticos são considerados a primeira forma de arquitetura monumental realizada pelo homem. A cultura megalítica, que se desenvolve entre 5000 e 3000 a.C., é a primeira expressão da vontade e da necessidade das sociedades conceberem e organizarem os espaços e os lugares, não só em termos físicos, como também em termos simbólicos. Como principais tipos de monumentos megalíticos temos:

  • Menir: que consiste num megálito, coluna rudimentar, erguida em direcção ao céu, sendo muitas vezes trabalhado de modo a apresentar uma configuração cilíndrica ou cónica, associada à forma fálica. Na sua origem, admite-se estar uma manifestação ritual à vitalidade e à fertilidade da terra ou, pela sua forma fálica, uma evocação à fecundidade. Usava-se para ver o tempo (através da sombra projetada) e para demarcação de terrenos.
  • Cromeleque: designação é dada a um agrupamento de menires e dólmens organizado em círculo. Os cromeleques acentuam a ideia de recinto sagrado ou lugar de culto. Alguns podem estar relacionados com a astronomia e o estudo de fenomenos celestes. Stonehenge é o maior, o mais complexo e o mais característico monumento megalítico edificado pelo homem.
  • Anta ou Dólmen: construções megalíticas formadas por pedras colocadas na vertical sobre as quais assenta uma laje formando uma câmara circular que serviriam como locais de enterramento ou de culto ligado à morte.Era uma homenagem aos mortos.
  • Taula: Uma pedra horizontal apoiada em uma vertical, em forma de "T", e uma diagonal apoiada nestas.
  • Naveta: construção de pedra com forma retangular e paredes diagonais
  • Nurague: construção em forma de cone, porém com paredes diagonais
  • Castro: conjunto de nuragues


Ver também[editar | editar código-fonte]

mentira vai kaka

Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Brazil.Brasilia.01.jpg A Wikipédia possui o(s) portal(is):
Portal Arquitetura e Urbanismo