William Jones (matemático)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, consulte en:William Jones (mathematician) (inglês) e melhore este artigo conforme o guia de tradução.
William Jones
Matemática
Nascimento 1675
Local Llanfihangel Tw'r Beird
Morte 3 de julho de 1749 (74 anos)
Atividade
Campo(s) Matemática

William Jones FRS (Llanfihangel Tw'r Beird, Anglesey, 16753 de julho de 1749) foi um matemático galês.

Sua carreira bem-sucedida se deveu em parte por causa do apoio da família Bulkeley, do Norte de Gales, e mais tarde pelo apoio do Conde de Macclesfield.

Jones serviu ao mar, dando lições de matemática a bordo de um navio entre 1695 e 1702. Após suas viagens terem terminado, ele passou a ser um professor de matemática em Londres. Além disso, ele manteve uma série de cargos em estabelecimentos governamentais.

Como um matemático, a sua contribuição mais notável é a sua proposta para o uso do símbolo π (a letra grega pi) para representar a razão entre o comprimento da circunferência e seu diâmetro. Ele se tornou um grande amigo de Sir Isaac Newton e de Sir Edmund Halley. Em 1712, ele passou a ser um Membro da Sociedade Real, tornando-se, mais tarde, no seu vice-presidente.

Jones publicou a Synopsis Palmariorum Matheseos em 1706, uma obra feita para iniciantes e que incluía teoremas sobre cálculos diferenciais e séries infinitas. Navegação também era um tópico que interessava a Jones; a sua primeira obra publicada foi Um Novo Compêndio da Íntegra Arte da Navegação. Em 1731, ele publicou Discursos da Filosofia Natural dos Elementos.

Seu filho, também chamado William Jones, foi um filólogo renomado, o primeiro a reconhecer a existência do grupo de línguas indo-européias. Sua carreira bem-sucedida se deveu em parte por causa do apoio da família Bulkeley, do Norte de Gales, e mais tarde pelo apoio do Conde de Macclesfield.


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.