As Tartarugas Ninja (desenho de 1987)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teenage Mutant Ninja Turtles
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Gênero Animação
Duração 22-23 min
Estado Fora do ar
Criador(es) Kevin Eastman
Peter Laird
Desenvolvedor(es) Murakami-Wolf-Swenson
Playmates Toys
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Director(es) Jack Mendelsohn
Diretor(es) de criação Lloyd Goldfine
Produtor(es) Murakami-Wolf-Swenson
Murakami-Wolf Dublin
Fred Wolf Films
Distribuída por Group W Productions
CBS Television Distribution
ADV Films
Saban Entertainment
Roteirista(s) David Wise
Patti Howeth
Tema de abertura "Teenage Mutant Ninja Turtles"
Tema de
encerramento
"Teenage Mutant Ninja Turtles"
(instrumental)
Compositor da música tema Chuck Lorre
Dennis Challen Brown
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos CBS
Brasil Globo
Portugal RTP2, Canal Panda
Formato de exibição 480i (SDT)
1080i (HDTV)
Transmissão original 2 de Novembro de 1996
N.º de temporadas 10
N.º de episódios 194
Cronologia
Último
Último
TMNT
Próximo
Próximo

Teenage Mutant Ninja Turtles (conhecido no Brasil e em Portugal como As Tartarugas Ninja) é uma animação produzida por Murakami-Wolf-Swenson. Tendo estreado em 14 de Dezembro de 1987, primeiro como uma minissérie em cinco partes. A série apresentava os personagens criador por Kevin Eastman e Peter Laird para um quadrinho homônimo, mas alterando o foco agressivo para algo mais cômico e voltado para a família.

A motivação inicial das Tartarugas Ninja foi justamente a criação de uma linha de brinquedos, pois a Playmates Toys estava preocupada com o número de leitores jovens que seguiam os quadrinhos. Eles então primeiro aguardaram o lançamento do seriado na televisão,para só então a empresa californiana anunciar o lançamento dos brinquedos para o verão de 1988.[1] E esta série viria a fazer sucesso por muitos anos além.

David Wise e Patti Howeth escreveram o roteiro para a primeira minissérie em cinco episódios with com a supervisão de Eastman e Laird. Quando a série ganhou sua continuação na segunda temporada, o quadrinista Jack Mendelsohn entrou para a equipe como editor-executivo de roteiro.

O desenho foi ao ar no Saturday morning de 1º de Outubro de 1988 a 23 de Setembro de 1989. Depois de alcançar o sucesso, o desenho passou a ser exibido cinco dias por semana de 25 de Setembro de 1989 até 17 de Setembro de 1993. Em 8 de Setembro de 1990, a série passou a ser exibida no Saturday morning da CBS, començando com um bloco de 60 minutos em 1990, passando para um de 30 em 1994 até deixar de ser exibida em 2 de Novembro de 1996.

O programa ajudou a lançar os personagens a grande popularidade e o tornou uma das séries de animação mais bem sucedidas da história. Cereais matinais, brinquedos e todo o tipo de produto com a aparência de seus personagens foram lançados entre o final dos anos 1980 e começo dos anos 1990. Uma aclamada quadrinização da Archie Comics baseada neste desenho e impressa em preto e branco também foi publicada durante esse tempo. Alé, é claro, de seus bonecos - que estavam entre os mais vendidos em todo o mundo. No anos 1990 o programa foi exibido em mais de 125 emissoras de televisão e os gibis vendiam cerca de 125.000 cópias por mês.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história original apresentada para TV em 1987 era bastante diferente daquele publicadas nas revistas da Mirage Studios, pois havia sido mais edequadar para toda a familia. Nessa versão, Splinter é apresentando como um ser humano, um honorável mestre de ninjutsu chamado Hamato Yoshi. Yoshi foi expulso do Clã do Pé (no Japão) depois de ser logrado pelo cruel Oroku Saki, que prendeu o kimono de Hamato Yoshina parede com uma tanto, o impedindo de derrotar o seu sensei, algo tido claramente como um insulto. Quando Yoshi removeu a adaga, o mais uma vez o insultou, acreditando que Yoshi estava erguendo a adaga contra ele. Exilado do clã ninja, Hamato Yoshi rumou para Nova Iorque, onde foi obrigado a viver nos esgotos.

Enquanto vivia no esgoto tendo os ratos como únicos amigos, Yoshi encontrou quatro tartarugas, recentemente compradas em uma pet shop por um rapaz de nome desconhecido que acidentalmente deixou-as cair por um bueiro. Um dia, quando Yoshi retornava de sua exploração pelos subterrâneos de Nova Iorque, ele encontrou as tartarugas recobertas por um estranho líquidos brilhante. A substância causou às tartarugas - e consequentemente a Yoshi - uma série de mutações que lhes deu uma forma humanóide, enquanto transformaram Yoshi numa espécie de homem-rato, que viria a se auto-intitular "Splinter". A diferença entre essa versão e a versão dos gibis publicados pela Archie é que na versão original Splinter era um rato, ao invés de um ser humano.

