Carlos Eduardo Marques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Informações pessoais
Nome completo Carlos Eduardo Marques
Data de nasc. 18 de julho de 1987 (27 anos)
Local de nasc. Ajuricaba (RS),  Brasil
Altura 1,70 m[1]
Canhoto
Apelido Cadu, CE10
Informações profissionais
Clube atual Rússia Rubin Kazan
Posição Meia
Clubes de juventude
2001–2006 Brasil Grêmio
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2007
2007–2010
2010–
2013–2014
Brasil Grêmio
Alemanha 1899 Hoffenheim
Rússia Rubin Kazan
Brasil Flamengo (emp.)
0036 0000(7)
0080 000(18)
0008 0000(2)
00050 0000(1)
Seleção nacional3
2007
2009–2010
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil

0006 0000(0)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 20 de Março de 2014.


3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 3 de Outubro de 2011.

Carlos Eduardo Marques, mais conhecido como Carlos Eduardo (Ajuricaba, 18 de julho de 1987) é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente joga pelo Rubin Kazan.

Carlos Eduardo esteve na lista dos pré-selecionados para a Copa de 2010.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Grêmio[editar | editar código-fonte]

Na época, morava em Porto Alegre desde os 14 anos de idade, onde começou a jogar pelas categorias de base do Grêmio.

No início de 2007 foi integrado no elenco do Grêmio. Ajudou o time na conquista do Campeonato Gaúcho de 2007 marcando dois gols no primeiro jogo da final contra o Juventude. Também se destacou na campanha da Copa Libertadores da América, com apresentações de gala, onde o time foi até a final perdendo o título para o Boca Juniors.[3]

Foi considerado o craque e a revelação do Campeonato Gaúcho de 2007, pela Federação Gaúcha de Futebol.[4]

Em 27 de agosto de 2007, foi oficializada a venda do seu passe para o Hoffenheim, por 8 milhões de euros.

1899 Hoffenheim[editar | editar código-fonte]

Carlos Eduardo estreou pelo 1899 Hoffenheim no dia 3 de setembro de 2007 na derrota por 3 a 2 para o SC Freiburg, pela Segunda Divisão Alemã. Marcou seu primeiro gol pelo 1899 Hoffenheim na vitória de 3 a 1 sobre o Osnabrück.

Na temporada 2007-08, Carlos Eduardo marcou 6 gols em 25 jogos, levou o time as quartas-de-finais da Copa da Alemanha quando foi derrotado pelo Borussia Dortmund por 3 a 1. Pela liga, Carlos Eduardo teve boas atuações, sendo considerado o melhor driblador da Bundesliga B, tendo 71,4% de vitórias contra seus marcadores. No dia 16 de maio de 2008, depois de uma vitória de 5 a 0 sobre o Greuther Fürth em casa, o 1899 Hoffenheim conquistou o vice-campeonato, deixando times tradicionais como 1860 Munique, Colônia e Kaiserslautern para trás.

Na temporada 2008-09, Carlos Eduardo também se destacou. Foi o principal armador do Hoffenheim e marcou diversos gols no campeonato. Carlos Eduardo também foi um dos melhores assistentes da Liga, dando passes para a maioria dos gols de Vedad Ibišević e fazendo filas sobre os marcadores.

No dia 14 de janeiro de 2009, num amistoso contra o Hamburgo, Carlos Eduardo se envolveu em uma briga contra o croata Ivica Olić, onde o brasileiro chegou a dar um soco no rosto do jogador croata.[5] Depois de julgado, Carlos Eduardo foi punido pela Federação Alemã por 2 partidas da Bundesliga e 3 jogos amistosos de seu clube. A mesma punição foi dada a Ivica Olić.[6]

No dia 11 de Maio de 2010, viu seu nome confirmado na lista dos reservas pré-selecionados para a Copa de 2010.[2]

Rubin Kazan[editar | editar código-fonte]

Carlos Eduardo atuando pelo Rubin Kazan.

