Russell Westbrook

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Russell Westbrook
Russell Westbrook.jpg
Informações pessoais
Nome completo Russell Westbrook
Data de nasc. 12 de novembro de 1988 (25 anos)
Local de nasc. Long Beach,  Estados Unidos
Altura 1,91 m (6 ft 3 in)
Peso 90,7 kg (200 lb)
Informações no clube
Clube atual Oklahoma City Thunder
Número 0
Posição Armador
Clubes de juventude
2006–2008 Estados Unidos UCLA
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2008 - presente Oklahoma City Thunder 440 (8834)
Seleção nacional
2010–Presente Estados Unidos Estados Unidos
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Equipe
Campeonato Mundial de Basquete
Ouro Turquia 2010 Equipe

Russell Westbrook (Long Beach, 12 de novembro de 1988) é um jogador profissional de basquetebol norte americano que atualmente defende o Oklahoma City Thunder da NBA.

No colegial, Westbrook jogou por Leuzinger e em seguida, jogou dois anos na faculdade UCLA antes de participar do Draft da NBA de 2008. Foi selecionado pelo Seattle SuperSonics, que mudou-se de Seattle para Oklahoma City seis dias depois, vindo a se chamar Oklahoma City Thunder. Em sua carreira, Westbrook foi chamado três vezes para All-Star Game, e três vezes para a equipe All-NBA segundo time, além de ter sido chamado para a equipe NBA All-Rookie Primeiro time. Westbrook representou o Estados Unidos no Campeonato Mundial FIBA 2010 na Turquia, onde ganhou uma medalha de ouro. Ele também ganhou uma medalha de ouro com a equipe de basquete norte americana no Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Westbrook nasceu em Long Beach, Califórnia, filho de Russell e Shannon, Horton. Tem um irmão mais novo, Raynard, e é admirador do ex-Los Angeles Lakers, Earvin "Magic" Johnson.[1] Crescendo em Lawndale, Westbrook foi amigo de infância de Khelcey Barrs, um jovem e talentoso jogador que havia atraído o interesse de grandes faculdade de basquete. No entanto, Barrs desmaiou e morreu de cardiomegalia depois de jogar uma série em 2004.[2] [3] Em Leuzinger, ele levou a equipe para um recorde de 25-4 e uma Div CIF-SS. I-AA aparição nos playoffs durante seu último ano. Teve médias de 25,1 pontos, 8,7 rebotes, 3,1 roubos de bola e 2,3 assistências. Colecionou 14 duplos-duplos, marcando 30 ou mais pontos em oito ocasiões, sendo sua melhor marca 51 pontos em Carson em 6 de janeiro de 2006. Ele não atraiu muita atenção das melhores faculdades de basquete, até que Ben Howland lhe ofereceu uma bolsa de estudos para jogar para o UCLA Bruins.

Colégio[editar | editar código-fonte]

Em seus dois anos jogando para o UCLA Bruins, Westbrook usou o número 0. Em seu primeiro ano, Westbrook foi usado primeiramente como um defensor, devido à sua capacidade atlética e sua falta de precisão em passes e arremates. Em seu primeiro ano, Westbrook teve médias de 3,4 pontos, 0,8 rebotes e 0,7 assistências em 36 jogos. Depois que Darren Collison o até então titular da equipe ter se ferido, o papel de Westbrook na equipe foi ampliado. Westbrook viu seus minutos aumentarem significativamente, tendo começado como titular em 34 dos 39 jogos da temporada. No ano, Westbrook teve médias de 12,7 pontos, 3,9 rebotes, 4,7 assistências e 1,6 roubos de bola. A equipe avançou para o Final Four, perdendo para a Flórida em 2007, 76-66. No jogo, Westbrook jogou 8 minutos, marcando dois pontos. Em 2008, perderam por 78-63 para a Universidade de Memphis, que era liderada por Derrick Rose, Chris Douglas-Roberts e Joey Dorsey. No jogo, Westbrook marcou 22 pontos, junto com 3 rebotes, 2 assistências e 2 roubos de bola.[4] Na UCLA, Westbrook jogou com vários jogadores da NBA. Em seu segundo ano, Westbrook foi nomeado All-Pac-10 terceira equipe e ganhou Pac-10 Jogador Defensivo do Ano. Na UCLA, Westbrook jogou com Kevin Love, que também foi seu colega de quarto, bem como Darren Collison, Arron Afflalo e Richard Luc Mbah Moute. Após dois anos na UCLA, Westbrook decidiu se inscrever no draft da NBA 2008.

