Fabian Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bolívar
Informações pessoais
Nome completo Fabian Guedes
Data de nasc. 16 de agosto de 1980 (34 anos)
Local de nasc. Santa Cruz do Sul (RS), Brasil
Altura 1,85 m
Destro
Apelido Bolívar, General
Informações profissionais
Clube atual Flag of None.svg Sem Clube
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
1997–1998
1999
2000
Brasil Guarani-RS
Brasil Grêmio
Brasil Guarani-RS
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2000
2001
2001
2002
2002
2003–2006
2006–2009
2008–2009
2009–2012
2013–2014
Brasil Guarani-RS
Brasil Brasil de Pelotas
Brasil Grêmio
Brasil Joinville
Brasil Guarani-RS
Brasil Internacional
França Monaco
Brasil Internacional (emp.)
Brasil Internacional
Brasil Botafogo
032 00000(2)
033 00000(1)
015 00000(1)
022 00000(2)
023 00000(6)

056 00000(4)

334 0000(11)
095 00000(8)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 1 de outubro de 2014.

Fabian Guedes,[1] mais conhecido como Bolívar (Santa Cruz do Sul, 16 de agosto de 1980)[2] é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente está sem clube.

Seu apelido é em homenagem ao pai, Bolívar, que foi zagueiro do Internacional e do Grêmio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bolívar começou atuando como lateral-direito nas categorias de base do Guarani de Venâncio Aires, transferindo-se, ainda juvenil, para as categorias de base do Grêmio em 1999. Começou a chamar a atenção dos dirigentes do Internacional atuando como profissional no Guarani de Venâncio Aires em 2002. Transferiu-se no ano seguinte para o Colorado, onde teve sua grande oportunidade, passando a atuar como zagueiro, tornando-se um dos jogadores mais vitoriosos e um dos maiores ídolos da história do Sport Club Internacional .

Bolívar foi um dos destaques da equipe campeã da Copa Libertadores da América de 2006. A final da competição, contra o São Paulo, foi sua última partida pelo Internacional, já que suas atuações destacadas levaram-no a ser contratado pelo Monaco, clube francês, por R $ 8.664.705, clube que defendeu de agosto de 2006 a junho de 2008. No mesmo ano em que saiu da França, voltou por empréstimo do Monaco ao Internacional. Em junho de 2009, o jogador assinou novamente contrato com o Colorado. No mesmo ano, tornou-se capitão da equipe, exercendo a função até sair do clube.

No dia 11 de Agosto de 2010, o Inter jogou a primeira partida da final da libertadores, contra o Chivas Guadalajara, no México. Bolívar marcou o gol da vitória de virada por 2x1, após passe de cabeça do companheiro de zaga Índio. No jogo seguinte da final, no dia 18 de agosto, sagrou-se campeão da Libertadores pela segunda vez, erguendo a taça como capitão da equipe.

O ano de 2011 não foi dos melhores pro general, já que muitas falhas do time colorado vinham ocorrendo por responsabilidade sua. Posteriormente perdeu a titularidade na zaga pra Rodrigo Moledo. Em 2012, seguiu na reserva e foi protagonista de uma polêmica com o então técnico Fernandão. Fora dos planos, Bolívar assinou sua rescisão de contrato com o Inter em 3 de Janeiro de 2013.

No dia 7 de janeiro de 2013, acertou com o Botafogo. no seu primeiro jogo pelo clube alvinegro carioca ele marcou um gol de cabeça os 27 m do primeiro tempo [3] Em sua apresentação, o zagueiro disse que seus objetivos são, primeiramente, os títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Ao Botafogo comparou o Internacional de 2006, que, apesar de até então nunca ter levantando os títulos mais almejados pela diretoria e pela torcida, como a Libertadores, conseguiu-os através de uma boa estrutura, estrutura esta, segundo o zagueiro, também existente no clube carioca.[4] no seu primeiro jogo pelo clube alvinegro carioca ele marcou um gol de cabeça os 27 minutos do primeiro tempo. No dia 3 de outubro de 2014 teve seu contrato rescindido com o Botafogo devido divergências com a diretoria.[5]

Todos os Gols de Bolívar pelo Internacional:

Todos os Gols de Bolívar pelo Botafogo:

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasil Internacional
Brasil Botafogo

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Brasil Internacional
Brasil Botafogo

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]