Danilo Gabriel de Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Danilo
Danilo
Informações pessoais
Nome completo Danilo Gabriel de Andrade
Data de nasc. 11 de junho de 1979 (35 anos)
Local de nasc. São Gotardo (MG) [1] ,  Brasil
Altura 1,86 m
Canhoto
Apelido Zidanilo
Informações profissionais
Clube atual Brasil Corinthians
Número 20
Posição Meia
Site oficial www.danilo10.com.br
Clubes de juventude
1998 Brasil Goiás
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19992003
20042006
20072009
2010
Total
Brasil Goiás
Brasil São Paulo
Japão Kashima Antlers
Brasil Corinthians
0 154 000(35)
0 173 000(34)
0 122 000(17)
0 255 000(25)
0 704 00(111)[2]


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 24 de novembro de 2014.

Danilo Gabriel de Andrade,[3] mais conhecido como Danilo, (São Gotardo, 11 de junho de 1979[4] ), é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente, joga pelo Corinthians.

Canhoto e jogador de muita qualidade, teve sua boa técnica como uma das armas mais valiosas para a conquista de muitos títulos que possui em sua carreira. Dono de um futebol certas vezes um pouco sonolento, joga com classe e elegância, o que lhe rendeu o apelido de Zidanilo, em referência ao ex-futebolista francês Zinédine Zidane, um dos maiores jogadores de todos os tempos.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ibiá[editar | editar código-fonte]

Danilo foi criado em Ibiá e começou em uma das escolinhas da cidade. Seu treinador carinhosamente apelidado de Pelézinho deu a base para que Danilo se tornasse um jogador vitorioso.Danilo começou na base do Uberlândia Esporte Clube, jogou no time de Juniores, mas durante um torneio um "olheiro" do Goiás se interessou e o levou onde se tornou um dos maiores ídolos do clube.

Goiás[editar | editar código-fonte]

Danilo foi revelado pelo Goiás em 1999, permanecendo no Esmeraldino até 2003. Sendo um dos grandes destaques do time goiano neste período, o jogador então despertou interesse do São Paulo, para onde se transferiu no ano seguinte.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

No ano de 2004, foi contratado pelo São Paulo. Onde conquistou diversos títulos importantes, como a Copa Libertadores da América de 2005 e o Mundial de Clubes da FIFA: 2005. Após essas temporadas de sucesso, seguiu para o Japão, contratado pelo Kashima Antlers.

Kashima Antlers[editar | editar código-fonte]

O meia atuando no Japão, foi campeão nacional do Japão, a J-League, por três vezes e venceu uma Copa do Imperador, todos os títulos defendendo o Kashima Antlers.

Após esse período, o contrato de Danilo acabou e o jogador retornaria ao Brasil, dessa vez para atuar pelo Corinthians.

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Danilo juntou-se ao elenco do Parque São Jorge em 2010, no centenário do clube. Chegando na mesma época que os jogadores Roberto Carlos, Tcheco e Iarley. Seu primeiro gol com a camisa do Corinthians foi contra o São Paulo Futebol Clube, pelo campeonato paulista de 2010.

Danilo obteve melhor desempenho na temporada de 2011. Ignorado no início de ano turbulento, no qual o Corinthians foi desclassificado prematuramente da Taça Libertadores pelo Tolima, Danilo foi peça fundamental na campanha do Pentacampeonato Brasileiro, tendo sua melhor atuação com a camisa alvi-negra justamente contra seu ex-clube e rival corintiano São Paulo, na goleada de 5 a 0, onde marcou um gol e participou de outros três. Danilo foi o jogador que mais atuou pela equipe do Parque são Jorge e também o que mais deu assistências em todo o Campeonato Brasileiro. Seu último jogo nesse ano ficou marcado pela meta dos 100 jogos pelo Corinthians.

Com um excelente início de ano, se destacando principalmente no jogo contra seu ex-time o São-Paulo, Danilo cai nas graças da fiel, que o aplaude em pé após atuação de gala.

Danilo foi peça fundamental na primeira fase da Libertadores da América 2012, anotando 3 gols importantes na competição e participando muito bem de todos os jogos. Danilo é um dos pilares do Time e uma das esperanças do técnico Tite para a segunda fase da competição.

No dia 20 de Junho de 2012 o Corinthians disputava o segundo jogo da semi-final da Taça Libertadores da América. Com vantagem de um gol, feito por Emerson Sheik na Vila Belmiro no primeiro jogo, o Santos chegou a abrir o placar no Pacaembu, resultado que levaria a decisão para os pênaltis, mas Danilo foi decisivo no jogo e fez um gol histórico que empatou o jogo e colocou o Corinthians pela primeira vez na final da competição. A Libertadores adotou a regra dos gols fora de casa como critério de desempate nas fases eliminatórias em 2005, diminuindo assim o número de decisão por pênaltis: houve, por exemplo, oito disputas de penalidades no torneio em 2004, incluindo na final em que o Once Caldas bateu o mesmo Boca Juniors depois de dois empates. Desde então, foram dez decisões por pênaltis em todas as edições do torneio somadas: duas em 2012, com o êxito do Vasco sobre o argentino Lanús e o da Universidad de Chile sobre o paraguaio Libertad.