Carreira na NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada 2008-09[editar | editar código-fonte]

Westbrook foi selecionado como a quarta escolha geral no Draft da NBA de 2008, pelo Seattle Supersonics (mais tarde conhecido como o Oklahoma City Thunder, devido à venda de equipa e relocação). Assinou com a equipe em 05 de julho de 2008, juntamente com DJ White.[5] Westbrook foi nomeado Rookie do mês de dezembro e fevereiro. Em dezembro, Westbrook teve médias de 15,5 pontos, 5,1 assistências e 5,1 rebotes. Em fevereiro, Westbrook teve médias de 20,6 pontos, 5,9 assistências e 6,1 rebotes.[6] Em 1 de fevereiro de 2009, Westbrook marcou 34 pontos em uma derrota no tempo extra para o Sacramento Kings.[7] Acertou 7 dos 18 arremessos tentados e 20 dos 22 lances livres.[8] Ele também era um candidato para o Concurso de Enterradas 2009, mas perdeu na votação para Rudy Fernandez do Portland Trail Blazers. Em 2 de março de 2009, Westbrook marcou um triplo-duplo, com 17 pontos, 10 rebotes e 10 assistências. Foi o primeiro novato a fazer isso desde Chris Paul na temporada 2005-06, e o terceiro novato dos Sonics/Thunder na história da liga: Arte Harris 1968-1969 e Gary Payton em 1990-91.[9] Ele terminou em quarto lugar o 2008/09 Rookie do Ano da NBA, atrás de Derrick Rose (Chicago Bulls), JO Mayo (Memphis Grizzlies) e Brook Lopez (New Jersey Nets).[10] Westbrook foi nomeado para a equipe de novatos da NBA, em primeiro lugar, juntamente com o colega de UCLA, Kevin Love, que foi nomeado para a segunda equipe.

Temporada 2009-10[editar | editar código-fonte]

Em seu segundo ano, o Thunder deu uma enorme reviravolta em relação a sua primeira temporada, se classificando para os playoffs com um recorde de 50-32. Durante a temporada, teve médias de 16,1 pontos, 8,0 assistências e 4,9 rebotes. Westbrook se tornou significativamente melhor; Sua melhora no jogo de transição foi fundamental na virada do Thunder. O Thunder foi eliminado pelo eventual campeão, o Los Angeles Lakers. Na série Westbrook intensificou seu jogo, com médias de 20,5 pontos, 6 rebotes e 6 assistências.

Temporada 2010-11[editar | editar código-fonte]

Em 12 de novembro de 2010, no seu 22 º aniversário, Westbrook marcou 36 pontos, 7 rebotes e 7 assistências contra o Portland Trail Blazers. Quatorze dias depois, em 26 de novembro, Westbrook marcou 43 pontos, 8 rebotes e 8 assistências, contra o Indiana Pacers.[11] Westbrook foi escolhido como reserva da Conferência Oeste para o NBA 2011 All Star Game.[12] Em 1 de dezembro de 2010, marcou 38 pontos, 9 assistências e pegou 15 rebotes, após três prorrogações contra o New Jersey Nets, em um jogo em que o Thunder estava sem sua outra estrela, Kevin Durant, devido a problemas de lesão. Westbrook terminou a temporada melhorando em quase todas as categorias estatísticas, com médias de 21,9 pontos, 8,3 assistências, 4,6 rebotes e 1,9 roubos de bola. Westbrook foi nomeado para a equipe All-NBA Segundo Time. O Thunder terminou a temporada com 55-27, mas acabou perdendo para o eventual campeão da NBA, o Dallas Mavericks. Durante os playoffs, Westbrook teve médias de 23,8 pontos, 6,4 assistências e 5,4 rebotes.

