Copa Libertadores da América de 2004

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Copa Libertadores da América de 2004
XLV Copa Libertadores de América
Copa Toyota Libertadores 2004
Dados
Participantes 36
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 3 de fevereiro1 de julho
Gol(o)s 383
Jogos 140
Média 2,74 gol(o)s por partida
Campeão Colômbia Once Caldas (1º título)
Vice-campeão Argentina Boca Juniors
Melhor marcador BrasilBRA Luís Fabiano (São Paulo) – 8 gols
Melhor ataque (fase inicial) Brasil Santos – 16 gols
Melhor defesa (fase inicial) Equador LDU Quito – 3 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Cruzeiro Brasil 5 – 0 Chile Universidad de Concepción
Estádio MineirãoBelo Horizonte
17 de março, Grupo 3
 
Santos Brasil 5 – 0 Bolívia Jorge Wilstermann
Estádio Vila BelmiroSantos
14 de abril, Grupo 7
◄◄ Libertadores 2003 Soccerball.svg Libertadores 2005 ►►

A Copa Libertadores da América de 2004 foi a 45ª edição da competição de futebol realizada todos os anos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Equipes das dez associações sul-americanas mais o México participaram do torneio.

Grande sensação dessa Libertadores, o Once Caldas tornou-se o campeão (sendo o segundo clube da Colômbia a conquistar o feito; o primeiro foi o Atlético Nacional em 1989) ao vencer o então atual campeão Boca Juniors nos pênaltis por 2 a 0, no Estádio Palogrande, em Manizales.

Com o título, o clube pôde disputar a Copa Intercontinental de 2004, contra o Porto, de Portugal, campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 2003-04, além de ter participado da Recopa Sul-Americana de 2005, contra o campeão da Sul-Americana de 2004.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

País Equipe Classificação
 Argentina
(4 vagas + atual campeão)
Boca Juniors Campeão da Libertadores 2003
Independiente Campeão do Torneio Apertura 2002-03
River Plate Campeão do Torneio Clausura 2002-03
Vélez Sársfield 3ª melhor pontuação na tabela agregada de 2002-03
Rosario Central 4ª melhor pontuação na tabela agregada de 2002-03
 Bolívia
(3 vagas)
The Strongest Campeão do Campeonato Boliviano 2003
Jorge Wilstermann Vice-campeão do Campeonato Boliviano 2003
Bolívar 3º lugar no Campeoanto Boliviano 2003
 Brasil
(5 vagas)
Cruzeiro Campeão do Campeonato Brasileiro Série A 2003 e da Copa do Brasil 2003
Santos Vice-campeão do Campeonato Brasileiro Série A 2003
São Paulo 3º colocado no Campeonato Brasileiro Série A 2003
São Caetano 4º colocado no Campeonato Brasileiro Série A 2003
Coritiba 5º colocado no Campeonato Brasileiro Série A 2003
 Chile
(3 vagas)
Cobreloa Campeão do Torneio Apertura 2003
Universidad de Concepción Melhor pontuação na temporada de 2003
Colo-Colo 2º melhor pontuação na temporada de 2003
 Colômbia
(3 vagas)
Once Caldas Campeão do Campeonato Apertura 2003
Deportes Tolima Campeão do Torneio Finalización 2003
Deportivo Cali Melhor pontuação no Campeonato Colombiano 2003
Equador
(3 vagas)
LDU Quito Campeão do Campeonato Equatoriano 2003
Barcelona SC Vice-campeão do Campeonato Equatoriano 2003
El Nacional 3º colocado no Campeonato Equatoriano 2003
Paraguai
(3 vagas)
Libertad Campeão do Campeonato Paraguaio 2003
Guaraní Vice-campeão do Torneio Apertura 2003
Olimpia Vice-campeão do Torneio Clausura 2003
 Peru
(3 vagas)
Alianza Lima Campeão do Campeonato Descentralizado 2003
Sporting Cristal Vice-campeão do Campeonato Descentralizado 2003
Cienciano Campeão do quadrangular de classificação da Libertadores
Uruguai
(3 vagas)
Peñarol Campeão do Campeonato Uruguaio 2003
Nacional Vice-campeão do Campeonato Uruguaio 2003
Fénix Campeão da Mini-Liga Pré-Libertadores 2003
 Venezuela
(3 vagas)
Caracas Campeão do Campeonato Venezuelano de 2002-03
Unión Maracaibo Vice-campeão do Campeonato Venezuelano de 2002-03
Deportivo Táchira 3º colocado no Campeonato Venezuelano de 2002-03
 México
(2 vagas)
Santos Laguna Campeão da Pré-Libertadores 2003-04
América Vice-campeão da Pré-Libertadores 2003-04

