Levir Culpi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Levir Culpi
Informações pessoais
Nome completo Levir Culpi
Data de nasc. 28 de fevereiro de 1953 (61 anos)
Local de nasc. Curitiba (PR),  Brasil
Informações profissionais
Clube atual Brasil Atlético Mineiro
Posição Treinador
(ex-Zagueiro)
Clubes de juventude
0000–1971 Brasil Coritiba
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1971–1972
1973–1974
1974–1976
1977–1981
1979–1980
1982–1984
1985–1986
Brasil Coritiba
Brasil Botafogo
Brasil Santa Cruz
Brasil Colorado
México Atlante
Brasil Figueirense
Brasil Juventude
4 (0)
2 (0)
57 (0)
17 (0)
32 (1)

Times que treinou
1986
1986–1987
1988
1988–1989
1989–1990
1990
1991
1992
1992
1993
1994
1994–1995
1995
1996
1997
1998–1999
2000
2001
2001
2002
2003–2004
2004
2005
2005
2006–2007
2007–2013
2014–
Brasil Caxias
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Marcílio Dias
Brasil Inter de Limeira
Brasil Criciúma
Brasil Internacional
Brasil Coritiba
Brasil Criciúma
Arábia Saudita Al-Ittifaq
Brasil Paraná
Brasil Guarani
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Portuguesa
Brasil Cruzeiro
Japão Cerezo Osaka
Brasil Cruzeiro
Brasil São Paulo
Brasil Sport
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Palmeiras
Brasil Botafogo
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Cruzeiro
Brasil São Caetano
Brasil Atlético Mineiro
Japão Cerezo Osaka
Brasil Atlético Mineiro
Última atualização: 4 de setembro de 2014

Levir Culpi (Curitiba, 28 de fevereiro de 1953) é um ex-futebolista e atual treinador brasileiro, que atuava como zagueiro. Atualmente, dirige o Atlético Mineiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou-se como treinador logo após encerrar sua carreira dentro das quatro linhas, em 1987, no Juventude. Mostrou talento como treinador quando comandou os três grandes clubes do futebol paranaense: Atlético Paranaense, Coritiba e Paraná, tendo destacado-se nacionalmente quando dirigiu o Cruzeiro, com o qual sagrou-se campeão da Copa do Brasil de 1996 vencendo o badalado time do Palmeiras. Na condição de técnico do São Paulo foi campeão paulista em 2000 e vice da Copa do Brasil.

Dirigiu ainda o Criciúma na Copa Libertadores da América de 1992 e levou o time catarinense às quartas-de-final. Além da Portuguesa e o time japonês Cerezo Osaka, em 1997. Protagonizou um dos mais tristes momentos da história do Palmeiras no ano de 2002, assumindo o cargo de técnico do clube em situação desesperadora e não conseguindo salvar o clube do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro[1] .

No ano seguinte, Levir foi contratado pelo Botafogo, time que foi rebaixado junto com o Palmeiras em 2002. Levir Culpi conduziu o time a um vice-campeonato da Série B, trazendo-o volta para a elite do futebol com uma das duas vagas de acesso à Série A.

Em 2006 levou o Atlético Mineiro, de forma brilhante, de volta à elite do futebol brasileiro. Tendo assumido o comando do time no meio do campeonato, com o time na incomoda 14ª posição, Levir formou uma grande equipe e, contando com os gols de Marinho e com as boas atuações de atletas formados no clube, como Lima, Diego e Rafael Miranda, levou o time ao título do Campeonato Brasileiro Série B em 2006. Mantendo essa base, foi Campeão Mineiro em 2007. Depois foi para o Cerezo Osaka, do Japão, ficando até o fim da temporada 2011 no futebol japonês[2] . Retornou ao comando da equipe japonesa no meio de 2012, para tentar salvá-la do descenso à J-League 2.

No dia 24 de abril de 2014, foi anunciado como substituto de Paulo Autuori no comando do Atlético Mineiro. Esta será a quarta passagem de Levir Culpi pelo clube mineiro.[3]

No dia 4 de setembro de 2014, contra o Palmeiras válido pela Copa do Brasil, Levir Culpi completou 200 jogos comandando o Atlético Mineiro, tornado assim, o 4º treinador que mais treinou o Atlético Mineiro na história. A partida terminou com a vitória do Galo por 2x0, no Estádio Independência.[4]

Estatística[editar | editar código-fonte]

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento %
Atlético-MG até 2007 175 93 38 44 60%
Atlético-MG 2014 32 19 7 6 67%

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Inter de Limeira
Criciúma
Paraná
Cruzeiro
São Paulo
Atlético Mineiro

Campanhas de Destaque[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro
São Paulo
Atlético-PR

Referências

Precedido por
Ernesto Guedes
Técnico do Internacional
1990
Sucedido por
Valdir Espinosa
Precedido por
Antônio Lopes
Nelsinho Batista
Marco Aurélio Moreira
Técnico do Cruzeiro
1996
1998–1999
2005
Sucedido por
Oscar Bernardi
Paulo Autuori
Paulo César Gusmão
Precedido por
Valdir Espinosa
Zé Maria (interino)
Marcelo Oliveira (interino)
Paulo Autuori
Técnico do Atlético Mineiro
1994-1995
2001
2006-2007
2014-
Sucedido por
Gaúcho
Marcelo Oliveira (interino)
Tico dos Santos
-
Precedido por
Hiroshi Sowa
Satoshi Tsunami
Sérgio Soares
Técnico do Cerezo Osaka
1997
2007–2011
2012–2013
Sucedido por
Yasutaro Matsuki
Sérgio Soares
Ranko Popović
Precedido por
Mílton Cruz (interino)
Técnico do São Paulo
2000
Sucedido por
Vadão
Precedido por
Jair Pereira
Técnico do Sport
2001
Sucedido por
Hugo Benjamim
Precedido por
Carlos Alberto Torres
Técnico do Botafogo
2003–2004
Sucedido por
Mauro Galvão
Precedido por
Mário Sérgio
Técnico do Atlético Paranaense
2004
Sucedido por
Casemiro Mior
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.