Duílio Dias Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Duílio
Informações pessoais
Nome completo Duílio Dias Júnior
Data de nasc. 13 de março de 1957 (58 anos)
Local de nasc. Curitiba (PR),
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,86 m
Informações profissionais
Posição zagueiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1976-1980
1981
1982
1983-1985
1985-1988
1988-1991
1991-1992
1992-1995
Brasil Coritiba
Brasil Portuguesa
Brasil America
Brasil Fluminense
Portugal Sporting
Portugal Estrela Amadora
Portugal Ovarense
Portugal Portimonense
00054 000(4)
00014 000(0)
000010 000(0)
000146 000(8)
Times/Equipas que treinou
1998
2007
2011
2011
2012
2012
2015-
Brasil Fluminense (interino)
Cazaquistão Kazakhmys
Brasil Serrano
Brasil Nova Iguaçu
Brasil Rio Branco-ES
Brasil América-RJ
Brasil Rio Branco-ES

Duílio Dias Júnior, mais conhecido como Duílio (Curitiba, 13 de março de 1957), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como zagueiro. Atualmente é treinador do Rio Branco-ES.

Junior é filho do maior goleador do Coritiba em campeonatos paranaenses, o ídolo Duílio[1] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Coritiba em 1977, conquistou o tricampeonato paranaense em 1976, 1978 e 1979[2] , e logo após, jogou pela Portuguesa de Desportos e pelo America-RJ, onde foi campeão da Taça Rio (2° turno do campeonato estadual) e do Torneio dos Campeões da CBF (jogou 10 jogos e marcou 2 gols), até transferir-se para o Fluminense, em 1983.

No tricolor carioca, Duílio formou com Ricardo Gomes a dupla de zaga do título brasileiro de 1984.[2] [3]

Como treinador, teve destaque no Kazakhmys, do Cazaquistão, na temporada 2011 e no Serrano.[4] e Nova Iguaçu.[5] . Também comandou o Rio Branco do Espírito Santo e[6] desde 2012, o America.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Coritiba
America
Fluminense
Estrela Amadora

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Rio Branco

Referências

  1. Duílio, o maior goleador da história do Coxa Jornal Gazeta do Povo
  2. a b Que Fim Levou? - Duílio Terceirotempo.ig.com.br. Visitado em 16 de junho de 2011.
  3. FEITAL, Bernardo; BITTENCOURT, Marlos (1º de dezembro de 2010). Campeão em 1984, Duílio elogia Gum e vê futuro para o zagueiro no Flu Universo Online. Visitado em 16 de junho de 2011.
  4. Intertv (13.04.2011). Duílio não é mais técnico do Serrano. Visitado em 07.01.2012.
  5. FutRJ (01.06.2011). Duílio será técnico do Nova Iguaçu na Copa Rio. Visitado em 07.01.2012.
  6. Time mais vezes campeão terá ex-zagueiro do Flu e Lusa como treinador


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.