Edimo Ferreira Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edinho
Edinho
Edinho comemora gol em 2010 no Palmeiras
Informações pessoais
Nome completo Edimo Ferreira Campos
Data de nasc. 15 de janeiro de 1983 (31 anos)
Local de nasc. Niterói,  Brasil
Altura 1,83 m[1]
Destro
Apelido Edinho, Guerreiro, Didi Mocó[2]
Informações profissionais
Clube atual Brasil Grêmio
Número 8
Posição Volante, Zagueiro
Clubes de juventude
19992000 Brasil Boavista
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20012002
20032009
20092010
2010
20112013
2014-
Brasil Boavista
Brasil Internacional
Itália Lecce
Brasil Palmeiras
Brasil Fluminense
Brasil Grêmio
0000 0000(0)
0172 0000(1)
0031 0000(0)
0030 0000(1)
0163 0000(1)
00028 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 11 de fevereiro de 2014.

Edimo Ferreira Campos, mais conhecido como Edinho (Niterói, 15 de janeiro de 1983), é um futebolista brasileiro que atua como volante e zagueiro. Atualmente defende o Grêmio.

Edinho é primo do também volante Nilton, que atualmente defende o Cruzeiro.

O niteroiense Edinho foi revelado pelo Boavista, de Saquarema, mas ganhou notoriedade e o respeito do mundo futebolístico atuando pelo Internacional (RS). No clube gaúcho, conquistou sete títulos. Três estaduais (2004, 2005 e 2008), Copa Libertadores da América (2006), Mundial de Clube (2006), Recopa Sul-Americana (2007) e Copa Sul-Americana (2008).

Em 2010, foi para o Palmeiras sob a chancela do técnico pentacampeão do mundo Luiz Felipe Scolari.

No início de 2011, chegou ao Fluminense para jogar como volante, sua posição de origem. Porém, devido à necessidade da comissão técnica, foi escalado na defesa e conseguiu destaque, retornando, posteriormente, ao meio-campo. Edinho é um volante versátil, pois tem passes precisos, é eficiente no desarme e comete poucas faltas.[3]

Em 2014 foi anunciado como reforço do Grêmio para a disputa do Campeonato Gaúcho, Copa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

S.C. Internacional[editar | editar código-fonte]

No Internacional Edinho teve uma ótima passagem, conquistando títulos importantíssimos, como a Libertadores e o Mundial.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2010 o Palmeiras confirmou que o clube assinou mais um reforço para a equipe, nesta temporada, o clube assinou por quatro anos, o meio-campista, até dezembro de 2013.[4] Fez um gol pelo clube contra o São Paulo no Morumbi em que a partida terminou em 1 a 1.

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2011 Fluminense contratou o jogador a pedido de Muricy Ramalho, treinador do Fluminense.[5] [6] Os cariocas pagaram três milhões e quatrocentos mil euros pelo jogador, em uma das maiores negociações entre clubes do futebol brasileiro.[7] [8]

Em 17 de agosto de 2011, Edinho fez seu primeiro gol pelo Fluminense em um jogo contra o Figueirense, ele marcou em um chute forte de fora da área, entrando no ângulo do goleiro do Figueirense Wilson.[9] Na Campanha do título de 2012, Edinho foi considerado o ponto forte do sistema defensivo.[10] [11] No começo de 2013 fez um passe para Jean fazer 3 a 0 para o Fluminense sobre o Olaria em 24 de janeiro.[12] [13]

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Em 2014 foi anunciado como reforço do Grêmio para a disputa do Campeonato Gaúcho, Copa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. A contratação do volante não foi muito bem aceita por uma parte da torcida gremista, devido a passagem do volante pelo Internacional, maior rival do Grêmio.

Estreou com a camisa tricolor na terceira rodada do Campeonato Gaúcho de 2014, no dia 26 de janeiro do mesmo ano, na vitória gremista por 4 a 0 em cima do Aimoré, quando marcou o seu primeiro gol pelo Grêmio, o terceiro da partida, desviando com o pé esquerdo cruzamento do meia uruguaio Maxi Rodríguez (os outros três gols foram marcados por Barcos, Bressan e Kleber, respectivamente).

No dia 9 de fevereiro de 2014, Edinho jogou o seu primeiro Grenal com a camisa do Grêmio. Fora a primeira vez que Edinho enfrentou o seu ex-clube atuando pelo maior rival. Ainda no primeiro tempo da partida, Edinho acerto um belo chute de longa distância, no ângulo de Muriel, obrigando o goleiro colorado a fazer uma bela e difícil defesa. Após o lance, a torcida gremista passou a cantar "Edinho, guerreiro!", em alusão ao espírito aguerrido do volante. A partida terminou empatada em 1 a 1, com gols de Fabrício, para o Inter, e de Barcos para o lado do Grêmio.[14]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Todos os gols pelo Internacional:

Títulos[editar | editar código-fonte]

Edinho em ação no Palmeiras em 2010.
Internacional
Fluminense

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Caracterizado pelas posições defensivas, Edinho joga tanto no meio como volante defensivo quanto como zagueiro, edinho não é um jogador muito veloz e ágil, procurando sempre desarmar os jogadores antes que eles tenham uma explosão.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.