Pedra rúnica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Pedra de Gripsholm.

Uma pedra rúnica – em sueco runsten, em dinamarquês runesten e em norueguês runestein – é uma pedra erguida, contendo inscrições em caracteres rúnicos. [1]

São conhecidas cerca de 6000 pedras rúnicas na Escandinávia, das quais umas 3400 foram encontradas na Suécia, em particular na região do Vale do Mälaren. Estas pedras estão datadas principalmente para os séculos X e XI, embora haja exemplares do séc. IV até ao séc. XII.

Em geral, as pedras rúnicas comemoram a morte de homens importantes, podendo por vezes ser decoradas com certos motivos típicos.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Runsten (em sueco) Enciclopédia Nacional Sueca. Visitado em 15 de dezembro de 2012.
  • Runestein (em norueguês) Grande Enciclopédia Norueguesa. Visitado em 15 de dezembro de 2012.

Referências

  1. Bonniers Compact Lexikon (em ). Estocolmo: Bonnier lexikon, 1995-1996. Capítulo: Runsten. 930 pp. ISBN 91-632-0067-8.

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]