Experiente, o jogador, de 33 anos, já disputou três finais de Libertadores. Duas com o São Paulo e uma com o Corinthians (campeão em 2005 e 2012 por São Paulo e Corinthians, respectivamente e vice em 2006 pelo tricolor paulista).

Desfocado no Campeonato Brasileiro após a conquista da Libertadores da América, o Corinthians se reencontra com a vitória após o término da competição continental sobre o Náutico no dia 14 de Julho de 2012 com dois gols de Danilo, sendo um dos responsáveis pela recuperação do time no campeonato nacional.

O Meia ainda teve grande atuação no Mundial de Clubes da Fifa em 2012, onde o Corinthians se sagrou campeão em cima do milionário time do Chelsea FC, da Inglaterra. No lance do gol do título Danilo chutou a bola desviou e Guerrero garantiu.

Após eliminação da Libertadores da América em 2013, chega a final do Campeonato Paulista de Futebol de 2013 contra o Santos Futebol Clube, após ter eliminado o também rival São Paulo Futebol Clube na semifinal.

Em 19 de maio prova seu valor e é decisivo mais uma vez, marcando o gol do 27º título paulista do Timão.

Em 17 de julho, ajudou o Corinthians fazendo gol no último jogo da Recopa em cima do seu ex-clube o São Paulo, e ganhou o título sendo capitão do time é eleito o melhor jogador dos dois jogos. Em fevereiro de 2014, após a invasão do CT corintiano, alegou que deseja cumprir o final do seu contrato e deixar o Corinthians.

Jogos pelo Corinthians[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pelo Corinthians.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 24 de novembro de 2014

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Corinthians 2010 31 2 7 0 11 1 49 3
2011 36 3 2 0 13 1 51 4
2012 25 5 14 4 16 2 55 11
2013 30 0 4 0 10 2 15 4 59 6
2014 21 1 5 0 15 0 41 1
Total 143 11 9 0 33 6 70 8 255 25
Total 143 11 9 0 33 6 70 8 255 25

¹Estão incluídos jogos e gols da Copa Libertadores e Recopa Sul-Americana
²Estão incluídos jogos e gols pelo Campeonato Paulista, Copa do Mundo de Clubes da FIFA, Torneios Amistosos e Amistosos

Estatísticas no clássico majestoso[editar | editar código-fonte]

Data Jogo Clube Gol Competição
1 15/02/2004 São Paulo 1x0 Corinthians São Paulo 1 Campeonato Paulista
2 27/02/2005 São Paulo 1x0 Corinthians São Paulo 1 Campeonato Paulista
3 08/05/2005 Corinthians 1x5 São Paulo São Paulo 1 Campeonato Brasileiro
4 12/03/2006 Corinthians 1x2 São Paulo São Paulo 1 Campeonato Paulista
5 10/09/2006 São Paulo 0x0 Corinthians São Paulo 0 Campeonato Brasileiro
6 28/03/2010 Corinthians 4x3 São Paulo Corinthians 1 Campeonato Paulista
7 07/11/2010 São Paulo 0x2 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
8 27/03/2011 São Paulo 2x1 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Paulista
9 26/06/2011 Corinthians 5x0 São Paulo Corinthians 1 Campeonato Brasileiro
10 22/09/2011 São Paulo 0x0 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
11 12/02/2012 Corinthians 1x0 São Paulo Corinthians 1 Campeonato Paulista
12 26/08/2012 Corinthians 1x2 São Paulo Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
13 02/12/2012 São Paulo 3x1 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
14 31/03/2013 São Paulo 1x2 Corinthians Corinthians 1 Campeonato Paulista
15 05/05/2013 São Paulo 0x0 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Paulista
16 04/07/2013 São Paulo 1x2 Corinthians Corinthians 0 Recopa Sul-Americana
17 17/07/2013 Corinthians 2x0 São Paulo Corinthians 1 Recopa Sul-Americana
18 13/10/2013 São Paulo 0x0 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
19 09/03/2014 Corinthians 2x3 São Paulo Corinthians 0 Campeonato Paulista
20 11/05/2014 São Paulo 1x1 Corinthians Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
21 21/09/2014 Corinthians 3x2 São Paulo Corinthians 0 Campeonato Brasileiro
  • Jogos: 21
  • Vitórias: 12
  • Empates: 7
  • Derrotas: 4
  • Gols: 8

Títulos[editar | editar código-fonte]

Goiás
São Paulo
Kashima Antlers
Corinthians

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

  • Seleção do Campeonato Paulista: 2013
  • Globolinha de Ouro (gol mais bonito) do Campeonato Paulista : 2013 [6]
  • Melhor jogador da final da Recopa Sul-Americana de 2013

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Corinthians


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.