Kütahya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Turquia Kütahya
Kotyaion, Cotiaeum
 
—  Distrito (ilçe)  —
Torre do relógio de Kütahya
Torre do relógio de Kütahya
Mapa dos distritos da província de Kütahya
Mapa dos distritos da província de Kütahya
Kütahya está localizado em: Turquia
Kütahya
Localização de Kütahya na Turquia
39° 25' N 29° 59' E
Região Mar Negro
Província Kütahya
Administração
 - Governador (kaymakam) Kenan Çıftçı[1]
 - Prefeito (belediye başkanı) Mustafa İça (2009, AKP)[2]
Área [3]
 - Distrito (ilçe) 2 484 km²
População (2012)[4]
 - Distrito (ilçe) 248 054
    • Densidade 99,86/km2 
 - Urbana 224 898
Código postal 43000
Prefixo telefónico 274
Sítio Governo distrital: www.kutahya.gov.tr
Prefeitura: www.kutahya.bel.tr

Kütahya é uma cidade e distrito (em turco: ilçeler) do centro-oeste da Turquia. É capital da província homónima e faz parte da região de Egeu. O distrito tem 2 484 km² de área e em 2012 a sua população era de 248 054 habitantes (densidade: 99,9 hab./km²), dos quais 224 898 moravam na cidade.[4]

Antigamente chamada Cotieu (Kotyaion ou Cotyaion em grego; Cotiaeum em latim),[5] a cidade situa-se numa regão com extensas planícies pouco inclinadas com terras agrícolas e altas montanhas a norte e a ocidente.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade, chamada da deusa Cótis (Cotieu) foi supostamente fundada no terceiro milénio a.C. e foi uma paragem importante na estrada que ligava a região de Mármara à Mesopotâmia. No século XII a.C. foi incorporada no Reino da Frígia, tornando-se uma das cidades mais importantes desse estado. Cerca de 700 a.C. a Frígia colapsa, mas Cotieu mantém a sua posição de cidade poderosa. Séculos mais tarde seria integrada na província romana da Frígia Salutar.

A partir do século II d.C. foi o centro duma heresia. Sócrates de Constantinopla (n. 380) fala do seu bispo (antipapa) Novaciano (ca. 200–258). Tendo começado por ser simplesmente uma diocese sufragânea de Sínada, tornou-se uma arquidiocese autocéfala, provavelmente no século VIII e no século X surge como uma metrópole com três sés sufragâneas, que depois foram aumentadas para treze. O historiador e teólogo francês do século XVII-XVIII Michel Le Quien menciona dez bispos, o último no século XIV. O primeiro é Ciro, enviado pelo imperador Teodósio II depois dos habitantes terem chacinado quatro bispos.[5]

Em 1071 Kütahya é conquistada pelo Seljúcidas. Seguem-se os Cruzados em 1095. Os Seljúcidas reconquistam a cidade em 1182. Em 1302 torna-se a capital do beilhique (principado turco) de Germiyan. Tamerlão conquista-a e saqueia-a e em 1402. Em 1428 é integrada no Império Otomano.[5]

Em 1514 o sultão Selim I, instala artesãos de cerâmica de Tabriz em Kütahya e İznik depois de derrotar os Persas. Com isso, Kütahya emerge como um centro da indústria cerâmica otomana, produzindo faianças para mesquitas, igrejas e edifícios oficiais em todo o Médio Oriente. No século XIX, com o rápido crescimento de Eskişehir, a 70 km de distância, Kütahya perdeu muita da sua importância regional e económica.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Kütahya é do tipo continental (Dsa segundo a classificação de Köppen-Geiger), com invernos frios e com neve e verões quentes e secos. A chuva ocorre principalmente durante a primavera e outono.

