Campeonato Brasileiro de Futebol de 1989

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
XXXIII Campeonato Brasileiro de Futebol
Campeonato Brasileiro de Futebol da 1ª Divisão de 1989
Dados
Participantes 22[1]
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 6 de setembro16 de dezembro
Gol(o)s 381
Jogos 174
Média 2,19 gol(o)s por partida
Campeão Rio de Janeiro Vasco da Gama (2º título)
Vice-campeão São Paulo São Paulo
Melhor marcador Túlio (Goiás) – 11 gols
Melhor ataque (fase inicial) Pernambuco Náutico – 16 gols
Melhor defesa (fase inicial) São Paulo Palmeiras – 5 gols
Público 1 889 118
Média 10 857 pessoas por partida
Outras divisões
Divisão Especial Bragantino
Premiações
Melhor jogador
Ricardo Rocha (São Paulo)
◄◄ Brasil Brasileirão 1988 Soccerball.svg Brasileirão 1990 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1989 foi vencido pelo Vasco, que repetiu o feito de 1974 e conquistou o seu segundo título nacional.

Foi mantida a idéia do ano anterior, de descenso de 4 clubes e acesso de apenas 2, o que deixaria o campeonato de 1990 com o número considerado ideal de 20 clubes. Foi criado um "Torneio da Morte", a ser disputado entre os 6 últimos colocados da primeira fase, de onde sairiam os 4 rebaixados.

Na última rodada da primeira fase (21 e 22 de outubro), vários clubes disputavam as últimas vagas do grupo B, mas apenas o jogo entre Coritiba e Santos estava marcado para o sábado. O Coritiba conseguiu uma liminar na justiça garantindo que o seu jogo acontecesse no domingo, no mesmo dia e horário dos demais jogos decisivos. A CBF cassou a liminar, mas esta informação teria chegado à Federação Paranaense de Futebol após o horário de expediente. O Coritiba não compareceu ao estádio no horário anteriormente marcado, e por isso foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva da CBF com a derrota, a perda de mais 5 pontos e a eliminação sumária do campeonato, com o conseqüente rebaixamento para a Série B no ano seguinte.

Assim, apenas 5 clubes disputaram o "torneio da morte", sendo rebaixados Atlético Paranaense, Guarani e Sport (mais o Coritiba).

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 1988 Estádio Títulos
Atlético Mineiro Belo Horizonte Minas Gerais MG 10º Mineirão 1971
Atlético Paranaense Curitiba Paraná PR 19º Baixada não possui
Bahia Salvador Bahia BA Campeão Fonte Nova 1959, 1988
Botafogo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 18º Maracanã

1968

Corinthians São Paulo São Paulo SP 15º Pacaembu não possui
Coritiba Curitiba Paraná PR 12º Couto Pereira 1985
Cruzeiro Belo Horizonte Minas Gerais MG Mineirão 1966
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Maracanã 1980, 1982, 1983
Fluminense Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Maracanã 1970, 1984
Goiás Goiânia Goiás GO 13º Serra Dourada não possui
Grêmio Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Olímpico 1981
Guarani Campinas São Paulo SP 14º Brinco de Ouro 1978
Internacional Porto Alegre Rio Grande do Sul RS Beira-Rio 1975, 1976, 1979
Inter de Limeira Limeira São Paulo SP 1º (Série B) Limeirão não possui
Náutico Recife Pernambuco PE 2º (Série B) Aflitos não possui
Palmeiras São Paulo São Paulo SP 16º Parque Antártica 1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973
Portuguesa São Paulo São Paulo SP Canindé não possui
Santos Santos São Paulo SP 17º Vila Belmiro 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968
São Paulo São Paulo São Paulo SP 11º Morumbi 1977, 1986
Sport Recife Pernambuco PE Ilha do Retiro 1987
Vasco da Gama Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ São Januário 1974
Vitória Salvador Bahia BA 20º Barradão não possui

