Sivas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Turquia Sivas
Sebastia, Sebaste
 
—  Distrito (ilçe)  —
Vista de Sivas; ao centro: o minarete inclinado da Ulu Camii (Grande Mesquita), construído em 1196
Vista de Sivas; ao centro: o minarete inclinado da Ulu Camii (Grande Mesquita), construído em 1196
Mapa dos distritos da província de Sivas
Mapa dos distritos da província de Sivas
Sivas está localizado em: Turquia
Sivas
Localização de Sivas na Turquia
39° 45' N 37° 01' E
Região Anatólia Central
Província Sivas
Administração
 - Governador (kaymakam) Zübeyır Kemelek [1]
 - Prefeito (belediye başkanı) Doğan Ürgüp (2009, BBP) [2]
Área [3]
 - Distrito (ilçe) 2 768 km²
Altitude 1 280 m (4 199 pés)
População (2012)[4]
 - Distrito (ilçe) 346 629
    • Densidade 125,23/km2 
 - Urbana 312 587
Código postal 58000
Prefixo telefónico 346
Sítio Governo distrital: www.sivas.gov.tr
Prefeitura: www.sivas.bel.tr

Sivas é uma cidade e distrito (em turco: ilçe) do centro da Turquia. É a capital da província homónima e faz parte da Região da Anatólia Central. O distrito tem 2 768 km² de área e em 2012 a sua população era de 346 629 habitantes (densidade: 125,2 hab./km²), dos quais 312 587 moravam na cidade.[4]

É possível Sivas tenha sido a cidade hitita de Samuha. Em 64 a.C. os romanos fundaram no local a cidade de Megalópolis, que algumas décadas depois passou a ser conhecida como Sebásteia (em grego: Σεβάστεια), Sebastea, Sebaste, Sebasteia ou ainda Sebastia ou Sepastia (em armênio: Սեբաստիա).

A cidade encontra-se no grande vale do rio Hális, a uma altitude entre os 1 245 e 1 350 m, é um centro comercial de tamanho médio e um polo industrial, ainda que tradicionalmente a economia local tenha sido baseada na agricultura. Além disso, Sivas é um ponto central na comunicação das rotas norte-sul e leste-oeste para o Iraque e o Irã respectivamente. Com o desenvolvimento das ferrovias, a cidade ganhou renovada importância econômica como uma junção de importantes linhas férreas ligando as cidades de Kayseri, Samsun e Erzurum.

História[editar | editar código-fonte]

Antiga e medieval[editar | editar código-fonte]

Madraçal de Gök, em Sivas

Escavações num monte conhecido como Topraktepe, próximo de Sivas, indicam a existência de um assentamento hitita na região. É possível que corresponda à antiga cidade hitita de Samuha (uma cidade santa do Império Hitita), embora pouco se conheça da história de Sivas antes da emergência do Império Romano. Em 64 a.C., como parte de sua reorganização da Ásia Menor após a terceira guerra mitridática, Pompeu, o Grande, fundou uma cidade no local e batizou-a de Megalópolis — "Grande Cidade"[5] . Evidências numismáticas sugerem que Megalópolis mudou seu nome nos últimos anos do século I a.C. para "Sebasteia", em honra ao imperador Augusto pois, em grego Σεβάστεια — Sebásteia, deriva de σεβαστόςsebastós (venerável), o equivalente grego do latim augustus — venerável, majestoso. Também é possível que seja uma recordação da antiga cidade santa hitita de Samuha, onde havia um importante santuário. O nome "Sivas" é a versão turca deste nome.

Sebasteia, que se tornou a capital da província romana da Armênia Menor sob o imperador Diocleciano, era uma cidade com alguma importância na história inicial do Cristianismo. No século IV, foi ali que morou Brás de Sebaste e Pedro de Sebaste, bispos da cidade, e de Eustátio de Sebaste, um dos primeiros fundadores do monasticismo na Ásia Menor. Foi também o local do martírio dos Quarenta mártires de Sebaste, também no século IV. Diversos patriarcas grego-ortodoxos e armênios nasceram em Sebaste, entre eles Ático de Constantinopla, o Patriarca de Constantinopla no século V, e Miguel, o Patriarca Echmiadzin do século XVI. Ali também nasceu, em 1676, Mekhitar, o fundador da Ordem mekhitarista da Igreja Católica Armênia.

O rei armênio de Vaspuracan, Seneqerim-João, trocou suas terras com o imperador bizantino Basílio II Bulgaróctone em 1021 e emigrou para Sivas com 14 000 de seus nobres e súditos, se tornando um vassalo dos Bizantinos[6] , até que a cidade foi conquistada pelos turcomenos da dinastia Danismendida (1155–1192) após a batalha de Manziquerta, em 1071.

Em 1174, a cidade foi capturada pelo sultão seljúcida de Rum Kilij Arslan II e serviu periodicamente como a capital do império seljúcida, juntamente com Konya. Sob seu governo, Sivas foi um importante centro comercial e tinha uma cidadela, além de mesquitas e madraçais, quatro das quais ainda existem hoje em dia, uma delas como sede do museu da cidade.

Finalmente, a cidade caiu para o sultão otomano Bayezid I (r. 1389–1402) em 1398. Em 1400 foi tomada pelos exércitos de Tamerlão (r. 1366–1405) em 1400, que destruíram a cidade. Foi recapturada pelos Otomanos em 1408[7] .

Sob os otomanos, a cidade serviu como o centro administrativo da província de Rum até o final do século XIX.

Referências

  1. Sivas İlı (em turco). yerelnet.org.tr. YerelNET. Página visitada em 19 de maio de 2013.
  2. Sivas Beledıyesı (em turco). www.yerelnet.org.tr. YerelNET. Página visitada em 19 de maio de 2013.
  3. Districts of Turkey (em inglês). www.statoids.com. Administrative Divisions of Countries ("Statoids") (2 de fevereiro de 2008). Arquivado do original em 26 de maio de 2010. Página visitada em 19 de maio de 2013.
  4. a b Base de dados do sistema de registo de população baseada em moradas (ABPRS) (em turco). www.tuik.gov.tr. Instituto de Estatística da Turquia (TURKSTAT). Página visitada em 19 de maio de 2013.
  5. Jones, Arnold Hugh Martin. The Cities of the Eastern Roman Provinces, 2nd ed. (em inglês). [S.l.]: Oxford University Press, 1971. p. 159.
  6. Hewsen, Robert H.. Armenia. A Historical Atlas (em inglês). Chicago e Londres: The University of Chicago Press, 2001. p. 116.
  7. Hewsen 2001, p. 190

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sivas
  • Sivas (em turco). kurumsal.kulturturizm.gov.tr. Portal institucional do Ministério da Cultura e Turismo. Página visitada em 19 de maio de 2013.
  • www.sivasonline.net (em turco). Informações e numerosas fotos
  • www.sivaslilarvakfi.com (em turco). Sivaslilar Vakfi - Tudo sobre Sivas
  • www.sivaskulturu.com (em turco). Sivas Kulturu - Informações culturais
  • Dick Osseman. Sivas Turkey. www.pbase.com.


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.