Rajon Rondo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rajon Rondo
Rajon Rondo Media Day.jpg
Informações pessoais
Nome completo Pierre Rajon Rondo
Data de nasc. 22 de fevereiro de 1986 (28 anos)
Local de nasc. Louisville, Kentucky,  Estados Unidos
Altura 1,85 m
Peso 84,4 kg
Apelido Magic Rondo, Green Goblin, Mr. Triple Double
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Boston Celtics
Número 9
Posição Armador
Clubes de juventude
Estados Unidos Kentucky
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2006-Presente Boston Celtics 475 (5251)
Seleção nacional
Estados Unidos Estados Unidos

Rajon Pierre Rondo (nascido em 22 de fevereiro de 1986) é um jogador profissional de basquete norte americano da National Basketball Association NBA. Nascido em Louisville, Kentucky, Rondo frequentou a Eastern High School e a Oak Hill Academy antes de receber uma bolsa de estudo da Universidade de Kentucky. Rondo jogou por dois anos em Kentucky antes de participar do Draft da NBA de 2006. Durante o projeto, foi selecionado como a 21ª escolha do Draft pelo Phoenix Suns, e posteriormente foi negociado com o Boston Celtics, onde fez sua estréia como calouro da durante a temporada 2006-07.

Rondo desempenhou um papel de apoio antes de se estabelecer como armador principal da equipe durante a temporada 2007-08. Nessa temporada, Rondo ganhou seu primeiro campeonato da NBA, jogando ao lado dos All-Stars Kevin Garnett, Ray Allen e Paul Pierce. Seu melhor desempenho aconteceu durante os playoffs da temporada 2008-09, onde quase obteve um triple-double de média. Rondo foi chamado 4 vezes para o All-Star Game, nomeado uma vez para o All NBA Team e quatro vezes All-Defensive Team. Ele também liderou a NBA em roubos de bola durante a temporada 2009-10 e assistências durante 2011-12.

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

NBA Draft 2006[editar | editar código-fonte]

Após a temporada 2005-06 da NCAA, Rondo anunciou que iria renunciar suas duas últimas temporadas em Kentucky e entrar no draft da NBA. Rondo foi selecionado como a 21ª escolha da primeira rodada pelo Phoenix Suns. Em seguida foi negociado por Phoenix com o Boston Celtics, juntamente com Brian Grant para os Cleveland Cavaliers, juntamente com uma primeira escolha no Draft da NBA de 2007 e considerações em dinheiro. Rondo assinou com os Celtics em 4 de julho de 2006.

Temporada 2006-07[editar | editar código-fonte]

Durante sua temporada de estreia na NBA, Rondo desempenhou um papel de apoio junto a Sebastian Telfair e Delonte West. Rondo começou apenas 25 jogos nessa temporada. Ele fez sua estréia na temporada regular da NBA em 1 de novembro de 2006, em uma derrota em casa contra o New Orleans Hornets. Saindo do banco, ele conseguiu marcar sua maior pontuação até então, 23 pontos contra o Toronto Raptors, e marcar seu primeiro duplo-duplo da carreira, em uma partida contra o Washington Wizards. Na metade da temporada, seus números começaram a aumentar, o que lhe rendeu a seleção para a equipe All-Rookie Second Team. Ele terminou a temporada com uma média de 6,4 pontos e 3,8 assistências, ficando entre os dez primeiros na NBA em bolas roubadas (128). No final, no entanto, os Celtics terminaram a temporada com um recorde de 24-58 e não se classificou para os playoffs.

Temporada 2007-08[editar | editar código-fonte]

Depois que Telfair foi negociado durante a pré temporada de 2007-08, Rondo garantiu sua titularidade. Rodeado pelos All-Stars Kevin Garnett, Paul Pierce e Ray Allen, ele rapidamente se tornou um jogador firme e consistente. Em seus 77 jogos disputados, ele teve médias de 10,6 pontos por jogo, 5,1 assistências e 4,2 rebotes. Em um jogo contra o New Jersey Nets, Rondo sofreu uma lesão na parte inferior das costas, forçando-o a perder os próximos quatro jogos. Durante a pausa do All-Star Game, Rondo foi selecionado para jogar na equipe Sophomore na T-Mobile Rookie Challenge e Youth Jam. Após o fim de semana do All-Star, Rondo distribuiu 16 assistências, sua maior marca da carreira em uma vitória em casa contra o Charlotte. Apesar de sua temporada sólida como calouro, havia muita especulação se Boston precisaria de um armador veterano.

