Ralf de Souza Teles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ralf
Informações pessoais
Nome completo Ralf de Souza Teles
Data de nasc. 09 de junho de 1984 (30 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Altura 1,82 m
Destro
Apelido Pitbull
Informações profissionais
Período em atividade 2005-presente (9 anos)
Clube atual Brasil Corinthians
Número 5
Posição Volante
Clubes de juventude
2004
2005
2005
Brasil Taboão da Serra
Brasil São Paulo
Brasil Imperatriz
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20052007
2007
2007
2008
20082009
2010
Brasil Imperatriz
Brasil XV de Jaú
Brasil Gama
Brasil Noroeste
Brasil Grêmio Barueri
Brasil Corinthians
0020 0000(0)
0015 0000(6)
0000 0000(0)
0017 0000(0)
0056 0000(1)
0285 0000(7)
Seleção nacional3
2011 Brasil Brasil 0007 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 21 de setembro de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 9 de fevereiro de 2014.

Ralf de Souza Teles (São Paulo, 9 de junho de 1984), mais conhecido como Ralf, é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente, joga pelo Corinthians.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Primeiros passos[editar | editar código-fonte]

Ralf nasceu em São Paulo no dia 9 de junho de 1984, iniciou seus primeiros passos no futebol na várzea, mas precisamente no Parelheiros F.C., extremo sul de São Paulo. Em 2004 jogou no Clube Atlético Taboão da Serra, mais tarde viria nas categorias de base do São Paulo FC. Foi para o Imperatriz em 2005 e, ainda junior, foi campeão maranhense. O jogador tornou-se profissional em 2006 no mesmo clube, sendo vice-campeão estadual em 2007. Teve passagens por clubes como XV de Jaú, Gama, Noroeste e Barueri onde teve boas atuações, e no final de 2009 o jogador despertou o interesses de outros clubes, como o Corinthians que viria a contratá-lo mais tarde.[1]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

O jogador foi contratado pelo Corinthians logo depois do término do Brasileirão 2009, o time precisava achar um substituto para o volante Cristian, pois Marcelo Mattos não estava em boa fase. Ralf ingressou no elenco do Parque São Jorge para a Libertadores 2010, no centenário do clube onde segue como titular de seu time.[2] [3] Com boas atuações conseguiu espaço na equipe paulista. Na partida contra o Santos, com vitória corinthiana por 3x1, Ralf teve grande destaque por ter dado um "chapéu" em ninguém menos que Neymar.[4]

No Campeonato Brasileiro de 2011 conquistou o título pelo Corinthians, além dos prêmio individual de melhor volante da competição. No jogo de estréia da Libertadores 2012 fez o gol no ultimo lance, que garantiu o empate do alvinegro.[5]

Cquote1.svg O Corinthians sempre foi assim. Independente da quantidade de torcedores que estejam no estádio. Eles representam outros milhões. Espero que esse seja o início da caminhada pelo título, mas vamos manter os pés no chão.[6] Cquote2.svg
Ralf.

Ajudou o Corinthians a fazer a segunda melhor campanha da primeira fase da Libertadores 2012, ajudando a equipe a se classificar como primeiro da fase grupos para as oitavas de final e futuramente a conquistar o título inédito e tão requisitado pelo time. Também ajudou ao time conquistar a liderança do Paulistão do mesmo ano.

Ralf vem vivendo boa fase no Corinthians, sendo considerado ídolo pela torcida. Com isso, apesar do título da competição sul-americana, e to título mundial em 2012, Ralf, junto com Paulinho, e a despeito de propostas de clubes europeus, renovou por mais três anos com o Timão.[7]

Jogos pelo Corinthians[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pelo Corinthians.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

No dia 25 de julho de 2011, o técnico Mano Menezes anunciou a convocação de Ralf para o jogo contra a Alemanha.

Cquote1.svg O Ralf é um volante de contenção, temos a situação do Lucas Leiva que está em aberto, perdemos o Sandro, que era o segundo jogador da posição e fez uma intervenção cirúrgica. É um jogador que conheço e por isso foi convocado pela primeira vez.[8] Cquote2.svg
Mano Menezes sobre Ralf.

Foi novamente convocado para a disputa do Superclássico das Américas de 2011, ajudando a seleção ganhar o título. Em 3 de outubro de 2011 ele foi novamente convocado para os amistosos contra a seleção da Costa Rica e do México para substituir Sandro que teve uma lesão.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 21 de setembro de 2014

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Corinthians 2010 28 2 8 0 17 0 53 2
2011 33 1 2 0 22 0 57 1
2012 29 1 14 1 19 0 62 2
2013 36 1 4 0 10 0 17 0 67 1
2014 23 0 6 1 17 0 46 1
Total 149 5 10 1 34 1 92 0 285 7
Total 149 5 10 1 34 1 92 0 285 7

¹Estão incluídos jogos e gols da Copa Libertadores e Recopa Sul-Americana
²Estão incluídos jogos e gols pelo Campeonato Paulista, Copa do Mundo de Clubes da FIFA, Torneios Amistosos e Amistosos

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols
2011 4 0
2012 2 0
2013 1 0
Total 7 0

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela Seleção.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Imperatriz
Corinthians
Seleção Brasileira

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.