Hélio dos Anjos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hélio dos Anjos
Informações pessoais
Nome completo Hélio César Pinto dos Anjos
Data de nasc. 7 de março de 1958 (56 anos)
Local de nasc. Janaúba (MG),  Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Goleiro)
Clubes de juventude
1978 Brasil Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1971–1978
1978–1979
1979–1980
1981–1982
Brasil Cruzeiro
Brasil América Mineiro
Brasil Flamengo
Brasil Joinville
0072 000(-47)
0009 0000(-9)
0001 0000(0)
0009 000(-11)
Times que treinou
1985–1989
1990
1990–1991
1991
1991-1992
1993
1993
1994
1994
1995
1995
1996
1996–1997
1997
1998
1999–2001
2001
2001
2001
2001–2002
2003–2004
2004
2004
2005
2005–2006
2006
2006
2007–2008
2008–2010
2010
2011
2011–2012
2013
Brasil Joinville
Brasil Avaí
Brasil Sãocarlense
Brasil Juventude
Brasil Vitória
Brasil Santo André
Brasil Náutico
Brasil XV de Piracicaba
Brasil Atlético Paranaense
Brasil Remo
Brasil Goiás
Brasil Vitória
Brasil Sport
Brasil Grêmio
Brasil Vitória
Brasil Goiás
Brasil Juventude
Brasil Guarani
Brasil Vasco da Gama
Brasil Goiás
Brasil Sport
Brasil Fortaleza
Brasil Vitória
Brasil Fortaleza
Brasil Juventude
Brasil Fortaleza
Brasil Náutico
Flag of Saudi Arabia.svg Arábia Saudita
Brasil Goiás
=Emirados Árabes Unidos Al-Nasr
Brasil Sport
Brasil Atlético Goianiense
Brasil Fortaleza
Última atualização: 5 de agosto de 2013

Hélio César Pinto dos Anjos, mais conhecido como Hélio dos Anjos (Janaúba, 7 de março de 1958), é um treinador e ex-futebolista brasileiro, que atuava como goleiro. Atualmente sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Quando ainda atuava como jogador na posição de goleiro, Hélio chegou a jogar no Flamengo, entre os anos de 1978 e 1980. Na época era apenas o terceiro goleiro do elenco, atrás do titular Raul Plasmann e do reserva Cantarele. É famoso pelo rigor quanto a disciplina dos jogadores e como um técnico revelador de talentos. Uma característica de Hélio dos Anjos é a constante volta aos clubes que treinou como Juventude (4 vezes), Goiás (4 vezes), Fortaleza (4 vezes), Vitória (3 vezes), Sport (3 vezes), entre outros. É também empresário, sócio da Construtora G4[1] .

Já foi treinador de grandes clubes do Brasil, como Grêmio, Vasco da Gama, Goiás, Sport, Atlético Paranaense, Vitória, Bahia, Fortaleza, dentre outros. No Goiás, clube o qual mais jogos treinou (294 jogos) e mais títulos ganhou, foi escolhido pela torcida o treinador da história do Goiás. Em 2006 levou o Náutico a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. De março de 2007 a junho de 2008, treinou a Seleção Saudita de Futebol, substituindo o compatriota Marcos Paquetá. Na seleção foi vice-campeão da Copa da Ásia em 2007. Em 2011, chegou no Atlético Goianiense,[2] , onde conseguiu salvar a equipe do descenso à Série B, e classificou o time para a Copa Sul-Americana. Permaneceu no Atlético-GO até março de 2012.

No dia 06 de março de 2013, após acerto com a diretoria do leão, retorna em sua 4ª passagem para dirigir o Fortaleza.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Ano Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
2011-2012 Atlético-GO 32 15 9 8
2013 Fortaleza 30 12 7 11

Ano

Clube

Jogos

Vitórias

Empates

Derrotas

1999-2001; 2009 Goiás 294 161 61 72
1996-1997; 2003-2004; 2011 Sport 197 104 54 39

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Flamengo
Joinville

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Seleção da Arábia Saudita

Juventude
Vitória
Remo
Goiás

XV de Piracicaba

Acesso a Primeira divisão do Campeonato Paulista: 1994

Santo André

Acesso a Primeira divisão do Campeonato Paulista: 1993

Sport

Náutico

  • Acesso a Primeira divisão: 2006

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Lico
Santa Catarina Técnico do Avaí
19891990
Sucedido por
Gil Alves
Precedido por
Paulo Emílio
Geninho
Evaristo de Macedo
Oswaldo de Oliveira
Bahia Técnico do Vitória
1991-1992
1996
1998
2004
Sucedido por
João Francisco
Edinho
Celso Roth
Evaristo de Macedo
Precedido por
Lori Sandri
Heriberto da Cunha
Geninho
Pernambuco Técnico do Sport
1996-1997
2003-2004
2011
Sucedido por
Eduardo Amorim
Nereu Pinheiro
Mazola Júnior
Precedido por
Paulo Campos
Pernambuco Técnico do Náutico
2006-2007
Sucedido por
Paulo César Gusmão
Precedido por
Alcir Portella (interino)
Rio de Janeiro Técnico do Vasco
2001
Sucedido por
Paulo César Gusmão
Precedido por
Argel Fucks
Santa Catarina Técnico do Figueirense
2012
Sucedido por
Márcio Goiano
Precedido por
Ferdinando Teixeira
Dorival Júnior
Valdir Espinosa
Vica
Ceará Técnico do Fortaleza
2004
2005
2006
2013
Sucedido por
Ferdinando Teixeira
Dorival Júnior
Valdir Espinosa
Luís Carlos Martins
Precedido por
Vadão
Goiás Técnico do Goiás
2008-2010
Sucedido por
Jorginho
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.