Temporada 2011-12[editar | editar código-fonte]

Em 19 de janeiro de 2012, Westbrook e o Oklahoma City Thunder assinaram uma extensão de contrato de 5 anos, no valor de 80 milhões de dólares. Em 19 de fevereiro de 2012, marcou 40 pontos na vitória sobre o Denver Nuggets.[13] Em 23 de março de 2012, Westbrook fez sua pontuação mais alta na liga, 45 pontos na vitória após duas prorrogações sobre o Minnesota Timberwolves por 149-140. Westbrook foi novamente eleito para a Equipe All-NBA segundo time e foi selecionado para o NBA 2012 All-Star Game. O Thunder chegou às finais da NBA 2012, mas acabou perdendo em cinco jogos para o Miami Heat. No jogo 4 da final, Westbrook fez sua pontuação mais alta em playoffs, 43 pontos ao acertar 20/32 arremessos de quadra.[14]

Temporada 2012-13[editar | editar código-fonte]

Westbrook terminou a temporada com médias de 23,2 pontos, 5,2 rebotes e 7,4 assistências.[15] Ele foi o sexto maior pontuador da liga e o sétimo em assistências. Sua partida com maior pontuação no ano, foi na derrota para o Denver Nuggets em março, Westbrook marcou 38 pontos.[16] Ao final da temporada, o Oklahoma teve a melhor campanha da conferência oeste e a segunda melhor da liga.

Durante a primeira rodada dos playoffs, o Oklahoma City Thunder foi pareado com o Houston Rockets. No dia 25 de abril, durante o segundo jogo da série, Westbrook e o jogador Patrick Beverley colidiram, após uma tentativa de roubada de bola. Westbrook continuou na partida e marcou 29 pontos. Após a partida, foi revelado que Westbrook sofreu uma lesão no menisco do joelho direito.[17] [18] No dia 27 de abril foi anunciado que Westbrook passou por uma cirurgia no joelho direito, pois teve rompimento dos meniscos laterais. O procedimento foi bem sucedido, os meniscos foram costurados, mas a temporada terminou para ele, ficando fora do restante dos playoffs.[19]

Temporada 2013-14[editar | editar código-fonte]

Após cirurgia no joelho direito, o joelho apresentou um grande inchaço, e exames apontaram um rompimento nos pontos da cicatrização. Westbrook passou por uma segunda artroscopia no mesmo local da primeira, para a correção do problema. O boletim médico afirmou que a cirurgia foi bem sucedida, mas Westbrook ficaria fora das primeiras semanas da temporada 2013-14.[20] Ao final da temporada regular, Westbrook obteve médias de 21.8 pontos, 5.7 rebotes e 6.9 assistências, ajudando OKC a ficar com a segunda melhor campanha da conferência oeste, atrás do San Antonio Spurs.

Na primeira rodada dos playoffs o Thunder venceu o Memphis Grizzlies por 4-3. [21] Na segunda rodada, o Thunder venceu o Los Angeles Clippers por 4-2, indo para a final da conferência oeste. [22] Nas finais, OKC enfrentou o San Antonio Spurs e acabou sendo derrotado por 4-2. [23] Westbrook obteve médias de 26.7 pontos, 7.3 rebotes e 8.1 assistências na pós-temporada.


Seleção Norte Americana de Basquete[editar | editar código-fonte]

Em 2010, participou do Campeonato Mundial da FIBA, realizado em Istambul, Turquia. Desempenhando um papel fundamental, com a sua convicção e energia. Os EUA ganharam o ouro pela primeira vez desde 1994.

