Lago Niassa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lago Niassa
O Lago Niassa visto do Space Shuttle
Localização
Localização Vale do Rift
País Malawi
Tanzânia
 Moçambique
Características
Comprimento máximo 560 km
Largura máxima 80 km
Profundidade máxima 700 m

O Lago Niassa (em kiSwahili como Nyasa e em língua inglesa como Lake Malawi ou Lake Nyasa) é um dos Grandes Lagos Africanos e está localizado no Vale do Rift, entre o Malawi, a Tanzânia e Moçambique. Com uma orientação norte-sul, o lago tem 560 km de comprimento, 80 km de largura máxima e uma profundidade máxima de 700 m.

Na língua chinyanja (ou chinhanja), falada na orla moçambicana do lago, niassa significa "lago", tal como o próprio nome do povo que usa aquela língua, os Nyanjas, significa povo do lago. Em chichewa, uma das línguas do Malawi, a palavra malawi significa o nascer do sol, visto que, estando a ocidente do lago, é dessa forma que os malawianos vêem nascer o dia, sobre o lago.

É um lago único no mundo por formar uma província biogeográfica específica, com cerca de 400 espécies de ciclídeos descritas endémicas (cerca de 30% de todos os ciclídeos conhecidos no mundo) e provavelmente muitas ainda por descrever. Estima-se que tenha uma idade entre um e dois milhões de anos. Uma vez que se encontra numa região tropical e ser muito profundo, o lago está permanentemente estratificado, com um epilímnio mais quente sobre um hipolímnio mais frio. O nível da água varia com as estações do ano e tem ainda um ciclo de longa duração, com os níveis mais altos em anos recentes, desde que existem registos.

O Parque Nacional do Lago Malawi, no sul do Malawi, abrangendo a extremidade sul do lago, uma dúzia de ilhas, uma região de reserva florestal e uma zona aquática até 100 m da costa foi inscrito pela UNESCO em 1984 na lista dos locais que são Património da Humanidade.

Em abril de 2011, o sítio Lago Niassa e Zona Costeira passou a integrar a lista de zonas húmidas protegidas pela Convenção de Ramsar.[1]

Referências

  1. Wetlands.org. Lago Niassa e Zona Costeira. Visitado em 7-11-2011.