Fool in Love

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Fool in Love"
Canção de Rihanna
do álbum Talk That Talk
Gravação 2011;
Eightysevenfourteen Studios
Los Angeles, Califórnia);
Eyeknowasecret Studio
(Brentwood, Califórnia)
Género(s) Rapsódia
Duração 4:15
Editora(s) Def Jam
Composição Ester Dean, Lukasz Gottwald, Henry Walter
Produção Dr. Luke, Cirkut, Ester Dean
Faixas de Talk That Talk
Último
Último
"Do Ya Thang"
(13)
Próximo
Próximo

"Fool in Love" é uma canção da cantora barbadense Rihanna, gravada para o seu sexto álbum de estúdio Talk That Talk. Foi composta e produzida por Ester Dean, Lukasz Gottwald e Henry Walter, sendo que este último foi creditado sob o nome artístico de Cirkut. A sua gravação decorreu em 2011 nos estúdios Eightysevenfourteen, em Los Angeles, e Eyeknowasecret, em Brentwood, ambos localizados na Califórnia. Mesmo sem ter sido lançada como single, devido às descargas digitais posteriores ao lançamento do disco, conseguiu entrar na tabela musical Gaon International Chart da Coreia do Sul e UK Singles Chart do Reino Unido.

Musicalmente, é classificada como uma balada que deriva do género melódico rapsódia, sendo que o seu arranjo musical é composto por vocais, guitarras eléctricas e acústicas, sintetizadores e baterias. A letra retrata a cantora como protagonista de uma história que conta como conheceu o seu parceiro e a desaprovação os seus pais, enquanto que esta lhes pede para que aceitem a sua decisão. Os críticos fizeram maioritariamente críticas positivas, elogiando o desempenho vocal da artista e a estrutura do tema, contudo, criticaram a sua letra. "Fool in Love" recebeu comparações por parte dos analistas a obras como "Bohemian Rhapsody" de 1975 pela banda Queen e "Criminal" de 2011 interpretada pela cantora Britney Spears.

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento e aclamação do álbum anterior de Rihanna, Loud, a cantora revelou através da rede social Twitter que este seria relançado com novas músicas no outono de 2011, escrevendo que "a era Loud continuaria com novas canções para adicionar à colecção".[1] Em Setembro de 2011, a artista afirmou que os planos para o relançamento tinham sido cancelados, completando que o disco "tem o seu próprio corpo de trabalho, e como fizeram um enorme esforço merecem algo novo".[2]

Em Agosto de 2011, durante uma entrevista com a Mixtape Daily, o produtor Verse Simmonds pertencente à dupla The Juggernauts, que escreveram e produziram "Man Down", revelou que a cantora estava em fase de conclusão do seu sexto disco de originais.[3] O duo também confirmou que tinha elaborado outros dois temas que poderiam ser incluídos no projecto, além de estarem interessados em escrever um terceiro devido ao facto da "excitação" pela artista ter gostado do seu trabalho.[3] Em 15 de Setembro de 2011, Rihanna em resposta a um fã através do seu perfil no Twitter, confirmou que as sessões de gravação estavam a decorrer e confidenciou que o álbum seria lançado no outono (hemisfério norte).[4]

Estilo musical e letra[editar | editar código-fonte]

Demonstração de vinte segundos da música, exibindo a sua melodia em forma de rapsódia.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Fool in Love" foi escrita e produzida por Ester Dean, Dr. Luke e Cirkut.[5] [6] A sua gravação decorreu em 2011 nos estúdios Eightysevenfourteen Studios, em Los Angeles e Eyeknowasecret Studio, em Brentwood, ambos localizados na Califórnia.[5] Katherine St Asaph do sítio Popdust e Amy Sciarretto do PopCrush notaram semelhanças existentes com "Bohemian Rhapsody" da banda britânica Queen, assinalando a letra de abertura "Mamã, eu encontrei um homem".[7] [8] St Asaph também comentou o facto da sonoridade ser idêntica à de "Criminal" pela cantora norte-americana Britney Spears com relação a como o instrumental da faixa começa com " sintetizadores sofredores" e guitarras acústicas, em que Sciaretto concordou que "apenas Ri[hanna] poderia fazer uma justaposição desta forma".[7]

"Fool in Love" recebeu comparações com a obra "Bohemian Rhapsody" da banda britânica Queen (foto) devido à sua estrutura.