Após a temporada regular, Rondo terminou entre os cinco primeiros na votação para o NBA Most Improved Player. Rondo fez sua estréia nos playoffs em 20 de abril de 2008 contra o Atlanta Hawks e terminou o jogo com 15 pontos, nove assistências e dois roubos de bola. Os Celtics fecharam a série em sete jogos, derrotando Cleveland na rodada seguinte, e depois vindo a derrotar os Pistons nas finais da Conferência Leste. No NBA Finals, os Celtics enfrentaram os Los Angeles Lakers, e Rondo obteve duas grandes performances, incluindo sua melhor marca da carreira em assistências (16) no Jogo 2. No jogo 3, no entanto, Rondo deixou a quadra no terceiro quarto depois de torcer o tornozelo. No jogo 6, os Celtics derrotaram os Lakers por 4-2, dando a Rondo seu primeiro anel de campeão da NBA.

Temporada 2008-09[editar | editar código-fonte]

Em sua terceira temporada na NBA, Rondo e os Celtics começaram com o melhor início de temporada da história da NBA e também definiram um recorde da franquia, após vencerem 19 partidas seguidas. Rondo aumentou seu desempenho em relação a temporada anterior, no entanto, ele foi criticado por seu arremesso. Rondo marcou seu primeiro triplo-duplo da carreira, juntamente com sua melhor marca da carreira em assistências (16 pontos, 13 rebotes e 17 assistências), contra o Indiana Pacers. Em uma vitória em casa contra o New York Knicks, Rondo liderou a equipe, ajudando a mesma a chegar a um recorde de 18 vitórias consecutivas. No entanto, após o fim da série de vitórias a equipe lutou, perdendo sete dos nove jogos seguintes. Contra os Mavericks, marcou seu segundo triplo-duplo da carreira ( 19 pontos, 15 rebotes e 14 assistências), e, em seguida, marcou seu maior número de pontos em um jogo na carreira, 32 pontos contra o Phoenix Suns em seu aniversário de 23 anos. Ele se tornou o primeiro atleta da NBA a assinar um contrato de patrocínio com a Red Bull em 17 de abril de 2009. Ele terminou a temporada em quinto na classificação de assistências (8,2) e roubos de bola (1,9). A equipe terminou a temporada em segundo na Conferência Leste.

Nos playoffs contra o Chicago Bulls, apesar de marcar 29 pontos no jogo 1, os Celtics perderam na prorrogação. Os Celtics venceram os dois próximos jogos e nos jogos 2 e 4, Rondo registrou dois triplo -duplos e se tornou o primeiro jogador dos Celtics com dois triplos-duplos na mesma série desde Larry Bird, em 1986. No jogo 6, Rondo distribuiu 19 assistências, melhor marca da carreira. Na rodada seguinte, contra o Orlando Magic, os Celtics perderam o primeiro jogo, no jogo 2 Rondo marcou outro triplo-duplo e ajudou a garantir a vitória em casa. No entanto, os Celtics foram derrotados em sete jogos. Durante a pós-temporada, Rondo teve médias de quase um triplo duplo por jogo, com 16,9 pontos, 9,7 rebotes e 9,8 assistências.

Temporada 2009-10[editar | editar código-fonte]

Durante a temporada 2009-10, Rondo obteve suas melhores médias da carreira em pontos (13,7), assistências (9,8) e roubos de bola (2,3) e tornou-se o primeiro jogador dos Celtic a liderar a liga em roubos de bola. Em 2 de novembro de 2009, Rondo assinou um contrato de cinco anos de extensão com o Celtics, por 55 milhões de dólares. Em uma vitória fora de casa contra o Orlando Magic no dia de Natal, Rondo marcou 17 pontos, 13 rebotes e oito assistências. Três dias depois, Rondo marcou 30 pontos e deu 15 assistências em uma derrota fora de casa para o Golden State Warriors. Em 10 de janeiro de 2010, Rondo registrou seu terceiro triplo-duplo na temporada, com 22 pontos, 13 assistências e 10 rebotes contra o Toronto Raptors. Em 28 de janeiro de 2010, foi selecionado pela primeira vez para o NBA All-Star Game, como reserva na Conferência Leste. Rondo marcou seu quarto triplo-duplo na temporada contra o Denver Nuggets em 24 de março de 2010, com 11 pontos, 15 assistências e 11 rebotes. Em um jogo contra o Houston Rockets, em 2 de abril de 2010, quebrou o recorde de Bob Cousy da franquia em assistências em uma única temporada.

