Marcos Assunção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcos Assunção
Marcos Assunção
Informações pessoais
Nome completo Marcos dos Santos Assunção
Data de nasc. 25 de julho de 1976 (38 anos)
Local de nasc. Caieiras (SP),  Brasil
Altura 1,78 m
Destro
Apelido Canhão do Palestra "Kid Bengala"
Informações profissionais
Período em atividade 1993-presente (21 anos)
Clube atual Brasil Marília
Posição Volante e Meio-Campista
Clubes de juventude
19931995
1995
Brasil Rio Branco
Brasil Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19951997
19971998
19981999
19992002
20022007
20072008
20082009
20092010
20102012
2013
2014
2014
Brasil Santos
Brasil Flamengo
Brasil Santos
Itália Roma
Espanha Real Betis
=Emirados Árabes Unidos Al-Ahli
=Emirados Árabes Unidos Al Shabab
Brasil Grêmio Prudente
Brasil Palmeiras
Brasil Santos
Brasil Figueirense
BrasilPortuguesa
BrasilMarília
0033 0000(3)
0042 0000(7)
0078 000(21)
0055 0000(9)
0143 000(29)
0012 0000(1)
0021 0000(3)
0019 0000(5)
0145 000(35)
0012 0000(0)
0015 0000(2)
0005 0000(0)
Seleção nacional3
19982000 Brasil Brasil 0011 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 23 de agosto de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 10 de janeiro de 2014.

Marcos dos Santos Assunção, mais conhecido como Marcos Assunção (Caieiras, 25 de julho de 1976), é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente defende o Marília.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

O jogador iniciou sua carreira atuando pelas categorias de base do Rio Branco de Americana, quando tinha apenas dezesseis anos de idade. Habilidoso e dono de um forte chute, Marcos pouco ficou no Rio Branco, e aos dezoito, foi chamado para defender o Santos, seu primeiro clube como profissional e time para qual torcia na infância.

Santos[editar | editar código-fonte]

Foram dois anos atuando pelo Santos, clube que acabou o projetando nacionalmente, e oferecendo a primeira chance de Marcos como jogador da Seleção Brasileira, mas em 1998, ao fim do Campeonato Paulista, o jogador foi trocado pelos jogadores Athirson e Lúcio[1] e transferido para o Flamengo, que à época era presidido por Kléber Leite.

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Já selecionável, Marcos chegou a Gávea com status de revelação, em uma troca que envolveu a ida dele e do atacante Caio (Ribeiro) em troca do lateral esquerdo Athirson e do meia Lúcio. Jogou no meio-campo ao lado de Zé Roberto e, em pouco tempo, muito em virtude dos gols feitos, em sua maioria através de potentes chutes de falta, ganhou a simpatia do torcedor rubro-negro.

Foram, ao todo, nove meses na Gávea. Tempo suficiente para Marcos Assunção eleger a sua passagem pelo Flamengo como uma das mais marcantes da sua carreira, apesar de não ter ganho nenhum título.

Itália e Espanha[editar | editar código-fonte]

Marcos retornou ao Santos e posteriormente seguiu para a Roma da Itália, onde jogou ao lado do também ex rubro-negro Aldair, e marcou época conquistando um Campeonato Italiano e uma Supercopa da Itália.

Depois da Roma, Marcos se transferiu para o Betis, onde ficou até 2007 e fez história com suas cobranças de falta magníficas.

Emirados Árabes[editar | editar código-fonte]

Após 5 anos, se transferiu para os Emirados Árabes para defender o Al-Ahli. Dentro do próprio país árabe, porém, Marcos Assunção mudou de clube em meados de 2008, quando foi para o Al Shabab.

Retorno ao Brasil[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2009, Marcos Assunção volta ao seu país natal para defender o Grêmio Barueri [2] .

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Marcos Assunção

Em 2010, Marcos Assunção foi contratado pelo Palmeiras.[3] Foi decisivo na partida contra o Vitória, pela Copa Sul-Americana de 2010, marcando um gol de falta nos últimos minutos de jogo, garantindo a classificação da equipe alviverde para as oitavas-de-final. Também foi importante no desempenho do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Em 29 de setembro, na Arena Barueri, marcou dois gols de falta contra o Internacional de Porto Alegre, que garantiram a vitória do Palmeiras por 2 a 0.

Por conta da precisão nas cobranças, Assunção vem sendo considerado um dos melhores batedores de falta do futebol brasileiro pela mídia especializada. Antes de suas cobranças, o jogador tem o ritual de deixar a língua de sua chuteira reta e seu meião arrumado. Segundo ele, se não for desta maneira, há uma dificuldade maior para a cobrança, pois a impressão é de que a bola seguirá para fora. Com o ritual feito, ele considera que as chances de gol são maiores. Ao todo, são 31 gols com a camisa alviverde, sendo 23 gols de falta, 6 com bola rolando, 1 de pênalti e 1 olímpico.