No dia 23 de agosto de 2010 foi acertada sua transferência para o Rubin Kazan, por 20 milhões de euros.[7] Semanas antes de deixar o clube, ele fez seus últimos jogos para o clube com uma vitória por 4 a 0 sobre o Hansa Rostock. Em 12 de setembro de 2010, ele fez sua estréia e marcou duas vezes na vitória por 3 a 0 sobre o Amkar Perm. Dois dias depois, ele fez sua estreia na UEFA Champions League, em uma derrota por 1 a 0 contra o Copenhague.[8]

No entanto, apesar de sua boa fase no início, ele sofreu uma grave lesão no joelho em novembro. Em outubro de 2011.[9] Em janeiro de 2012, ele continuou a sofrer dores no joelho depois de jogar um jogo,[10] resultando uma operação de mantê-lo fora de ação por 3 á 4 meses.[11] Após a partida, Kurban Berdyev disse que assumiria a responsabilidade por colocá-lo em campo. Em maio de 2012, ele se recuperou de sua lesão. No entanto três meses mais tarde, ele sofreu uma dor de garganta, mantendo-o fora de ação por 4 a 6 semanas.

No mês seguinte, ele fez seu primeiro jogo em dois anos, quando o Rubin Kazan perdeu por 1 a 0 contra o Lokomotiv Moscou. Após a partida, gerente de Kurban Berdyev estava feliz por ele para voltar, dizendo:[12]

Cquote1.svg Pela primeira vez, ele fez muito bem. Cquote2.svg

O mês seguinte, ele fez sua estréia em uma vitória por 2 a 0 sobre o Partizan em 4 de outubro de 2012. Ele jogou apenas seis jogos pelo Rubin nos últimos dois anos devido as lesões. Semanas depois uma rádio disse que Carlos Eduardo acertou com o Santos.[13] Mas em 27 de dezembro, foi negado o acerto com o clube paulista.[14] [15]

Esteve em tratamento de uma lesão no Grêmio, este tratamento provavelmente seja uma parte do pagamento para a negociação de Carlos Eduardo com o Grêmio, seu sonho é voltar a vestir a camisa do Grêmio.[16]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em 24 de janeiro de 2013, o Flamengo anunciou, em seu site oficial, a empréstimo do jogador por 18 meses[17] , a estreia foi no jogo contra o rival Botafogo, no dia 17 de fevereiro de 2013, válido pelo Campeonato Carioca.

Seu retorno ao futebol brasileiro tem, contudo, sido marcado por problemas físicos. Depois de atuações discretas, em 7 de abril de 2013 Carlos Eduardo voltou a sofrer com eles ao, no empate por 1 a 1 contra o Duque de Caxias, empate este que eliminou o Flamengo do Estadual, sentir dores na coxa esquerda. Porem não era uma contusão séria. Ele crê que não seja (problema psicológico). Sabe que jogar no Flamengo é pressão, mas está acostumado com isso desde criança."[18]

Em 05 de junho, após a derrota flamenguista para o Náutico por 1 a 0, na quarta rodada do Brasileirão, resultado que culminou com a demissão do técnico Jorginho, Carlos Eduardo, após más atuações, não foi poupado pela torcida. Os muros da Gávea foram pixados pedindo, além da demissão do próprio treinador e de apontar a diretoria como "incompetente", a saída do meia.[19]

Em 21 de agosto, fez seu primeiro - e único - gol pelo o Flamengo numa partida contra o Cruzeiro válida pela Copa do Brasil após uma falha da zaga do clube celeste, mas não evitou a derrota por 2 a 1.[20] Este gol foi importantíssimo, pois como o Flamengo venceu a partida de volta por 1x0, foi este seu gol que deu a classificação ao flamengo às semi-finais da competição.

Em 27 de novembro, acabou sendo campeão da Copa do Brasil com o Flamengo , onde o Flamengo, conquistou o terceiro título do torneio em sua história, ao superar o Atlético Paranaense por 2–0, no Maracanã.[21] Na ida, em Curitiba, empate por 1–1[22] . Com o título, a equipe carioca garantiu a vaga na Copa Libertadores da América de 2014.