Nos Playoffs, os Celtics derrotaram o Miami Heat em cinco jogos e enfrentaram o Cleveland Cavaliers na segunda rodada. No jogo 2, Rondo distribuiu 19 assistências, melhor marca da carreira e novo recorde da franquia em assistências em um jogo de playoff. No jogo 4, marcou um triplo-duplo, 29 pontos, 18 rebotes e 13 assistências. Rondo se juntou a Wilt Chamberlain e Oscar Robertson como os únicos jogadores na história da NBA a ter 29 pontos, 18 rebotes e 13 assistências em um jogo de playoff. Os Celtics derrotaram os Cavaliers e o Orlando Magic nas finais da Conferência Leste em seis jogos. Nas finais, os Celtics mais uma vez enfrentaram os Los Angeles Lakers. No jogo 2, Rondo marcou seu segundo triplo-duplo da pós-temporada (19 pontos, 12 rebotes e 10 assistências), no entanto, apesar do desempenho de Rondo, os Celtics sucumbiram aos Lakers em sete jogos.

Temporada 2010-11[editar | editar código-fonte]

No primeiro jogo da temporada 2010-11, Rondo distribuiu 17 assistências. No terceiro jogo da temporada, Rondo distribuiu 24 assistências, melhor marca da carreira, juntamente com um triplo-duplo (10 pontos e 10 rebotes) contra o New York Knicks. Ele se juntou a Isiah Thomas como os únicos jogadores na história da NBA a ter pelo menos 24 assistências em um triplo-duplo. Seu total de 50 assistências nos três primeiros jogos da temporada, empataram com John Stockton como o recorde da NBA em assistências nos 3 primeiros jogos da temporada. No jogo seguinte, contra o Detroit Pistons, Rondo terminou o jogo com 17 assistências. Com mais 15 assistências no dia seguinte, Rondo novamente estabeleceu um novo recorde para os cinco primeiros jogos da temporada.

A temporada de Rondo também começou cheia de lesões. Ele perdeu três jogos em novembro devido a lesões. Rondo torceu o tornozelo esquerdo na vitória contra o New York Knicks em 15 de dezembro de 2010, e perdeu os próximos sete jogos. No dia 22 de abril, no terceiro jogo da série de playoffs na primeira rodada contra o New York Knicks, Rondo teve um triplo-duplo com 20 assistências, definindo um novo recorde da franquia em assistências em um jogo de playoff. Ele também se igualou a LeBron James, com seis triplo-duplos em playoffs (James alcançou seu sétimo triplo-duplo em playoffs durante o jogo 4 das finais). Rondo teve a terceira camisa mais vendida em na liga durante a temporada 2010-11, atrás apenas de James e Kobe Bryant.

Temporada 2011-12[editar | editar código-fonte]

Em 21 de fevereiro de 2012, Rondo foi nomeado como substituto de Joe Johnson no All Star Game. Com 18 pontos, 17 rebotes, e 20 assistências contra os Knicks em 4 de março, se juntou a Wilt Chamberlain, Magic Johnson, e Jason Kidd como os únicos jogadores a ter pelo menos 15 pontos, 15 rebotes e 15 assistências em um mesmo jogo. Em uma vitória contra o Heat em 1 de abril, Rondo registrou outro triplo-duplo (16 pontos, 14 assistências e 11 rebotes). Rondo fechou a temporada regular com 24 jogos consecutivos de 10 + assistências. Este não é apenas um recorde da franquia Celtics, mas é também a maior sequência da NBA desde John Stockton, 29 jogos, em 1992.