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Kütahya Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registada (°C) 17,2 20,6 27,0 30,2 32,5 36,2 39,9 39,2 36,1 31,0 25,4 21,7 39,9
Temperatura máxima média (°C) 4,6 6,5 11,1 16,2 21,3 25,4 28,5 28,8 24,8 19,0 12,4 6,2 17,1
Temperatura mínima média (°C) -3,0 -2,4 0,2 4,2 7,9 11,2 13,6 13,5 9,4 5,9 1,7 -0,9 5,1
Temperatura mínima registada (°C) -20,0 -21,5 -15,7 -7,8 -2,8 3,1 4,0 4,6 0,4 -5,6 -11,0 -17,6 -21,5
Precipitação (mm) 66,4 54,0 51,3 56,1 49,5 29,6 19,6 18,0 23,4 41,5 57,2 78,1 544,7
Dias com chuva 14,3 12,8 12,9 13,0 11,8 7,1 4,4 3,9 4,8 8,8 10,7 14,2 118,7
Horas de sol 62,0 86,8 142,6 174,0 229,4 279,0 310,0 291,4 225,0 151,9 102,0 58,9 2 113
Fonte: Meteoroloji Genel Müdürlüğü (Direção Geral de Meteorologia)[6]

Economia[editar | editar código-fonte]

Loja de loiça de Kütahya

As indústrias de Kütahya têm longas tradições. A cidade é famosa pela sua cerâmica, nomeadamente azulejos e olaria, a qual é vidrada and multicolorida.[7] Entre as indústrias modernas destacam-se a refinação de açúcar, curtumes, processamento de nitrato e diferentes produtos de sepiolite, um mineral brando que é extraído nas vizinhanças. A argicultura local produz cereais, fruta e beterraba-sacarina. A criação de gado ocupa também um lugar de grande importânica, Não longe de Kütahya há minas importantes de linhite.

Cultura e ensino[editar | editar código-fonte]

Nos bairros antigos de Kütahya predominam as casas tradicionais otomanas construídas com madeira e estuque. Alguns dos melhores exemplos encontram-se na Avenida Germiyan (Germiyan Caddesi). A cidade tem várias mesquitas históricas, como a Ulu Camii, Cinili Camii, Balikli Camii and Donenler Camii. O Şengül Hamamı é um banho turco famoso.

Há algumas ruínas antigas, um castelo bizantino e uma igreja. Durante os últimos séculos, a cidade é conhecida pela sua cerâmica, cujos melhores exemplares se encontram em Istambul.[5] O Museu de Kütahya tem uma coleção importante de peças de arte e artefatos culturais da região. A casa onde o estadista húngaro Lajos Kossuth viveu exilado entre 1850 e 1851 é atualmente um museu.[8]

A Universidade Kütahya Dumlupınar foi fundada em 1992 e tem dois campi nos arredores da cidade.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Kütahya Valisi (em turco) www.kutahya.gov.tr. Sítio oficial do governador de Kütahya. Página visitada em 2 de maio de 2013.
  2. Kütahya Belediyesi (em turco) www.yerelnet.org.tr. YerelNET. Página visitada em 2 de maio de 2013.
  3. Districts of Turkey (em inglês) www.statoids.com. Administrative Divisions of Countries ("Statoids") (2 de fevereiro de 2008). Página visitada em 26 de maio de 2010. Cópia arquivada em 26 de maio de 2010.
  4. a b Base de dados do sistema de registo de população baseada em moradas (ABPRS) (em turco) www.tuik.gov.tr. Instituto de Estatística da Turquia (TURKSTAT). Página visitada em 2 de maio de 2013.
  5. a b c d Knight, Kevin. Cotiæum (em inglês) www.newadvent.org. Robert Appleton Company, New Advent Catholic Encyclopedia. Página visitada em 3 de maio de 2013.
  6. Resmi İstatistikler (İl ve İlçelerimize Ait İstatistiki Veriler) (em turco) www.dmi.gov.tr. Meteoroloji Genel Müdürlüğü (Direção Geral de Meteorologia). Página visitada em 3 de maio de 2013.
  7. Glassie, Henry (1993) (em inglês), Turkish Traditional Art Today, Indiana University Press, p. 435 
  8. Kossuth Museum(Kütahya) (em inglês) www.rodosto.hu. Hungarian relics in Turkey. Página visitada em 3 de maio de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kütahya