Thiago Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thiago Ribeiro
Thiago Ribeiro
Informações pessoais
Nome completo Thiago Ribeiro Cardoso
Data de nasc. 24 de fevereiro de 1986 (28 anos)
Local de nasc. Pontes Gestal (SP), Brasil
Altura 1,83 m
Destro
Apelido Jimmy Neutron da Vila, Thiago Ribéry
Informações profissionais
Clube atual Brasil Santos
Número 11
Posição Atacante
Clubes de juventude
2001–2003 Brasil Rio Branco
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2004–2005
2004–2005
2005–2007
2007–2012
2007–2008
2008–2011
2011–2012
2012–2013
2013–
Brasil Rio Branco
França Bordeaux (emp.)
Brasil São Paulo
Uruguai Rentistas
Catar Al-Rayyan (emp.)
Brasil Cruzeiro (emp.)
Itália Cagliari (emp.)
Itália Cagliari
Brasil Santos
0005 0000(2)
0007 0000(0)
0068 000(23)
0000 0000(0)
0076 000(19)
0144 000(48)
0035 0000(5)
0031 0000(5)
0051 000(14)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 18 de maio de 2014.

Thiago Ribeiro Cardoso, mais conhecido como Thiago Ribeiro (Pontes Gestal, 24 de fevereiro de 1986) é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Santos.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Rio Branco de Americana em 2004, logo em suas primeiras partidas se destacou. Olheiros gostaram do garoto e ele foi levado pelo Bordeaux, da França por empréstimo. Não aproveitado no clube francês, foi negociado com o São Paulo, logo após a conquista da Copa Libertadores da América 2005. Thiago não desperdiçou as oportunidades que teve nesta temporada e chegou a marcar três gols em um só jogo, diante do Figueirense, pelo Brasileirão. Ainda em 2005, esteve no elenco do São Paulo que faturou o Mundial de Clubes.

Em 2006, chegou a ser titular durante o primeiro semestre do ano, sendo artilheiro do time no Campeonato Paulista, com 12 gols, porém, uma lesão antes do início da Copa do Mundo 2006, fez com que Thiago não repetisse mais as atuações nem os gols que lhe consagraram durante o primeiro semestre, fazendo com que o jogador virasse reserva novamente. Nesse mesmo ano, se sagrou campeão brasileiro.

Em 2007, após algumas partidas pelo São Paulo, se transferiu para o Al-Rayyan, do Qatar, por empréstimo do Rentistas do Uruguai ainda no início do ano. No total Thiago marcou 19 gols em 76 partidas.[1]

No segundo semestre do ano de 2008, voltou ao Brasil para jogar no Cruzeiro, onde estreou com gol nesse mesmo ano contra o Figueirense na vitória do time mineiro por 4 a 3 em Santa Catarina. Mas depois não conseguiu fazer muitos gols e foi muito criticado pela torcida cruzeirense. Em 2009, Thiago Ribeiro se fixou como titular no ataque do time mineiro, tomando o lugar que era de Wellington Paulista ao lado de Kléber. Apesar de não ter marcado muitos gols, foi fundamental na campanha do vice-campeonato da Libertadores e na reação na reta final do Campeonato Brasileiro, o que garantiu ao Cruzeiro nova participação no maior torneio do continente.

Em 2010, recebeu o prêmio de artilheiro da Copa Libertadores da América, com oito gols marcados.[2] No confronto contra o Nacional pelas oitavas, Thiago chegou a marcar 4 gols. Também foi muito importante no vice-campeonato brasileiro daquele ano.

Em 2011 chegou a perder a vaga de titular para Wallyson, mas se recuperou e brilhou ao lado do mesmo Wallyson no primeiro semestre arrasador do Cruzeiro, com o título mineiro e a melhor campanha na fase de grupos na Libertadores.[2] [3]

Cagliari[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2011, o jogador foi negociado pelo clube mineiro para ir jogar no Cagliari, da Itália.[4] [5] Sua estreia pela equipe italiana foi no dia 11 de setembro, em jogo contra a Roma, válido pelo Campeonato Italiano. O Cagliari venceu por 2 a 1. [6] O primeiro gol vestindo a camisa do clube aconteceu na vitória por 2 a 1 sobre o Novara, em partida válida pela terceira rodada do campeonato.[7] Em 2 de julho de 2012, o Cagliari comprou Thiago por 4 milhões de euros para tê-lo em definitivo.[8]

Santos[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de julho de 2013, acertou com o Santos por 5 anos.[9] Após um início irregular no Peixe, Thiago disse que o segundo semestre de 2013, o de sua chegada ao clube, serviu como readaptação ao futebol brasileiro. Segundo o atacante, em 2014, "tenho tudo para melhorar ainda mais e aumentar o número de gols".[10]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 18 de maio de 2014.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil São Paulo
2005 11 4 - - 1 0 - - 38 8
2006 29 3 - - 0 0 - - 30 2
Total 40 7 - - 1 0 - - 41 10
Brasil Cruzeiro 2008 13 3 - - - - 13 3
2009 30 8 - - 9 1 6 0 45 9
2010 35 8 12 8 10 5 57 21
2011 7 1 6 4 12 8 25 13
Total 85 20 - - 27 13 28 12 142 45
Itália Cagliari
2011/12 35 5 3 3 - - - - 38 8
2012/13 29 2 1 0 - - 30 2
Total 64 7 4 3 - - - - 68 10
Brasil Santos
2013 24 7 2 0 - - 26 7
2014 5 0 2 0 18 6 25 6
Total 29 7 4 0 18 6 51 13
Total na Carreira 218 41 8 3 28 13 44 18 300 157

¹Em competições continentais, incluindo jogos e gols da Copa Libertadores e Copa Sul-Americana.
²Em outros, incluindo jogos e gols pelo Campeonato Estadual e Amistosos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

São Paulo
Cruzeiro

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Pacheco, Juca (6 de fevereiro de 2007). Thiago se despede para jogar no Catar. saopaulofc.net. Página visitada em 15 de junho de 2012.
  2. a b Thiago Ribeiro recebe troféu de artilheiro da Libertadores. Terra (19 de agosto de 2010). Página visitada em 15 de junho de 2012.
  3. Miguel, Fernando Martins Y. (20 de agosto de 2010). Thiago Ribeiro recebe troféu de artilheiro da Libertadores da América. GloboEsporte.com. Página visitada em 15 de junho de 2012.
  4. Cruzeiro negocia Thiago Ribeiro com o Cagliari e anuncia chegada de Bobô. ESPN.com.br (17 de agosto de 2011). Página visitada em 15 de junho de 2012.
  5. Cruzeiro negocia Thiago Ribeiro e acerta com Bobô. LANCENET! (17 de agosto de 2011). Página visitada em 15 de junho de 2012.
  6. Na estreia de Thiago Ribeiro no Italiano, Cagliari vence Roma. Folha.com (11 de setembro de 2011). Página visitada em 15 de junho de 2012.
  7. Thiago Ribeiro marca, e Cagliari mantém 100% de aproveitamento. GloboEsporte.com (17 de setembro de 2011).
  8. Cagliari compra Thiago Ribeiro, mas atacante quer voltar a jogar no Brasil.
  9. Cagliari aceita proposta, e Thiago Ribeiro acerta com o Santos até 2018. LANCE! (19 de julho de 2013).
  10. Thiago Ribeiro se diz readaptado e projeta desempenho melhor em 2014

Ligações externas[editar | editar código-fonte]