Rondo marcou seu sexto triplo-duplo da temporada (com 20 assistências), em uma vitória contra os Hawks no tempo extra em 11 de abril. Ele teve seu primeiro triplo-duplo dos playoffs contra a mesma equipe em 4 de maio. Rondo ainda obteve outros dois triplo-duplo, um em 13 de maio no primeiro jogo da segunda rodada dos playoffs contra os 76ers, e o terceiro em 26 de maio no último jogo da rodada, ajudando os Celtics a avançarem para as finais da Conferência Leste. Ele se juntou a Larry Bird como os únicos jogadores dos Celtics a marcar um triplo-duplo em um jogo 7. No jogo 2 das finais da Conferência Leste, Rondo marcou 44 pontos, maior marca da carreira, ele ainda pegou 8 rebotes e 10 assistências. Em 6 de junho de 2012, Rondo passou Bob Cousy por ter 39 jogos de playoffs com 10 ou mais assistências, tornando-o líder dos Celtics em todos os tempos. Rondo marcou outro triplo-duplo no sétimo jogo das finais da Conferência Leste, mas o Celtics perderam para o Miami Heat.

Temporada 2012-13[editar | editar código-fonte]

Rondo começou a temporada com 24 jogos consecutivos de 10 ou mais assistências. Ele continuou sua sequência, e chegou ao jogo 37 com 10 ou mais assistências contra o Orlando Magic em 25 de novembro de 2012, empatando a maior sequência de John Stockton. Apenas Magic Johnson tinha uma sequência maior (46 jogos). A sequência terminou no jogo seguinte contra o Brooklyn Nets, quando Rondo foi expulso por brigar com Kris Humphries, após Humphries ter se desentendido com seu companheiro Kevin Garnett. Humphries também foi expulso, junto com seu companheiro de equipe Gerald Wallace. Rondo só distribuiu três assistências antes de ser expulso. Em 27 de janeiro de 2013, durante um jogo com o Miami Heat, foi revelado que Rondo havia rompido o ligamento cruzado anterior de seu joelho e perderia o restante da temporada.

Estatística na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas disputadas  PT  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por partida  AS  Assistências por partida
 BR  Roubos de bola por partida  TO  Tocos por partida  PPJ  Pontos por partida  Negrito  Pontuação máxima


Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2006-07 Boston Celtics 78 25 23.5 .418 .207 .647 3.7 3.8 1.6 0.1 6.4
2007-08 Boston Celtics 77 77 29.9 .492 .263 .611 4.2 5.1 1.7 0.2 10.6
2008-09 Boston Celtics 80 80 33.0 .505 .313 .642 5.2 8.2 1.9 0.1 11.9
2009-10 Boston Celtics 81 81 36.6 .508 .212 .621 4.4 9.8 2.3 0.1 13.7
2010-11 Boston Celtics 68 68 37.2 .475 .233 .568 4.4 11.2 2.2 0.2 10.6
2011-12 Boston Celtics 53 53 36.9 .448 .238 .597 4.8 11.7 1.8 0.1 11.9
2012-13 Boston Celtics 38 38 37.4 .484 .240 .645 5.6 11.1 1.8 0.2 13.7
2013-14 Boston Celtics 30 30 33.3 .403 .289 .627 5.5 9.8 1.3 0.1 11.7
Carreira 505 452 33.0 .475 .252 .621 4.6 8.4 1.9 0.1 11.1
All-Star 3 0 18.3 .545 .000 .000 1.7 7.0 0.3 0.0 4.0

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2007-08 Boston Celtics 26 26 32.0 .407 .250 .691 4.1 6.6 1.7 0.3 10.2
2008-09 Boston Celtics 14 14 41.2 .417 .250 .657 9.7 9.8 2.5 0.2 16.9
2009-10 Boston Celtics 24 24 40.6 .463 .375 .596 5.6 9.3 1.9 0.1 15.8
2010-11 Boston Celtics 9 9 38.3 .477 .000 .632 5.4 9.6 1.1 0.0 14.0
2011-12 Boston Celtics 19 19 42.6 .468 .267 .696 6.7 11.9 2.4 0.1 17.3
Carreira 92 92 38.5 .445 .277 .647 6.0 9.2 2.0 0.2 14.5

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]