Adaílton Ladeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adaílton Ladeira
Informações pessoais
Nome completo Adaílton Ladeira
Data de nasc. 23 de agosto de 1941 (75 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP),  Brasil
Nacionalidade  Brasileiro
Apelido Ladeira
Informações profissionais
Equipa atual Flag of None.svg Sem clube
Posição Treinador
(ex-Ponta-direita, meia-direita e centroavante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)


1964
1965
1966–1967
1967–1968
1975–1978
Brasil Jaboticabal
Brasil América-SP
Brasil Botafogo-SP
Brasil São Paulo
Brasil Bangu[1]
Brasil Náutico
Brasil Guarani



3 (2)
26 (5)

Times/Equipas que treinou
1977
1980
1980
1980
1981
1981
1983–1985
1985
1986
1986
1987
1988–1990
1991–1992
1993
1993
1994
1994
1994
1994
1996
1996
1996–1998
1999
1999
2000
2001–2003
2003
2003
2003–2005
2005
2005–2006
2007
2008–2010
2010–2011
2011
2011–2012
2014–2015
2015–2016
Brasil Guarani
Brasil União Barbarense
Brasil Jundiaí[carece de fontes?]
Brasil Guarani
Brasil Primavera
Brasil XV de Jaú
Brasil União São João
Brasil EC São Bernardo
Brasil Independente
Brasil União São João
Brasil Francana
Brasil União São João
Brasil Paulista
Brasil Lemense
Brasil Paulista
Brasil Inter de Limeira
Brasil Rio Branco-SP[2]
Brasil Rio Branco B[3]
Flag of None.svg Al-Shabab[carece de fontes?]
Brasil Mirassol[4]
Brasil Rio Branco-SP[4]
Brasil Corinthians Sub-20[4]
Brasil Primavera
Brasil Osan[4]
Brasil Palmeirinha
Brasil Ponte Preta B[5]
Brasil Capivariano
Brasil Pirassununguense
Brasil Corinthians Sub-20
Brasil Grêmio Mauaense
Brasil Corinthians Sub-20
Brasil XV de Jaú
Brasil Corinthians Sub-20
Brasil Palmeiras Sub-20
Brasil Palmeiras B[6]
Brasil Guaratinguetá (aux.-técn./observador)
Brasil São Francisco
Brasil Desportivo Brasil[7]

Adaílton Ladeira (São Paulo, 23 de agosto de 1941) é um treinador e ex-futebolista brasileiro, que atuava como ponta-direita, meia-direita e centroavante. Atualmente, está sem clube[8][9].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Depois de fazer sucesso jogando no futebol paulista, Ladeira — ex-atacante do Jaboticabal, São Paulo e América-SP — chegou ao Bangu para assumir a posição de titular durante o Campeonato Carioca de 1966. Iniciou muito bem o segundo turno, marcando três gols em dois jogos e depois diminuiu o ritmo. Na decisão contra o Flamengo, Ladeira foi, ao lado de Almir Pernambuquinho, a figura principal de um conflito generalizado. Aos 26 minutos do segundo tempo, Paulo Henrique e Ladeira trocaram pontapés no meio-campo, e o jogador do Flamengo queixou-se de ter levado um tapa no rosto. Almir, nas proximidades, veio correndo feito um louco e, depois de procurar Ladeira, deu-lhe um soco que pegou de raspão. Ladeira correu e Almir o perseguiu. Quando Ladeira passava perto de Itamar, este pulou com os dois pés em seu peito, escorando-o. Ladeira, inteiramente grogue, caiu ao chão e disso se aproveitou Almir para chutar sua cabeça, num bolo de jogadores. Após a balbúrdia, o Bangu sagrou-se campeão carioca. Em 1968, foi negociado com o Náutico e, posteriormente, atuou no Guarani, onde se aposentou como jogador e iniciou-se como treinador.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Anos mais tarde, Ladeira trabalharia no Corinthians e no Palmeiras, como treinador das divisões de base.

Formado em Educação Física pela PUC–SP, Adaílton virou treinador e nas categorias de base ele ganhou a confiança de todos sua volta.

No Corinthians, o treinador faturou a Copa São Paulo de Futebol Júnior três vezes, e também o Campeonato Paulista Sub-20, em 1998. Já no Guarani, ele ainda ajudou na revelação de grandes jogadores, como Júlio César, Careca, João Paulo e Renato "Pé Murcho". No União São João, o treinador descobriu o lateral Roberto Carlos[carece de fontes?], nos jogos regionais de Cordeirópolis. Em outros clubes, Ladeira também revelou Giba durante um torneio em Rio Claro.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Bangu

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Guarani

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Náutico

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Corinthians

Referências

  1. «Informação » Livros » O Livro dos Craques » Letra L». Bangu.net. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  2. Redação (11 de fevereiro de 1994). «Lateral faz 3 gols na vitória da Portuguesa». Folha.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  3. WILLIANS, Róger (26 de abril de 2014). O uniforme de 94. RioBrancoECAcervo.com (blog). Consultado em 3 de dezembro de 2016.
  4. a b c d «Tigre nega contrato para treinador». UOL.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  5. PENINHA, Luiz (4 de outubro de 2001). «Série B-3 – Macaquinha defende liderança». UOL.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  6. Agência Futebol Interior (21 de janeiro de 2011). «Rio Branco x Palmeiras/Jaguariúna - Tigre tenta sair do zero e vencer a primeira». FutebolInterior.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  7. Agência Futebol Interior (12 de dezembro de 2015). «Copa SP: Desportivo Brasil contrata técnico tricampeão com Corinthians». FutebolInterior.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  8. «Adaílton Ladeira». GrandeÁrea.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  9. VALIA, Ednílson. «Que Fim Levou? Ladeira». TerceiroTempo.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  10. «Futebol » Títulos » Campeão Carioca 1966». Bangu.net. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  11. Folha Online (25 de janeiro de 2004). «Corinthians ganha pela 5ª vez a Copa SP no aniversário de São Paulo». Folha.com. Consultado em 3 de dezembro de 2016 
  12. «Corinthians e Palmeiras B: vale taça». Estadão.com. 5 de dez de 2004. Consultado em 3 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Paulo Amaral
Cláudio Garcia
Técnico do Guarani
1977
1980
Sucedido por
Milton Buzetto
Castilho
Precedido por
Nogueira
Dalmo Gaspar
Técnico do União São João
1983–1985
1986
1988–1990
Sucedido por
Nogueira
João Magoga
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.