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira Fase
Disputada entre 6 de Setembro e 21 de Outubro, reuniu as 22 equipes divididas em 2 grupos de 11, jogando em turno único dentro do grupo. Os 8 primeiros de cada grupo classificavam-se para a segunda fase, os 3 últimos de cada grupo jogavam o Torneio de Rebaixamento.
Segunda Fase
Disputada entre 28 de Outubro e 9 de Dezembro. Os 16 classificados foram divididos em 2 grupos de 8, jogando em turno único apenas contra os clubes do outro grupo. Os pontos eram somados aos obtidos na fase anterior. Classificavam-se para a final o vencedor de cada grupo, na soma dos pontos das duas fases.
Torneio de rebaixamento
Disputada entre 28 de Outubro e 14 de Dezembro. Os 6 clubes não classificados na 1ª fase jogam entre si em dois turnos, sendo os 4 últimos rebaixados para a Série B no ano seguinte.
Final
Disputada em 16 de Dezembro, entre o vencedor de cada grupo. Os dois finalistas enfrentam-se num máximo de 2 jogos, mas a equipe de melhor campanha em todo o campeonato tinha o direito de escolher o local do jogo de ida e só precisava de dois pontos (uma vitória ou dois empates) para ser campeã.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Clube Pts. J V E D GP GC SG
Corinthians 14 10 6 2 2 11 6 5
Botafogo 11 10 4 3 3 10 8 2
Atlético Mineiro 11 10 3 5 2 13 8 5
Náutico 10 10 4 2 4 16 16 0
Inter de Limeira 10 10 3 4 3 8 8 0
Flamengo 10 10 3 4 3 6 7 -1
São Paulo 10 10 2 6 2 11 11 0
Internacional 9 10 3 3 4 6 6 0
Guarani 9 10 3 3 4 7 8 -1
Atlético Paranaense 9 10 2 5 3 9 10 -1
Vitória 7 10 2 3 5 4 13 -9
Grupo B
Clube Pts. J V E D GP GC SG
Palmeiras 14 10 6 2 2 13 5 8
Vasco da Gama 14 10 5 4 1 14 7 7
Portuguesa 11 10 3 5 2 12 7 5
Grêmio 10 10 4 2 4 11 11 0
Goiás 10 10 4 2 4 10 12 -2
Fluminense 10 10 4 2 4 9 10 -1
Cruzeiro 10 10 3 4 3 8 8 0
Santos 9 10 2 5 3 6 7 -1
Sport 8 10 3 2 5 9 12 -3
Bahia 5 10 1 3 6 9 17 -8
Coritiba 4 10 3 3 4 10 15 -5
Classificados para a segunda fase
Classificados para o Torneio de Rebaixamento

Segunda Fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Clube Pts. J V E D GP GC SG
São Paulo 23 18 7 9 2 25 15 10
Botafogo 22 18 9 4 5 20 16 4
Corinthians 21 18 8 5 5 15 13 2
Atlético Mineiro 19 18 6 7 5 21 13 8
Flamengo 19 18 6 7 5 16 13 3
Náutico 15 18 5 5 8 27 34 -7
Inter de Limeira 15 18 4 7 7 13 19 -6
Internacional 13 18 4 5 9 14 19 -5
Grupo B
Clube Pts. J V E D GP GC SG
Vasco da Gama 24 18 8 8 2 26 16 10
Cruzeiro 24 18 9 5 4 23 14 9
Palmeiras 22 18 8 6 4 21 13 8
Portuguesa 20 18 7 6 5 21 13 8
Goiás 18 18 6 6 6 17 21 -4
Grêmio 17 18 6 5 7 19 19 0
Santos 16 18 5 6 7 13 16 -3
Fluminense 14 18 5 4 9 15 25 -10
Classificados para a final

Torneio de Rebaixamento[editar | editar código-fonte]

Clube Pts. J V E D GP GC SG
Vitória 10 8 4 2 2 10 7 3
Bahia 10 8 3 4 1 6 5 1
Atlético Paranaense 10 8 2 6 0 9 3 6
Guarani 7 8 2 3 3 8 10 -2
Sport 3 8 0 3 5 3 11 -8
Coritiba 4 0 0 0 0 0 0 0
Rebaixados à Série B

Campeonato Brasileiro de Futebol Tabela de classificação de 1989

Classificação Final[editar | editar código-fonte]

