Sandro Ranieri Guimarães Cordeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sandro
SandroRanieri.jpg
Informações pessoais
Nome completo Sandro Ranieri Guimarães Cordeiro
Data de nasc. 15 de Março de 1989 (25 anos)
Local de nasc. Riachinho (MG),  Brasil
Altura 1,87 m
Destro
Apelido Sandro "The pussycat" Raniere
Informações profissionais
Clube atual Inglaterra Queens Park Rangers
Número 30
Posição Volante
Clubes de juventude
2005-2008 Brasil Internacional
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2008-2010
2010-2014
2014-
Brasil Internacional
Inglaterra Tottenham Hotspur
Inglaterra Queens Park Rangers
0068 0000(4)
0081 0000(3)
0001 0000(0)
Seleção nacional3
2009
2012
2009-
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil Sub-23
Brasil Brasil
0008 0000(1)
0007 0000(2)
0017 0000(1)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 15 de fevereiro de 2014.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 1 de julho de 2013.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Londres 2012 Futebol

Sandro Ranieri Guimarães Cordeiro (Riachinho, 15 de março de 1989) é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente, joga pelo Queens Park Rangers.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Internacional[editar | editar código-fonte]

Sandro ganhou espaço no Inter, quando Edinho e Maycon contraíram Hepatite A no início de 2008. Foi promovido dos juvenis para reserva dos profissionais ainda no Campeonato Gaúcho de 2008.[carece de fontes?]

Sua melhor oportunidade de participação nos jogos surgiu no Campeonato Brasileiro de 2008 com o técnico Tite. Devido a uma lesão sofrida pelo zagueiro Sorondo, foi inscrito na Copa Sul-americana 2008 no lugar deste e acabou herdando a camisa de número 4.[carece de fontes?]

Em 2009, tornou-se titular do Inter substituindo o volante Edinho, assumindo a camisa 8.[carece de fontes?]

Tottenham[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de março de 2010, foi confirmado que o volante defenderá o Tottenham Hotspur da Inglaterra, após a disputa da Libertadores, sendo vendido por 10 milhões de euros (R$ 24 milhões aproximadamente).[1] Na sua ultima partida pelo Inter, Sandro se despediu com o título da Copa Libertadores da América 2010.

Estreou pelo Tottenham Hotspur no dia 21 de setembro de 2010, na derrota por 4x1 para o Arsenal em White Hart Lane. Apesar da derrota, foi eleito por torcedores o melhor jogador do time em campo.

Sandro marcou o seu primeiro gol pelo Tottenham em um derby contra o Chelsea. Um chute de fora da área que acertou o ângulo do goleiro do Chelsea Petr Čech. Apesar de seu gol, o Tottenham acabou sendo derrotado pelo placar de 6 a 1.

Queens Park Rangers[editar | editar código-fonte]

No dia 1° de setembro de 2014, foi confirmado a contratação do volante para o Queens Park Rangers por £10 milhões (R$ 37,2 milhões).[2] Estreou pelos Rangers no dia 14 de setembro de 2014 contra o Manchester United, com o jogo terminando em 4 a 0 para os Red Devils.


Todos os gols de Sandro pelo Internacional:

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sandro atuando pela Seleção Brasileira num amistoso contra a Escócia, em março de 2011.

Sandro foi capitão da equipe que foi campeã do Campeonato Sul-Americano de Futebol Sub-20 de 2009, assumindo a camisa 5. Na fase final da competição, marcou um dos três gols contra a Venezuela. Foi convocado também para o mundial da categoria, mas a pedido da direção do Inter, foi dispensado e, em seu lugar, foi chamado Douglas Costa.

As boas atuações de Sandro no Inter renderam ao jogador sua primeira convocação para a Seleção Brasileira profissional. Em 27 de Agosto de 2009, foi chamado pelo técnico Dunga pro lugar de Josué, que se recupera de uma cirurgia, para enfrentar as seleções de Argentina e Chile nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Estreou contra o Chile durante o segundo tempo, substituindo Júlio Baptista.

Para a Copa do Mundo FIFA de 2010, Sandro ficou entre os sete suplentes da Seleção Brasileira. No mesmo ano, voltou a ser convocado pra seleção, desta vez por Mano Menezes. Fez parte do elenco da Copa América 2011, mas foi cortado em meio à competição devido a lesões nas panturrilhas e no joelho.

Recuperado, voltou a ser convocado por Mano Menezes. Marcou pela seleção principal seu primeiro gol em amistoso contra o Gabão.

No dia 11 de maio de 2012, o jogador foi convocado para os amistosos contra Dinamarca, EUA, México, Argentina e Grã-Bretanha, que foram realizados entre os dias 26 de maio e 20 de julho.

Foi convocado para as Olímpiadas 2012 marcando na terceira partida contra a Nova Zelândia um dos gols na vitória por 3x0.

Lista de jogos[editar | editar código-fonte]

Sub-23

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional
Seleção Brasileira

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.