Em maio de 2011, Assunção assinou novo contrato com o Palmeiras, válido até o fim de 2012.[4] . No dia 25 de janeiro de 2012, no jogo com a Portuguesa pelo Campeonato Paulista, Marcos Assunção completou cem jogos atuando pelo Palmeiras e usou uma camisa comemorativa com o numero 100. [5] O jogo terminou em 1 a 1.[6]

Já em 2012, Marcos Assunção comemorou seu primeiro titulo pelo Palmeiras: a Copa do Brasil de 2012, que teve o jogador como peça chave na campanha do clube e capitão. O gol do Palmeiras no empate de 1 a 1 com o Coritiba, na final da competição, foi fruto de uma falta de Assunção, escorada de cabeça para o fundo das redes pelo atacante Betinho. A conquista do título, o primeiro nacional do Palmeiras em 12 anos, fez de Assunção um dos principais ídolos da torcida palmeirense da atualidade, junto a jogadores como Henrrique, Barcos e Valdivia[7] .

Após o título, Assunção, aos prantos, disse que, em dois anos de Palmeiras, chegou a passar por humilhações até por parte da imprensa, que não acreditava no elenco alviverde.[8]

Mesmo sendo um dos grandes destaques do time na temporada e jogando machucado em diversas oportunidades, Assunção não conseguiu evitar, no Campeonato Brasileiro de 2012, que o Palmeiras fosse rebaixado para a Série B do ano seguinte[9] .

Em 6 de janeiro de 2013, após longas negociações, foi decidido que Assunção não renovaria seu contrato com o Palmeiras.[10] [11]

Após sua saída do Verdão, Assunção disse que, para voltar a viver dias melhores, o clube precisa arrumar a casa internamente. Um dos principais problemas apontados pelo jogador como desestabilizador do ambiente é o vazamento de informações provenientes do vestiário. Mesmo assim, apesar das fortes conturbações, o futebolista de 36 anos afirmou que, em sua passagem de cerca de dois anos e meio, aprendeu a amar o alviverde.[12]

Retorno ao Santos[editar | editar código-fonte]

No dia 11 de janeiro de 2013, acertou com o Santos para a temporada, assinando um contrato de 1 ano com o Peixe.[13] Sua contratação foi elogiada pelo treinador santista, Muricy Ramalho, que vê na sua chegada a possibilidade de "agregar" o elenco.[14] Apesar de a temporada já ter iniciado, com o Santos estando, inclusive, já na quarta rodada do Paulistão, Assunção, por ainda não ter entrado oficialmente em campo pelo alvinegro, marcou presença no jogo-treino do clube diante do Audax paulista, que terminou em vitória por 1 a 0. O volante, por sua vez, foi elogiado, obtendo boa presença nos passes e, como sempre se espera, nas bolas paradas.

Figueirense[editar | editar código-fonte]

Em 14 de janeiro de 2014 Marcos Assunção é anunciado como novo reforço do Figueirense onde, no dia 13 de abril, ajuda a equipe alvinegra a conquistar o seu 16º título do Campeonato Catarinense. [15]

No dia 30 de abril de 2014, após ser anunciada a demissão do então técnico Vinícius Eutrópio, Assunção decide por rescindir o contrato junto ao Figueirense, contrariando sua vontade de encerrar a carreira no clube ao final da temporada.

Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Dispensado do Figueirense, acertou até o final do ano em junho de 2014, com a Portuguesa. [16]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Depois de dez oportunidades com a Seleção Brasileira, Assunção teve sua última atuação vestindo a Amarelinha em 2000, num jogo diante do Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2002, quando, em Santiago, os brasileiros foram derrotados por 3 a 0. Dez anos depois, em 2010, o volante demonstraria mágoa a Galvão Bueno. Segundo Assunção, o narrador da Rede Globo, após uma falta, teria o criticado acintosamente, crítica esta que minaria as suas possibilidades de prosseguir atuando pelo time pentacampeão mundial.[17]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Palmeiras 2010 26 6 2 0 7 4 2 0 37 10
2011 34 8 6 1 2 1 18 1 60 11
2012 18 2 10 2 1 0 19 6 48 10
Total 78 16 18 3 10 5 39 7 145 31
Brasil Santos 2013 4 0 2 0 0 0 6 0 12 0
Total 4 0 2 0 0 0 6 0 12 0
Brasil Figueirense 2014 2 0 0 0 13 2 15 2
Total 2 0 0 0 13 2 15 2
Brasil Portuguesa 2014 5 0 0 0 5 0
Total 5 0 0 0 5 0
Total na carreira 87 16 20 3 10 5 50 9 177 33

¹Estão incluídos jogos e gols pelo Campeonato Paulista e Jogos Amistosos.