Yoshi adotou as quatro tartarugas como seus filhos e as treinou na secular arte do ninjitsu. Os nomes que foram escolhidos para eles foram homônimos aos artistas renascentistas favoritos do velho ninja: Leonardo, Donatello, Raphael e Michaelangelo. Na maioria das versões, as tartarugas costumam ser chamadas pelos apelidos Leo, Donny, Raph and Mikey, mas neste desenho elas eram sempre chamadas pelos nomes completos. Cada tartaruga vestia máscaras de cores diferentes e treinavam um tipo de luta com armas distintas.

Enquanto isso, Oroku Saki deixou o Japão seguindo o rastro de Yoshi até Nova Iorque, onde ele pretendia destruí-lo de uma vez por todas. Dessa forma o vilão se associou a Krang, uma espécie de cérebro alienígena sem corpo que havia sido banido de sua terra, a Dimensão X, onde ele era um poderoso general. Saki criou uma nova identidade, usando uma armadura com afiadas lâminas, uma longa capa e uma máscara metálica cobrindo sua boca. Assim ele assumia a temida identidade de "Destruidor".

Fica óbvio na primeira temporada que o líquido que deu aos nossos heróis suas formas mutantes foi na verdade despejado no esgoto pelo próprio Destruidor, num esforço inútil de destruir Yoshi, que acreditava que aquilo seria um veneno mortal. Logo, as tartarugas desejam se vingar do Destruidor, que desonrou seu mestre o transformando em um rato humanóide. No começo, tudo que eles querem é forçar o vilão a devolver a forma humana de Splinter, mas isso logo evoluiu para uma luta com a finalidade de parar a onda de crimes iniciada pelo malévolo Saki. Dessa forma os quatro jovens ninjas mutantes se tornam vigilantes mascarados fora-da-lei, assim como seu amigo Casey Jones, que apareceria apenas na terceira temporada. Embora no começo da série as tartarugas se mostrem muito preocupadas em manter sua identidade em segredo, essa preocupação vai passando no decorrer das temporadas.

Destruidor, Krang, Bebop e Rocksteady (dois marginais transformados em animais mutantes graças à fórmula do Destruidor) e um pequeno exército de robôs tentam destruir as tartarugas e dominar o mundo. Muitos de seus planos de conquista global dependem de libertar o Tecnodromo (a fortaleza móvel de Krang) que ficara preso no centro da Terra, na Dimensão X, no Ártico ou no Oceano Ártico.

Nas duas últimas temporadas do programa, as Tartarugas finalmente conseguiu prender Krang e o Destruidor na Dimensão X. Eles destruíram os motores e o "portal transdimensional" do Tecnodromo impedindo que eles retornassem para a Terra. O desenho, que havia se estendido muito mais do que a maioria das animações das manhã de sábado, sofreu então uma dramática mudança. O ritmo então tornou-se sombrio e bem mais próximo das histórias originais do gibi, a cor do céu que outrora era azul começa a ganhar tons de vermelho escuro e o tema de abertura também foi alterado.

Um novo vilão, Lord Dregg, um terrível guerreiro alienígena, surge como seu novo principal antagonista. Dregg inicia uma campanha publicitária contra as Tartarugas, virando a opinião pública contra eles. No último episódio da série, os heróis conseguem prender Dregg na Dimensão X.

Impacto[editar | editar código-fonte]

Apesar de divergir muito da concepção da história original das Tartarugas Ninja e jamais ter sido considerada canônica com o universo original da Mirage comics, esta série animada de 1987 é provavelmente a mais notável animação de um gibi, alcançando o status de fenômeno da cultura pop. Está série foi produzida por nove anos e continuou sendo popular muito tempo depois do término de sua produção. Foi responsável também por introduzir muitos bordões no vocabulário americano, como "Cowabunga" e "Força de Tartaruga!". Esta animação foi a mais proeminente e bem-sucedida utilização da franquia das Tartarugas e é considerada por muitos fãs a sua versão definitiva.