Tabela de classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Rio de Janeiro Vasco da Gama 26 19 9 8 2 27 16 11
2 São Paulo São Paulo 23 19 7 9 3 25 16 9
3 Minas Gerais Cruzeiro 23 18 9 5 4 23 14 9
4 Rio de Janeiro Botafogo 22 18 9 4 5 20 16 4
5 São Paulo Palmeiras 22 18 8 6 4 21 13 8
6 São Paulo Corinthians 21 18 8 5 5 15 13 2
7 São Paulo Portuguesa 20 18 7 6 5 21 13 8
8 Minas Gerais Atlético Mineiro 19 18 6 7 5 21 13 8
9 Rio de Janeiro Flamengo 19 18 6 7 5 16 13 3
10 Goiás Goiás 18 18 6 6 6 17 21 -4
11 Rio Grande do Sul Grêmio 17 18 6 5 7 19 19 0
12 São Paulo Santos 16 18 5 6 7 13 16 -3
13 Pernambuco Náutico 15 18 5 5 8 27 34 -7
14 São Paulo Inter de Limeira 15 18 4 7 7 13 19 -6
15 Rio de Janeiro Fluminense 14 18 5 4 9 15 25 -10
16 Rio Grande do Sul Internacional 13 18 4 5 9 14 19 -5
17 Bahia Vitória (2) 17 18 6 5 7 14 20 -6
18 Bahia Bahia (2) 15 18 4 7 7 15 22 -7
19 Paraná Atlético Paranaense (2) 19 18 4 11 3 18 13 5
20 São Paulo Guarani (2) 16 18 5 6 7 15 18 -3
21 Pernambuco Sport (2) 11 18 3 5 10 12 23 -11
22 Paraná Coritiba (1) 4 10 3 3 4 10 15 -5
Pts – pontos; J – jogos disputados; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols pró; GC – gols contra; SG – saldo de gols; AP - Aproveitamento
Vasco da Gama e Grêmio classificaram-se para a Taça Libertadores da América de 1990. O primeiro pelo fato do título brasileiro e o segundo pelo título da Copa do Brasil de 1989.
Vice-Campeão.
Eliminados na 2ª Fase.
Rebaixados para a Série B 1990.

Negrito: Campeão Brasileiro

(1) O Coritiba não compareceu ao jogo contra o Santos e foi punido com a derrota por 1 a 0, a perda de mais 5 pontos e a eliminação sumária do campeonato.

(2) Com a eliminação do Coritiba, apenas 5 clubes disputaram o "torneio da morte", sendo rebaixados Atlético/PR, Guarani e Sport (mais o Coritiba). De acordo com o regulamento, a ordem de classificação dos últimos clubes leva em conta apenas o resultado deste torneio, mas os pontos indicados na classificação incluem os jogos da primeira fase

A Decisão[editar | editar código-fonte]

16 de Dezembro de 1989
São Paulo 0 – 1 Vasco da Gama Morumbi, São Paulo
Público: 71.552
Árbitro: Rio de Janeiro Wilson Carlos dos Santos

Sorato Gol 50'

São Paulo: Gilmar; Netinho, Adílson, Ricardo Rocha e Nelsinho; Flávio, Bobô e Raí; Mário Tilico, Ney Bala e Edivaldo (Paulo César). Técnico: Carlos Alberto Silva.

Vasco: Acácio; Luiz Carlos Winck, Quiñonez, Marco Aurélio e Mazinho; Zé do Carmo, Marco Antônio Boiadeiro e Bismarck; Sorato, Bebeto e William. Técnico: Nelsinho Rosa.

  • Como o Vasco tinha a melhor campanha, não foi necessário o segundo jogo.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Brasileiro de Futebol de 1989
Rio de Janeiro
Club de Regatas Vasco da Gama
Campeão
(2° título)


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Soccerball.svg Bola de Prata da Revista Placar de 1989 Soccerball.svg

Seleção Brasil Gilmar (SPFC)Brasil Balu (CRU)Brasil Ricardo Rocha (SPFC)Brasil Paulo Sérgio (CAM)Brasil Mazinho (CRVG)Brasil Elzo (PAL)Brasil Raí (SPFC)Brasil Bobô (SPFC)Brasil Bismarck (CRVG)Brasil Bizu (NAU)Brasil Túlio (GOI)


Melhor Jogador Brasil Ricardo Rocha (SPFC)Artilheiro Brasil Túlio (GOI)