Musicalmente, é uma balada com uma melodia classificada de rapsódia, que incorpora guitarras acústicas e eléctricas, sintetizadores e baterias.[7] [9] Inclui também sequências simples e duplas de guitarras durante a canção, que começa com uma guitarra eléctrica, criando um efeito duplo, antes de uma diminuição gradual prolongada até à sua conclusão.[8] [10] Liricamente, Rihanna fala de como conheceu o homem certo para si, mas os seus pais não aprovam a relação, embora seja pedido que aceitem a sua decisão devido ao amor existente.[11] O desempenho vocal da cantora na música foi descrito como o "mais ornamentado" por Robert Everett-Green do The Globe and Mail, além de destacar que transparece uma sensação de fatalidade nos seus vocais durante as sequências do baixo.[12] "Fool in Love" mostra a cantora a expressar um cântico de estilo vulnerável, devido ao seu conteúdo lírico, que podem ser exemplificados com a passagem "Papá, desiludi-te? / Estás envergonhado pelo o que se tornou a tua pequena menina?", devido a como a intérprete se sente com o desapontamento dos seus pais em relação ao homem que ela escolheu.[9] Robert Copsey do sítio Digital Spy considerou que artista parecia estar a canalizar Madonna durante a música.[13]

Recepção pela crítica[editar | editar código-fonte]

Após o seu lançamento, a canção teve uma recepção crítica maioritariamente positiva. Robert Copsey do Digital Spy elogiou as baladas presentes em Talk That Talk, com especial atenção para "Fool in Love" e "Farewell", escrevendo que para responder a "qualquer questão sobre os seus motivos basta ouvir 'Farewell' e 'Fool in Love' para descobrir que [a cantora] não só tem um coração, mas como sem dúvida, transmitiu tudo sobre estes seis anos que passaram".[14] Robert Everett-Green do jornal The Globe and Mail prezou a obra, concluindo que é um "hino, de alguma forma imponente, que aperta a sensação de frescura de um conceito lírico cansado", enquanto que Katherine St Asaph do Popdust teve uma resposta mista à canção, dando três estrelas e meia de cinco possíveis e confidenciou que "tanto tem de mau como de bom". Aspash realçou a composição e influências musicais da melodia, mas criticou a faixa por não providenciar uma "variedade dinâmica" no material do disco.[7] Sam Lansky do blogue MTV Buzzworthy afirmou que o tema contém os vocais mais impressionantes de Rihanna no álbum inteiro.[15] A melodia também recebeu atenção por parte de outros artistas, sendo que em Outubro de 2012 o rapper britânico Iyaz lançou a sua própria versão da obra.[16]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de Talk That Talk, "Fool in Love" atingiu a 70.ª posição como melhor na Gaon International Chart da Coreia do Sul, com vendas superiores a 6.500 unidades. Também entrou na UK Singles Chart no 123.º lugar a 3 de Dezembro de 2011, devido ao número de descargas digitais, e ainda conseguiu chegar à 35.ª posição na tabela musical do género R&B do Reino Unido.