Em 2012, foi convocado para os Jogos Olímpicos em Londres, onde ganhou uma medalha de ouro com a equipe americana.[21]

Estatística na NBA[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas disputadas  PT  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por partida  AS  Assistências por partida
 BR  Roubos de bola por partida  TO  Tocos por partida  PPJ  Pontos por partida  Negrito  Pontuação máxima


Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008-09 Oklahoma 82 65 32.5 .398 .271 .815 4.9 5.3 1.3 0.2 15.3
2009-10 Oklahoma 82 82 34.3 .418 .221 .780 4.9 8.0 1.3 0.4 16.1
2010-11 Oklahoma 82 82 34.7 .442 .330 .842 4.6 8.3 1.9 0.4 21.9
2011-12 Oklahoma 66 66 35.3 .457 .316 .823 4.6 5.5 1.7 0.3 23.6
2012-13 Oklahoma 82 82 34.9 .438 .323 .800 5.2 7.4 1.8 0.3 23.2
2013-14 Oklahoma 46 46 30.7 .437 .318 .826 5.7 6.9 1.9 0.2 21.8
Carreira 440 423 33.9 .433 .305 .815 4.9 6.9 1.6 0.3 20.1
All-Star 3 0 20.0 .548 .125 .000 4.7 2.3 1.0 0.0 15.7

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2009-10 Oklahoma 6 6 35.3 .473 .417 .842 6.0 6.0 1.7 0.2 20.5
2010-11 Oklahoma 17 17 37.5 .394 .292 .852 5.4 6.4 1.4 0.4 23.8
2011-12 Oklahoma 20 20 38.4 .435 .277 .802 5.5 5.8 1.6 0.4 23.1
2012-13 Oklahoma 2 2 34.0 .415 .222 .857 6.5 7.0 3.0 0.0 24.0
2013-14 Oklahoma 19 19 38.7 .420 .280 .884 7.3 8.1 2.2 0.3 26.7
Carreira 64 64 37.8 .421 .286 .851 6.0 6.7 1.8 0.3 24.1

Prêmios e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. "UCLA player bio" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  2. "Leuzinger Hoops Star Collapses, Dies" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  3. "Westbrook: The honor guard: The young, dashing Oklahoma City point man plays in memory of a fallen friend" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  4. "UCLA Bruins vs. Memphis Tigers — NCAA Tournament Game — Recap" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  5. "Westbrook, White sign rookie deals with SuperSonics" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  6. Rookie of the Month Feb (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  7. "Veteran Jackson carries Kings in overtime to beat lowly Thunder" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  8. "Oklahoma City Thunder vs. Sacramento Kings – Box Score – February 01, 2009 – ESPN" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  9. "ESPN – Notes, Stats and Trends from Research March 3, 2009" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  10. Bulls' Rose takes home Rookie of Year Award (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  11. "Oklahoma City Thunder at Indiana Pacers Box Score, November 26, 2010" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  12. "Russell Westbrook selected to Western Conference All-Star team (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  13. "Kevin Durant, Russell Westbrook combine for 91 points in Oklahoma Thunder OT win" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  14. Heat overcome Russell Westbrook's 43 points, take 3-1 Finals lead (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  15. "Russell Westbrook Career Stats" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  16. "Lawson's jumper lifts Nuggets over Thunder 105-103" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  17. "Thunder's Russell Westbrook out of playoff run indefinitely with knee injury, needs surgery" (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  18. Wojnarowski, Adrian (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  19. Westbrook has knee surgery, will miss rest of season (em inglês). Página visitada em 17 de maio de 2013.
  20. "Russell Westbrook out 4-6 weeks after arthroscopic knee surgery" (em inglês). Página visitada em 05 de outubro de 2013.
  21. a b Durant e Westbrook fazem jogo monstruoso, Thunder aproveita rival suspenso e passa pelos Grizzlies (em português). Página visitada em 16 de maio de 2014.
  22. Durant resolve, Thunder bate Clippers e pega Spurs na decisão do Oeste (em português). Página visitada em 16 de maio de 2014.
  23. Spurs vencem Thunder na prorrogação, fecham série e terão chance de vingança contra Heat (em português). Página visitada em 01 de junho de 2014.
Basketball pictogram.svg Este artigo sobre um(a) basquetebolista, integrado ao Projeto Basquetebol, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.