Mapa[editar | editar código-fonte]

Latin America - First level political divisions.svg

ButtonRed.svgSantos Laguna
ButtonRed.svgAmérica
ButtonRed.svgCaracas
ButtonRed.svgDeportivo Táchira
Unión MaracaiboButtonRed.svg
ButtonRed.svgTolima
ButtonRed.svgDeportivo Cali
ButtonRed.svgOnce Caldas
BarcelonaButtonRed.svg
El Nacional
ButtonRed.svgLDU
ButtonRed.svgAlianza Lima
Sporting Cristal
ButtonRed.svgCienciano
ButtonRed.svgBolívar
The Strongest
ButtonRed.svgJorge Wilstermann
LibertadButtonRed.svg
Guaraní
Olimpia
VélezButtonRed.svg
River
Boca
Independiente
ButtonRed.svgRosario Central
ButtonRed.svgCobreloa
ButtonRed.svgColo Colo
Universidad de ConcepciónButtonRed.svg
ButtonRed.svgFénix
Nacional
Peñarol
ButtonRed.svgCruzeiro
São PauloButtonRed.svg
São Caetano
ButtonRed.svgCoritiba
ButtonRed.svgSantos

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase foi disputada entre 3 de fevereiro e 22 de abril. As nove melhores equipes de cada grupo se classificaram para a fase final e as sete segundas colocadas também. As outras quatro equipes tiveram de disputar a repescagem para conseguir a classificação às oitavas-de-final.

Equipes classificadas para a fase final
Equipes classificadas como melhores segundos colocados
Equipes eliminadas

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
México América 13 6 4 1 1 11 5 +6
Brasil São Caetano 8 6 2 2 2 10 8 +2
Uruguai Peñarol 8 6 2 2 2 9 7 +2
Bolívia The Strongest 4 6 1 1 4 4 14 -10
  AME SCA PEN STR
América 2–1 3–1 4–0
São Caetano 1–2 1–1 4–2
Peñarol 2–0 1–1 4–0
The Strongest 0–0 0–2 2–0

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Colômbia Once Caldas 13 6 4 1 1 11 6 +5
Venezuela Unión Maracaibo 8 6 2 2 2 10 9 +1
Argentina Vélez Sársfield 7 6 2 1 3 7 9 -2
Uruguai Fénix 5 6 1 2 3 6 10 -4
  ONC UAM VEL FEN
Once Caldas 2–1 2–0 3–0
Unión Maracaibo 1–2 4–2 1–1
Vélez Sársfield 2–0 1–1 1–0
Fénix 2–2 1–2 2–1

Grupo 3[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Cruzeiro 13 6 4 1 1 15 6 +9
México Santos Laguna 12 6 3 3 0 10 6 +4
Venezuela Caracas 6 6 2 0 4 8 12 -4
Chile Universidad de Concepción 2 6 0 2 4 7 16 -9
  CRU SLA CAR UCO
Cruzeiro 1–1 3–1 5–0
Santos Laguna 1–0 3–1 2–2
Caracas 2–3 0–1 1–0
Universidad de Concepción 1–3 2–2 2–3

