Leonardo Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leonardo Silva
Leonardo Silva
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Fabiano da Silva e Silva
Data de nasc. 22 de Junho de 1979 (35 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileira
Altura 1,92 m
Destro
Apelido Leo Silva
Informações profissionais
Clube atual Brasil Atlético Mineiro
Número 3
Posição zagueiro
Clubes de juventude
Brasil América-RJ
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19972001
20022003
2004
20052009
2006
2007
20072008
2008
2009-2010
2011
Brasil América-RJ
Brasil Brasiliense
Brasil Bahia
Brasil Palmeiras
Brasil Portuguesa (emp.)
Brasil Juventude (emp.)
=Emirados Árabes Unidos Al-Wahda (emp.)
Brasil Vitória (emp.)
Brasil Cruzeiro
Brasil Atlético Mineiro


0028 0000(3)
0024 0000(2)
0015 0000(5)
0019 0000(1)

0027 0000(1)
0073 0000(11)
0165 0000(17)
Seleção nacional3
2012 Brasil Brasil 0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de Dezembro de 2011.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de Novembro de 2012.

Leonardo Fabiano da Silva e Silva,[1] mais conhecido como Leonardo Silva (Rio de Janeiro, 22 de junho de 1979[2] ), é um futebolista brasileiro que atua como zagueiro. Atualmente, joga pelo Atlético Mineiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou no América-RJ em 1997, permanecendo no clube até 2001, se transferindo para o Brasiliense em 2002, ficando até 2003.

Em 2004, foi para o Bahia, defendendo o tricolor baiano durante toda a temporada. Se destacou e, em 2005, foi contratado pelo Palmeiras, onde não teve muitas oportunidades, sendo emprestado à Portuguesa no ano seguinte e ao Juventude em 2007, jogando uma quantidade razoável de partidas nos dois clubes.

Ainda em 2007, foi emprestado novamente, dessa vez ao Al, onde ficou até 2008, quando voltou ao Brasil para defender o Vitória, mais uma vez por empréstimo. No rubro-negro baiano, foi campeão baiano e se destacou nacionalmente na campanha do clube na Série A do Brasileirão.

Em 2009, o Palmeiras optou por emprestá-lo ao Cruzeiro. Na Raposa, Léo foi novamente destaque, se tornando um dos jogadores mais regulares do elenco. No final da temporada, o clube celeste comprou o passe do jogador. Em junho de 2010, sofreu uma grave lesão que o afastou dos gramados, e, em dezembro do mesmo ano, não mostrou vontade em renovar com o clube, e a imprensa declarava que estaria negociando com outros clubes. Assim, o Cruzeiro liberou o zagueiro.[3]

Para a temporada de 2011, Leonardo Silva foi anunciado, por Alexandre Kalil, para juntar-se ao elenco do seu antigo rival Atlético Mineiro, sendo contratado por 2 anos.[4]

No dia 21 de setembro de 2012, o Atlético-MG anunciou a renovação de contrato do zagueiro Leonardo Silva. O novo vínculo do jogador termina em 31 de dezembro de 2014.

Leonardo recebeu no dia 03 de Dezembro de 2012 o premio de melhor zagueiro central do brasileirão 2012.

Em 24 de Julho de 2013, foi campeão da Copa Libertadores da América de 2013 pelo Atlético Mineiro. No segundo jogo da final da Copa Libertadores, entre Atlético e Olímpia, marcou aos 41 minutos do segundo tempo o gol que levou o jogo para a prorrogação e, posteriormente, disputa por pênaltis. Nos pênaltis, converteu o quarto e último pênalti que garantiu ao Atlético Mineiro o título inédito de campeão da América.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de novembro de 2012, Leonardo Silva recebeu sua primeira convocação para a Seleção Brasileira, para a disputa do Superclássico das Américas contra a Argentina.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasiliense
Vitória
Cruzeiro
Atlético Mineiro
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dados pessoais de Leonardo Silva. Ogol.com.br.
  2. Detalhes do atleta. Br.sambafoot.com.
  3. Jogadores do Cruzeiro. Sítio oficial do Cruzeiro. Página visitada em 21 de abril de 2010.
  4. Léo Silva é do Galo. Globo Esporte. Página visitada em 5 de janeiro de 2011.
  5. Leonardo Silva confessa emoção por primeira convocação para a Seleção. Globo Esporte. Página visitada em 13 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]