Posições[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2011) Melhor
posição
 Coreia do Sul - Gaon International Chart[17] 70
 Reino Unido - UK Singles Chart[18] 123
 Reino Unido - UK R&B Singles Chart[19] 35

Créditos[editar | editar código-fonte]

Todo o processo de elaboração da canção atribui os seguintes créditos pessoais:[5]

  • Rihanna – vocalista principal;
  • Ester Dean - composição, produção;
  • Lukasz Gottwald, Henry Walter - composição, produção, instrumentos;
  • Kuk Harrell - produção e gravação vocal;
  • Marcos Tovar - gravação vocal;
    • Jennifer Rosales - assistência;
  • Aubry "Big Juice" Delaine, Clint Gibbs - engenharia;
    • Chris Sclafani, Jonathan Sher - assistência;
  • Serban Ghenea - mistura;
  • John Hanes - engenharia de mistura;
    • Phil Seaford - assistência;
  • Nuno Bettencourt - guitarra;
  • Irene Richter - coordenação de produção;
  • Katie Mitzell - coordenação de produção.

Referências

  1. Rihanna to Re-Release Loud (em inglês) Black Entertainment Television (17 de Junho de 2011). Visitado em 7 de Outubro de 2011.
  2. Rihanna Scraps "Loud" Re-Release For New Album (em inglês) Hello Beautiful! (6 de Setembro de 2011). Visitado em 7 de Outubro de 2011.
  3. a b Rob Markman (29 de Julho de 2011). Rihanna's 'Man Down' producers tease her next album (em inglês) MTV. Visitado em 7 de Outubro de 2011.
  4. James Dinh (16 de Setembro de 2011). Rihanna announces Fall release for new album (em inglês) MTV. Visitado em 7 de Outubro de 2011.
  5. a b c (2011) Créditos do álbum Talk That Talk por Rihanna, pg. 9. Def Jam Recordings/SRP Music Group.
  6. Rihanna Reveals Second Single, Producers on 'Talk That Talk' (em inglês) Rap-Up (9 de Novembro de 2011). Visitado em 9 de Junho de 2013.
  7. a b c d Katherine St Asaph (17 de Novembro de 2011). Rihanna's 'Talk That Talk' (The Bonus Tracks) Reviewed: Fool In Love (em inglês) Popdust. Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  8. a b Amy Sciarretto. Rihanna - 'Talk That Talk' - Album Review (em inglês) Popcrush. Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  9. a b First listen: Rihanna – Talk That Talk (em inglês) The Guardian (11 de Novembro de 2011). Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  10. Joanne Dorken (11 de Novembro de 2011). Rihanna - 'Talk That Talk' First Listen! (em inglês) MTV. Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  11. T'Cha Dunlevy (21 de Novembro de 2011). Review: Rihanna's Talk That Talk (em inglês) The Montreal Gazette. Visitado em 22 de Fevereiro de 2013. Cópia arquivada em 25 de Novembro de 2011.
  12. Robert Everett-Green (18 de Novembro de 2011). Disc of the week: Rihanna gets bad, and then badder (em inglês) The Globe and Mail. Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  13. Robert Copsey (21 de Novembro de 2011). Rihanna's new album 'Talk That Talk': First listen (em inglês) Digital Spy. Visitado em 9 de Junho de 2013.
  14. Robert Copsey (21 de Novembro de 2011). Rihanna: 'Talk That Talk' - Album review (em inglês) Digital Spy. Visitado em 11 de Dezembro de 2011.
  15. Sam Lansky (21 de Novembro de 2011). Rihanna's 'Talk That Talk': A Track-By-Track Guide To Her New Album (em inglês) MTV Buzzworthy. Visitado em 6 de Dezembro de 2012.
  16. Iyaz – Fool In Love (Rihanna Remake) (em inglês) Rock Diz Music (19 de Outubro de 2012). Visitado em 9 de Junho de 2013.
  17. 다운로드 순위집계 : 온라인 음원 다운로드 수 (em coreano) Gaon Chart. Visitado em 5 de Dezembro de 2011. Cópia arquivada em 3 de Dezembro de 2011.
  18. CHART: CLUK Update 3.12.2011 (wk48) (em inglês) Zobbel The Official Charts Company. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  19. 2011 Top 40 R&B Singles Archive 3rd December 2011 (em inglês) The Official Charts Company. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.