Grupo 4[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil São Paulo 15 6 5 0 1 11 7 +4
Equador LDU Quito 12 6 4 0 2 13 3 +10
Peru Alianza Lima 9 6 3 0 3 6 8 -2
Chile Cobreloa 0 6 0 0 6 3 15 -12
  SPA LDU ALI COB
São Paulo 1–0 3–1 3–1
LDU Quito 3–0 4–1 0–1
Alianza Lima 1-2 1–1 5–1
Cobreloa 2–3 1–1 1–1

Grupo 5[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Uruguai Nacional 12 6 3 3 0 7 4 +3
Argentina Independiente 8 6 2 2 2 9 7 +2
Peru Cienciano 7 6 2 1 3 10 12 -2
Equador El Nacional 5 6 1 2 3 6 9 -3
  CNF IND CIE ENA
Nacional 0–0 1–0 3–2
Independiente 1–1 4–2 2–0
Cienciano 1–2 3–2 1–0
El Nacional 0–0 1–0 3–3

Grupo 6[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Argentina River Plate 11 6 3 2 1 10 6 +4
Venezuela Deportivo Táchira 10 6 2 4 0 8 4 +4
Colômbia Deportes Tolima 5 6 1 2 3 6 9 -3
Paraguai Libertad 5 6 1 2 3 5 10 -5
  RIV TAC TOL LIB
River Plate 2–2 1–0 4–1
Deportivo Táchira 0–0 2–0 2–0
Deportes Tolima 2–3 1–1 3–2
Libertad 1–0 1–1 0–0

Grupo 7[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Santos 16 6 5 1 0 16 6 +10
Equador Barcelona SC 8 6 2 2 2 9 6 +3
Paraguai Guaraní 6 6 1 3 2 6 7 -1
Bolívia Jorge Wilstermann 2 6 0 2 4 5 17 -12
  SAN BAR GUA JOR
Santos 1–0 2–2 5–0
Barcelona SC 1–3 2–0 4–0
Guaraní 1–2 0–0 3–1
Jorge Wilstermann 2–3 2–2 0–0

Grupo 8[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Argentina Boca Juniors 12 6 4 0 2 10 4 +6
Colômbia Deportivo Cali 9 6 3 0 3 9 9 0
Bolívia Bolívar 9 6 3 0 3 7 9 -2
Chile Colo-Colo 6 6 2 0 4 6 10 -4
  BOC DCA BOL COL
Boca Juniors 3–0 3–0 2–0
Deportivo Cali 0–1 3–1 3–1
Bolívar 3–1 1–0 2–0
Colo-Colo 1–0 2–3 2–0

Grupo 9[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Peru Sporting Cristal 10 6 3 1 2 13 9 +4
Argentina Rosario Central 10 6 3 1 2 8 8 0
Brasil Coritiba 8 6 2 2 2 7 8 -1
Paraguai Olimpia 5 6 1 2 3 7 10 -3
  SCR ROS CTB OLI
Sporting Cristal 4–1 4–1 3–2
Rosario Central 1–1 2–0 2–1
Coritiba 2–0 2–0 1–1
Olimpia 2–1 0–2 1–1

Melhores segundos colocados[editar | editar código-fonte]

Time Pts J V E D GP GC SG Grupo
Equador LDU Quito 12 6 4 0 2 13 3 +10 4
México Santos Laguna 12 6 3 3 0 10 6 +4 3
Venezuela Deportivo Táchira 10 6 2 4 0 8 4 +4 6
Argentina Rosario Central 10 6 3 1 2 8 8 0 9
Colômbia Deportivo Cali 9 6 3 0 3 9 9 0 8
Equador Barcelona SC 8 6 2 2 2 9 6 +3 7
Brasil São Caetano 8 6 2 2 2 10 8 +2 1
Argentina Independiente 8 6 2 2 2 9 7 +2 5
Venezuela Unión Maracaibo 8 6 2 2 2 10 9 +1 2

Repescagem[editar | editar código-fonte]

Chave Equipe 1 Total Equipe 2
A São Caetano Brasil 2–2 (2–1 p) Argentina Independiente
B Barcelona SC Equador 6–1 Venezuela Unión Maracaibo