Gols pelo Palmeiras[editar | editar código-fonte]

# Data Competição Fase Local Adversário Placar Gol Tempo Placar Final
1 22 de Julho de 2010 Campeonato Brasileiro 10ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP Rio de Janeiro Botafogo 1-0 Falta 2' 2º T Symbol neutral vote.svg 2-2
2 19 de Agosto de 2010 Copa Sul-Americana Fase Nacional - Jogo de Volta Pacaembu, São Paulo - SP Bahia Vitória 3-0 Falta 43' 2º T Symbol support vote.svg 3-0
3 29 de Agosto de 2010 Campeonato Brasileiro 17ª Rodada Ipatingão, Ipatinga - MG Minas Gerais Atlético-MG 1-1 Bola Rolando 21' 2º T Symbol support vote.svg 1-2
4 15 de Setembro de 2010 Campeonato Brasileiro 22ª Rodada Olímpico, Porto Alegre - RS Rio Grande do Sul Grêmio 0-1 Falta 14' 1º T Symbol support vote.svg 1-2
5 29 de Setembro de 2010 Campeonato Brasileiro 26ª Rodada Arena Barueri, Barueri - SP Rio Grande do Sul Internacional 1-0 Falta 31' 1º T Symbol support vote.svg 2-0
6 29 de Setembro de 2010 Campeonato Brasileiro 26ª Rodada Arena Barueri, Barueri - SP Rio Grande do Sul Internacional 2-0 Falta 2' 2º T Symbol support vote.svg 2-0
7 14 de Outubro de 2010 Copa Sul-Americana Oitavas-de-Final - Jogo de Ida Olímpico Pátria, Sucre - Bolívia Flag of Bolivia.svg Universitario de Sucre 0-1 Falta 26' 1ª T Symbol support vote.svg 0-1
8 17 de Outubro de 2010 Campeonato Brasileiro 30ª Rodada Arena Barueri, Barueri - SP Ceará Ceará 1-0 Falta 45' 1º T Symbol neutral vote.svg 1-1
9 10 de Novembro de 2010 Copa Sul-Americana Quartas-de-Final - Jogo de Volta Pacaembu, São Paulo - SP Minas Gerais Atlético-MG 1-0 Olímpico 28' 1º T Symbol support vote.svg 2-0
10 17 de Novembro de 2010 Copa Sul-Americana Semi-Final - Jogo de Ida Serra Dourada, Goiânia - GO Goiás Goiás 0-1 Bola Rolando 2' 2º T Symbol support vote.svg 0-1
11 27 de Janeiro de 2011 Campeonato Paulista 4ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Paulista 1-0 Falta 19' 1º T Symbol support vote.svg 3-1
12 11 de Junho de 2011 Copa do Brasil Quartas-de-Final - Jogo de Volta Pacaembu, São Paulo - SP Paraná Coritiba 2-0 Falta 19' 2º T Symbol support vote.svg 2-0
13 30 de Junho de 2011 Campeonato Brasileiro 7ª Rodada Canindé, São Paulo - SP Goiás Atlético-GO 2-0 Pênalti 33' 1º T Symbol support vote.svg 2-0
14 30 de Julho de 2011 Campeonato Brasileiro 13ª Rodada Canindé, São Paulo - SP Minas Gerais Atlético-MG 1-0 Falta 14' 1ª T Symbol support vote.svg 3-2
15 03 de Agosto de 2011 Campeonato Brasileiro 14ª Rodada Couto Pereira, Curitiba - PR Paraná Coritiba 1-1 Falta 19' 1º T Symbol neutral vote.svg 1-1
16 25 de Agosto de 2011 Copa Sul-Americana Fase Nacional - Jogo de Volta Pacaembu, São Paulo - SP Rio de Janeiro Vasco 3-1 Falta 47' 2º T Symbol support vote.svg 3-1
17 31 de Agosto de 2011 Campeonato Brasileiro 20ª Rodada Engenhão, Rio de Janeiro - RJ Rio de Janeiro Botafogo 3-1 Falta 46' 2º T Symbol oppose vote.svg 3-1
18 01 de Outubro de 2011 Campeonato Brasileiro 27ª Rodada Canindé, São Paulo - SP Minas Gerais América-MG 1-0 Falta 29' 1º T Symbol neutral vote.svg 1-1
19 13 de Novembro de 2011 Campeonato Brasileiro 34ª Rodada Olímpico, Porto Alegre - RS Rio Grande do Sul Grêmio 0-2 Falta 14' 2º T Symbol neutral vote.svg 2-2
20 20 de Novembro de 2011 Campeonato Brasileiro 36ª Rodada Pituaçu, Salvador - BA Bahia Bahia 0-2 Falta 45' 2º T Symbol support vote.svg 0-2
21 27 de Novembro de 2011 Campeonato Brasileiro 37ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo São Paulo 1-0 Falta 10' 2º T Symbol support vote.svg 1-0
22 01 de Fevereiro de 2012 Campeonato Paulista 4ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Mogi Mirim 1-0 Falta 1' 1º T Symbol support vote.svg 2-0
23 01 de Fevereiro de 2012 Campeonato Paulista 4ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Mogi Mirim 2-0 Falta 42' 2º T Symbol support vote.svg 2-0
24 08 de Fevereiro de 2012 Campeonato Paulista 6ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo XV de Piracicaba 2-1 Falta 26' 2º T Symbol support vote.svg 3-2
25 17 de Março de 2012 Campeonato Paulista 14ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Ponte Preta 2-0 Falta 11' 1º T Symbol support vote.svg 2-1
26 21 de março de 2012 Copa do Brasil 1ª Fase - Jogo de Volta Jayme Cintra, Jundiaí - SP Alagoas Coruripe 1-0 Falta 10' 2º T Symbol support vote.svg 3-0
27 25 de março de 2012 Campeonato Paulista 15ª Rodada Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Corinthians 0-1 Bola Rolando 17' 1º T Symbol oppose vote.svg 2-1
28 22 de abril de 2012 Campeonato Paulista Quartas-de-Final Brinco de Ouro, Campinas - SP São Paulo Guarani 2-1 Bola Rolando 9' 2º T Symbol oppose vote.svg 3-2
29 25 de abril de 2012 Copa do Brasil Oitavas-de-Final - Jogo de Ida Vila Capanema, Curitiba - PR Paraná Paraná 0-1 Falta 21' 1º T Symbol support vote.svg 1-2
30 22 de setembro de 2012 Campeonato Brasileiro 26ª Rodada Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis - SC Santa Catarina Figueirense 1-3 Bola Rolando 22' 2º T Symbol support vote.svg 1-3
31 29 de setembro de 2012 Campeonato Brasileiro 27ª Rodada Estádio do Pacaembu, São Paulo - SP São Paulo Ponte Preta 3-0 Bola Rolando 14' 2º T Symbol support vote.svg 3-0
Total 31