A série foi adaptada também para o cinema nas seguintes produções:

Em 2009, o IGN classificou as Tartarugas Ninja como uma das 55 maiores animações de todos os tempos em seu Top 100.[2]

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Esse desenho também ficou famoso pela sua aclamada trilha sonora. Através da série, os episódios eram embalados por músicas de fundo que refletiam o tom da situação (por exemplo, perigo, ação, exploração, confusão, mistério, etc), assim como muito cenários também apresentavam identidade musical própria, como o Tecnódromo, os esgotos, o Canal 6, entre outros. Isso contribuiu para a dinâmica única do programa. A trilha sonora foi composta por Dennis Challen Brown (primeiro creditado como "D.C. Brown" e depois como "Dennis C. Brown") e Chuck Lorre. Lorre escreveu o famoso tema de abertura e depois se tornou um bem-sucedido produtor de televisão.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Estes são os personagens principais da série e aparecem ao longo das oito temporadas. Depois da última temporada, apenas April, as Tartarugas e Splinter foram mantidos como personagens principais, visto que o Destruidor e Krang voltariam por vários episódios da décima temporada.

  • Leonardo: a tartaruga de máscara azul, portava duas katanas. Ele era o mais concentrado e responsável, sendo o líder da equipe e o discípulo mais próximo de Splinter;
  • Donatello: a tartaruga de máscara roxa, ostentava um bastão bo. Ele era o mais inteligente da equipe, com dotes científicos e o responsável pela maioria das invenções;
  • Raphael: a tartaruga de máscara vermelha, armado com duas adagas sai. Ele era o mais rebelde e agressivo da equipe, geralmente sarcástico e agindo por conta própria;
  • Michelangelo: a tartaruga de máscara laranja, utilizando dois nunchakus e mais tarde uma kusari-fundo. Ele é o mais engraçado e extrovertido das tartarugas, fanático por pizzas e cheio de bordões;
  • Splinter: um mestre rigoroso e exigente, ele é o rato mutante que treinou as tartarugas no ninjitsu;
  • April O'Neil: a repórter ruiva do Canal 6 que descobre o lar das Tartarugas no esgoto e se torna sua amiga;
  • Sapos Guerreiros: eram quatro sapos normais da Flórida até serem expostos pelo Mutagênico enviado por Krang. O Destruidor os encontrou e os treinou para eliminarem as Tartarugas, mas perceberam que estavam do lado errado e viraram amigos das Tartarugas. Como eles, cada um tem sua própria arma e nome de figuras históricas: Átila (maça), Genghis (machado), Rasputin (arco e flechas especiais) e Napoleão (chicote).
  • Usagi Miyamoto: coelho samurai vindo de outra dimensão habitada por animais humanóides e caracterizada como a época do Japão Feudal. Possuí um forte senso de honra e coragem. Ficou amigos das Tartarugas, embora um pouco depois ele tenha sido enganado pelo Destruidor para combater as Tartarugas (obviamente descobrindo a verdade depois).
  • Destruídor: o arqui-inimigo das Tartarugas, é geralmente o principal antagonista em outras mídias, mas neste seriado ele sempre acata as ordens de Krang, mesmo contra sua vontade;
  • Krang: um cérebro sem corpo da Dimensão X, que comandava o Tecnódromo. Ele ajuda a executar a maioria dos planos do Destruidor.
  • Bebop e Rocksteady: os desajeitados capangas do Destruídor, que proporcionavam um escape cômico ao programa. Eram respectivamente um javali africano e um rinoceronte.
  • Lord Dregg: O vilão principal da oitava temporada em diante, um alienígena que planejava dominar o mundo.

Veículos e equipamentos[editar | editar código-fonte]

Como muitos heróis de desenhos animados, as Tartarugas tinham toda a sorte de equipamentos e veículos personalizado.

Veículos[editar | editar código-fonte]

  • Furgão das Tartarugas: Um furgão que originalmente pertenceu a Baxter Stockman antes de sua prisão. Donatello o equipou com diversos aparelhos encontrados no laboratório de Stockman, incluindo diversos sensores de monitoração e sistemas de míssil. O Furgão das Tartarugas, apesar de verde e amarelo com desenhos muito chamativos, é o principal meio de transporte das Tartarugas. April usou o furgão na terceira edição do título da Mirage. O Battle Shell do desenho de 2003 é muito parecido com o Furgão das Tartarugas. Ele foi aparentemante baseado no chassi de um furgão Dodge , devido ao seu párabrisas dividido e ao motor, que fica sob os bancos da frente;
  • Balão-Tartaruga: Um dirigível criado por Donatello no final da primeira temporada para servir como meio de transporte das Tartarugas. O balão leva o logo visivelmente gravado em sua lateral. O planador pode se desprender do balão para permitir maior mobilidade às Tartarugas onde um grande dirigível não poderia passar. Este veículo foi destruído na temporada do céu vermelho;
  • Skates Comuns: Donatello incrementou quatro skates na segunda temporada com hélices na parte traseira;
  • Turtle Bike: Uma motocicleta comum com um sidecar, geralmente pilotada Leonardo, tendo surgido na terceira temporada;
  • Tubos de Esgoto;
  • Sewerski: são jetskis usado para percorrer os esgotos.

