César Luis Menotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
César Menotti
Informações pessoais
Nome completo César Luis Menotti
Data de nasc. 5 de dezembro de 1938 (75 anos)
Local de nasc. Rosário,  Argentina
Nacionalidade Argentina Argentino
Apelido El Flaco
Informações profissionais
Clube atual Sem clube
Posição Treinador
(ex-Atacante)
Clubes de juventude
1958–1959 Argentina Argentino de Marcos Juárez
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1960–1964
1964–1965
1965–1967
1967–1968
1968–1969
1969–1970
Argentina Rosario Central
Argentina Racing
Argentina Boca Juniors
Estados Unidos New York Generals
Brasil Santos
Brasil Juventus
86 (47)

18 (6)

1 (0)
Seleção nacional3
1963 Flag of Argentina.svg Argentina 2 (0)
Times que treinou3
1970
1972–1973
1974–1982
1983–1984
1986–1987
1987–1988
1989
1990–1991
1991–1992
1993–1994
1996–1997
1997
1997–1999
2002
2005
2006
2007
Argentina Newell's Old Boys
Argentina Huracán
Flag of Argentina.svg Argentina
Espanha Barcelona
Argentina Boca Juniors
Espanha Atlético de Madrid
Argentina River Plate
Uruguai Peñarol
Flag of Mexico.svg México
Argentina Boca Juniors
Argentina Independiente
Itália Sampdoria
Argentina Independiente
Argentina Rosario Central
Argentina Independiente
México Puebla
México Estudiantes Tecos

César Luis Menotti[1] [2] [3] [4] , também conhecido apenas como César Menotti (Rosário, 5 de dezembro de 1938), é um treinador e ex-futebolista argentino, que atuava como atacante. Atualmente, está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Começou jogando nas categorias de base do Rosario Central, quando teve sua primeira chance na equipe profissional em 1960. Sua estreia profissional foi no dia 3 de julho de 1960, em partida vencida pelo Rosario Central, por 3 a 1, contra o Boca Juniors. Menotti permaneceu no clube por 4 temporadas.

Depois começou uma jornada por vários clubes, começando pelo Racing, onde ficou de 1964 até 1965, e depois passando por Boca Juniors (1965 a 1967), pelo já extinto New York Generals até chegar ao Brasil, onde atuou por Santos e Juventus, onde encerrou a carreira como jogador. Menotti foi o 11º argentino da história do Moleque Travesso.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Após o término de sua carreira como jogador profissional, Menotti virou treinador de futebol, iniciando sua carreira em 1970 no Newell's Old Boys, ainda como assistente. Na temporada 1972-73, conseguiu seu primeiro título como treinador, com o modesto Huracán, vencendo o Torneio Metropolitano. Graças a esse título, em 1974, foi chamado para treinar a Seleção Argentina de Futebol. Como treinador da seleção nacional, conseguiu seu maior feito, sendo campeão da Copa do Mundo FIFA de 1978, em Buenos Aires. Em 1980 escreveu o livro "Fútbol - Juego, deporte y profesión", repetindo o que havia feito em 1978, quando lançou o livro "Cómo gané el mundial", explicando os métodos utilizados para separar os jogadores da euforia do país de receber uma Copa do Mundo FIFA em plena Ditadura militar. Depois, passou por vários clubes importante como treinador, como Barcelona e Boca Juniors, dentre outros, conquistando importantes títulos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Boca Juniors
Santos

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção argentina
Huracán
Barcelona

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Seleção argentina

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção argentina
  • Uruguai Mundialito de Futebol: 1980 (3º lugar)

Referências

  1. ROZENBERG, Marcelo. Que Fim Levou? César Luis Menotti (em português) TerceiroTempo.com. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  2. MENOTTI, César Luis - O técnico que mudou a história do futebol argentino (em português) FIFA.com. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  3. César Luis Menotti (em português) ZeroZero.com. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  4. Get-well wishes to Argentina's El Flaco whose football moved the world (em inglês) TheGuardian.com. Página visitada em 1 de agosto de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]