Títulos[editar | editar código-fonte]

Santos
Roma
Betis
Al Ahli
Palmeiras

Figueirense

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Grêmio Barueri
Palmeiras

Figueirense

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

"Necesito suerte ante Assunção!"
Iker Casillas, em entrevista ao Canal+
"Hoje eu fui feliz porque estudei muito as cobranças dele. Estava até sonhando com as faltas dele nos últimos dias"
Júlio César, em entrevista a globoesporte.com [21]
  • No geral, estima-se que Marcos Assunção contabilize mais de 160 gols de falta em toda a carreira profissional.[22]

Referências

  1. Marcos Assunção e Caio x Athirson e Lúcio Esporte - Terra
  2. Globo Esporte - Barueri contrata Marcos Assunção
  3. Reporter News - Palmeiras contrata volante Marcos Assunção
  4. Globo Esporte - Assunção renova com o Palmeiras até o fim de 2012
  5. [1]
  6. [2]
  7. "Palmeiras busca empate e é campeão da Copa do Brasil", Agência Estado, 12/7/2012.
  8. Emocionado, M. Assunção chora após título e lembra "humilhação"
  9. "Gol de Love, Bahia e Lusa decretam o segundo rebaixamento da história do Palmeiras", UOL, 18/11/2012.
  10. "Sem acordo, Marcos Assunção não veste mais a camisa do Palmeiras", GloboEsporte, 06/01/2013.
  11. "Palmeiras não chega a acordo para renovar com Assunção", Site oficial do Palmeiras, 06/01/2013.
  12. Assunção diz que Palmeiras precisa arrumar a casa para voltar a brilhar
  13. "Marcos Assunção acerta com o Santos e faz exames médicos antes de assinar contrato", UOL Esporte, 11/01/2013.
  14. Muricy elogia qualidade e caráter de Assunção: “Vai agregar muito”. Assunção fez sua estreia pelo Santos no dia 23/01/13.
  15. Marcos Assunção é o novo reforço do Figueirense
  16. Veterano Marcos Assunção é apresentado pela Portuguesa
  17. Em entrevista exclusiva, Assunção revela mágoa de Galvão Bueno
  18. Ajax Para o Brasil. Palmeiras – Ajax 1-0 (0-0).
  19. Premiação Top da Bola
  20. Lasprovincias.es. Marcos Senna, estrella de Champions. Visitado em 20 de outubro de 2009.
  21. globoesporte.com. Destaque do clássico, Julio Cesar estudou cobranças de Assunção. Visitado em 26 de outubro de 2010.
  22. SporTV - Zico elege Marcos Assunção como grande batedor de faltas da atualidade

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.