Melancia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMelancia
Summer 99.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Cucurbitales
Família: Cucurbitaceae
Género: Citrullus
Espécie: C. lanatus
Nome binomial
Citrullus lanatus
(Thunb.) Matsum. & Nakai
Distribuição geográfica
2005watermelon.PNG

Melancia (Citrullus lanatus) é o nome de uma planta da família Cucurbitaceae e do seu fruto. Trata-se de uma erva trepadeira rastejante originária da África. É cultivada ou aparece quase espontaneamente em várias regiões do Brasil, geralmente em áreas secas e de solo arenoso.

Origem[editar | editar código-fonte]

Originária das regiões secas tem um centro de diversificação secundário no sul da Ásia. A domesticação ocorreu na África central, onde a melancia é cultivada há mais de 5000 anos. No Egito e no oriente médio é cultivada há mais de 4000 anos. Na China a cultura foi introduzida por volta do século X, na Europa por volta do século XIII e na América no século XVI [1] . Foi trazida ao Brasil por negros de origem Banto e Sudanês no processo de escravidão..[2]

A produção brasileira foi estimada pelo IBGE em 144 mil toneladas de frutos em 1991, concentrada principalmente nos estados de Goiás (onde se situa a capital nacional da melancia, Uruana, com a festa nacional da melancia - sempre no mês de setembro) Bahia, Rio Grande do Sul e São Paulo.

O termo arcaico do português para se referir à fruta é «balancia» ou «belancia».[3]

Características[editar | editar código-fonte]

A planta é rasteira e anual com folhas triangulares e trilobuladas e flores pequenas e amareladas, gerando um fruto arredondado ou alongado, de polpa vermelha, suculenta e doce, com alto teor de água (cerca de 92%) e diâmetro variável entre 25 e 140 cm. A casca é verde e lustrosa, apresentando estrias escuras.

Sua composição, além do alto teor de água, inclui carboidratos, vitaminas do complexo B e sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

[carece de fontes?] O suco das sementes é considerado vermífugo e diurético leve.

A outras partes são atribuídas propriedades na cura de erisipela, febre e infecções de vias urinárias.

Uma pesquisa preliminar indica que o consumo de melancia pode ter efeitos anti-hipertensivos e anti-depressivos.[4]

Conserva-se em geladeira por 2 a 3 semanas.

Valor nutricional[editar | editar código-fonte]

Tem propriedades hidratantes (contém cerca de 90% de água). Além disso, possui também açúcar, vitaminas do Complexo B e sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro.

Alergia[editar | editar código-fonte]

Devido ao fato de conter o aminoácido citrulina, deve ser evitado por pessoas que apresentam alergia a esse aminoácido.Também podem ocorrer uma série de problemas gástricos e diuréticos causando a hipertensão aguda, chamada fase de feijão.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. www.dalmeida.com/hortnet/Melancia.pdf
  2. http://www.fesbe.org.br/v3/?page=informacoes/ler&tipo=informacao_a&id=20 Obtido em 19 de Agosto de 2009
  3. Editores do Aulete (2007). Verbete «melancia» Dicionário Caldas Aulete. Visitado em 03/03/2014.
  4. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22402472
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Melancia
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete melancia.
Ícone de esboço Este artigo sobre rosídeas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.