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos. Primeiros dos grupos Pts J V E D GP GC SG Ap
1 Brasil Santos 16 6 5 1 0 16 6 +10 89%
2 Brasil São Paulo 15 6 5 0 1 11 7 +4 83%
3 Brasil Cruzeiro 13 6 4 1 1 15 6 +9 72%
4 México América 13 6 4 1 1 11 5 +6 72%
5 Colômbia Once Caldas 13 6 4 1 1 11 6 +5 72%
6 Argentina Boca Juniors 12 6 4 0 2 10 4 +6 67%
7 Uruguai Nacional 12 6 3 3 0 7 4 +3 67%
8 Argentina River Plate 11 6 3 2 1 10 6 +4 61%
9 Peru Sporting Cristal 10 6 3 1 2 13 9 +4 56%
Pos. Segundos dos grupos Pts J V E D GP GC SG Ap
10 Equador LDU Quito 12 6 4 0 2 13 3 +10 67%
11 México Santos Laguna 12 6 3 3 0 10 6 +4 67%
12 Venezuela Deportivo Táchira 10 6 2 4 0 8 4 +4 56%
13 Argentina Rosario Central 10 6 3 1 2 8 8 0 56%
14 Colômbia Deportivo Cali 9 6 3 0 3 9 9 0 50%
15 Equador Barcelona SC 8 6 2 2 2 9 6 +3 44%
16 Brasil São Caetano 8 6 2 2 2 10 8 +2 44%

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 4 a 13 de maio  20 a 27 de maio  9 a 17 de junho  23 de junho e 1 de julho
                                                 
 Brasil São Caetano 2 1 3  
 México América 1 1 2  
   Brasil São Caetano 0 1 1 (3)  
   Argentina Boca Juniors (pen) 0 1 1 (4)  
 Peru Sporting Cristal 2 1 3
 Argentina Boca Juniors 3 2 5  
   Argentina Boca Juniors (pen) 1 1 2 (5)  
   Argentina River Plate 0 2 2 (4)  
 México Santos Laguna 0 2 2 (2)  
 Argentina River Plate (pen) 1 1 2 (4)  
   Argentina River Plate 1 3 4
   Colômbia Deportivo Cali 0 1 1  
 Colômbia Deportivo Cali (pen) 1 1 2 (3)
 Brasil Cruzeiro 0 2 2 (0)  
   Argentina Boca Juniors 0 1 1 (0)
   Colômbia Once Caldas (pen) 0 1 1 (2)
 Argentina Rosario Central 1 1 2 (4)  
 Brasil São Paulo (pen) 0 2 2 (5)  
   Brasil São Paulo 3 4 7
   Venezuela Deportivo Táchira 0 1 1  
 Venezuela Deportivo Táchira 3 2 5
 Uruguai Nacional 0 2 2  
   Brasil São Paulo 0 1 1
   Colômbia Once Caldas 0 2 2  
 Equador LDU Quito 4 0 4 (3)  
 Brasil Santos (pen) 2 2 4 (5)  
   Brasil Santos 1 0 1
   Colômbia Once Caldas 1 1 2  
 Equador Barcelona SC 0 1 1 (2)
 Colômbia Once Caldas (pen) 0 1 1 (4)  

Finais[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida
23 de junho Boca Juniors Argentina 0 – 0 Colômbia Once Caldas Estádio La Bombonera, Buenos Aires

Relatório Público: 57 012
Árbitro: UruguaiURU Gustavo Méndez
Jogo de volta
1 de julho Once Caldas Colômbia 1 – 1 Argentina Boca Juniors Estádio Palogrande, Manizales

Viáfara Gol marcado aos 7 minutos de jogo 7' Relatório Burdisso Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52' Árbitro: ChileCHI Carlos Chandía
    Penalidades  
Valentierra Erro
Soto Convertido
Ortegón Erro
Agudelo Convertido
2–0 Erro Schiavi
Erro Cascini
Erro Burdisso
Erro Cángele
 

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores da América de 2004
Colômbia
ONCE CALDAS
Campeão
(1º título)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]