No dia 14 de maio de 2014, Carlos Eduardo assinou sua rescisão com o Flamengo.

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Começou a atuar pela seleção nacional nas categorias de base, em 2007, participando do Mundial Sub-20 daquele ano.[23]

No dia 27 de Outubro de 2009, Carlos Eduardo recebeu sua primeira chance na seleção principal. Foi convocado para os amistosos contra a Inglaterra, no dia 14 de Novembro, e contra a Seleção do Omã, no dia 17 de novembro. Em 2010 foi convocado pelo técnico Mano Menezes para o amistoso contra os Estados Unidos no dia 10 de Agosto, em que o Brasil ganhou com gols de Neymar e Alexandre Pato. Foi convocado outra vez por Mano Menezes, agora para os amistosos contra o Irã, no dia 7 de outubro de 2010, em que o Brasil ganhou de 3 a 0, com gols de Daniel Alves, Alexandre Pato e Nilmar, e contra a Ucrânia, no dia 11 de outubro de 2010.[24]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio
Flamengo

Referências

  1. Perfil de Carlos Eduardo Marques. Página visitada em 28 de Dezembro de 2012.
  2. a b globoesporte.globo.com/ Brasil já tem lista para Copa. Adriano, e Neymar fora. Grafite dentro
  3. Alemães dobram proposta e devem levar Carlos Eduardo. Página visitada em 28 de Novembro de 2012.
  4. 1899 Hoffenheim signs Carlos Eduardo and Demba Ba. Página visitada em 29 de Agosto de 2007.
  5. Carlos Eduardo se envolve em confusão e Hoffenheim perde. Página visitada em 14 de Janeiro de 2009.
  6. Ex-gremista recebe punição severa da Federação Alemã. Página visitada em 23 de Janeiro de 2009.
  7. Rubin spend big on Carlos Eduardo. Página visitada em 17 de Setembro de 2010.
  8. FC Rubin Kazan - UEFA.com. Página visitada em 24 de Março de 2010.
  9. Курбан Бердыев: «Я смотрю «Барселону» и понимаю: это же баскетбол». Página visitada em 30 de Janeiro de 2012.
  10. Карлос Эдуардо вновь ляжет под нож. Página visitada em 12 de Junho de 2012.
  11. Карлосу Эдуардо сделана операция. Página visitada em 28 de Novembro de 2011.
  12. Карлосу Эдуардо сделана операция. Página visitada em 15 de Setembro de 2012.
  13. Empresário desmente acerto de Carlos Eduardo com o Santos. Página visitada em 26 de Dezembro de 2012.
  14. Santos desiste oficialmente da contratação de Carlos Eduardo. Página visitada em 4 de Janeiro de 2013.
  15. Sem acordo, Santos desiste da contratação de Carlos Eduardo. Página visitada em 8 de Janeiro de 2013.
  16. Elenco Tricolor - Goleiros, zagueiros, laterais, alas, volantes, meias, atacantes, comissão técnica. Página visitada em 23 de Janeiro de 2009.
  17. Peixoto, Eduardo (24 de janeiro de 2013). Fim da novela: Carlos Eduardo assina com o Flamengo por 18 meses (em português). GloboEsporte.com. Página visitada em 24 de janeiro de 2013.
  18. Carlos Eduardo sente lesão em dez minutos e segue martírio no Fla
  19. Jorginho é demitido do Flamengo após derrota para o Náutico
  20. Aliviado, Cadu celebra primeiro gol pelo Fla: 'Aumenta a minha confiança'
  21. Fla vence o Furacão por 2 a 0 e é tricampeão da Copa do Brasil (em português brasileiro). GloboEsporte.com (27 de novembro de 2013).
  22. Chutes potentes elam empate entre Furacão e Fla no primeiro jogo da final (em português brasileiro). GloboEsporte.com (20 de novembro de 2013).
  23. Premiere für Carlos Eduardo. Página visitada em 12 de Maio de 2010.
  24. Confederação Brasileira de Futebol - Site oficial. Página visitada em 12 de Maio de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Carlos Eduardo Marques