Equipamentos[editar | editar código-fonte]

  • Comunicadores-Tartaruga: Os Comunicadores-Tartaruga (também chamados de Turtle Comms) eram pequenos, possuiam o desegn de cascos de tartaruga e foram criados por Donatello. As Tartarugas, Splinter e April possuiam comunicadores individuais com os quais podiam se comunicar uns com os outros . O mais discreto era o utilizado por April, que parecia um estojo de maquiagem. Zach, a fã das Tartarugas, conseguiu um dos comunicadores no episódio "The Fifth Turtle";
  • Retro catapult: Uma catapulta introduzida na Terceira Temporada;
  • Gerador portatil de portais: Também introduzido na Terceira Temporada;
  • O Atirador de Desentupidor;
  • O Lançador de Pizza;

Censura[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido, as Tartarugas Ninja foram lançadas com o nome Teenage Mutant Hero Turtles (TMHT). Isso ocorreu por causa das controversias com o tema "ninja" e suas armas relacionadas (como o nunchaku, por exemplo). A sequencia de introdução foi duramente editada graças a isso, trocando a palavra ninja por herói ou lutador, usando um logotipo digitalizado por cima do original, e removendo algumas cenas nas quais Michaelangelo maneja seus nunchakus, substituindo por outras imagens do programa.

A versão "TMHT" foi ao ar em outros países da Europa, incluindo Bélgica, Alemanha, Áustria, Polônia, Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia. Na Dinamarca a versão da censura inglesa foi ao ar na emissora nacional TV2, sendo que a primeira temporada foi ao ar como um grande episódio-piloto intitulado "How It All Began", ou "Como Tudo Começou"., incluindo os cinco primeiros episódios (que foram duramente editados).

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Estados Unidos Dubladores Original Brasil Dubladores Brasileiro (Original) Brasil Dubladores Brasileiro (Re-dublagem) Portugal Dobradores Portuguesa
Leonardo Cam Clarke Manolo Rey Mauro Eduardo
Michelangelo Townsend Coleman Marcelo Meirelles (1ª voz)
Mário Jorge Andrade (2ª voz)
Yuri Chesman António Feio
Donatello Barry Gordon (1ª voz)
Greg Berg (2ª voz)
Márcio Simões Márcio Araújo Rui de Sá
Raphael Rob Paulsen (Temporadas 1-9)
Thom Pinto
(Alguns episódios de Temporada 3)
Hal Rayle (Ladotemporada de férias europeu)
Michael Gough (Temporada 10)
Marco Ribeiro (1ª voz)
Eduardo Ribeiro (2ª voz)
Wendel Bezerra Jorge Sequerra
Splinter Peter Renaday
Townsend Coleman
(Alguns episódios de Temporada 5)
Dario Lourenço (1ª voz)
Orlando Drummond (2ª voz)
Renato Márcio
April O'Neil Renae Jacobs Dolores Machado Márcia Regina
Krang Pat Fraley
Townsend Coleman (Alguns episódios de Temporada 3)
Mário Jorge Andrade Vagner Fagundes
Destruidor James Avery (Temporadas 1-7)
Dorian Harewood
(Alguns episódios de Temporada 3)
Jim Cummings
(Alguns episódios de Temporada 5 ea temporada de férias lado europeu)
Townsend Coleman (Resto da Temporada 7)
William E. Martin (Temporadas 8-10)
Júlio César (1ª voz)
Luiz Feier Motta (2ª voz)
Wellington Lima
Rocksteady Cam Clarke Márcio Simões
Bebop Barry Gordon
Greg Berg
(Alguns episódios da 3 Temporada 3)
Garcia Júnior
Baxter Stockman Pat Fraley Paulo Pinheiro
Rei Rato Townsend Coleman Alexandre Lippiani
Cabeça de Couro Jim Cummings
Peter Renaday (1 episódio)
André Filho
Casey Jones Pat Fraley Mário Jorge Andrade (1ª voz)
Jomery Pozzoli (2ª voz)
Irma Jennifer Darling Guilene Conte Gilmara Sanches
Vernon Fenwick Peter Renaday Hélio Ribeiro (1ª voz)
Júlio Chaves (2ª voz)
Direção de Dublagem/Dobragem N/A Mário Jorge Andrade Gilmara Sanches
Estúdio N/A Herbert Richers/VTI Centauro

As reprises da Rede Record em 2009 usam uma nova dublagem, com o elenco da série nova.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre As Tartarugas Ninja (desenho de 1987)