Lista de fármacos proibidos no esporte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista de fármacos proibidos no em práticas desportivas.

Grupo 1: Esteróides androgênicos anabolizantes[editar | editar código-fonte]

a: Esteróides androgênicos anabolizantes exógenos[editar | editar código-fonte]

b: Esteróides androgênicos anabolizantes endógenos[editar | editar código-fonte]

5α-androstane-3α,17α-diol
5α-androstane-3α,17ß-diol
5α-androstane-3ß,17α-diol
5α-androstane-3ß,17ß-diol
androst-4-ene-3α,17α-diol
androst-4-ene-3α,17ß-diol
androst-4-ene-3ß,17α-diol
androst-5-ene-3α,17α-diol
androst-5-ene-3α,17ß-diol
androst-5-ene-3ß,17α-diol

Grupo 2: Outros agentes anabolizantes[editar | editar código-fonte]

Hormônios e substâncias relacionadas[editar | editar código-fonte]

Beta-2 agonistas[editar | editar código-fonte]

  • Todos os Beta-2 agonistas incluindo os seus D- e L- isômeros. Exceção para o Formoterol, Salbutamol, Salmetorol e a Terbutalina, quando administrados por via inalatória. Requerem uma notificação abreviada para utilização terapêutica

Antagonistas hormomais e moduladores[editar | editar código-fonte]

  • Inibidores da aromatase incluindo, mas não limitados a:
Anastrozole
Letrozole
Aminoglutetimida
Exemestano
Formestano
Testolactona
  • Modeladores seletivos dos receptores dos estrógenos (SERMs) incluindo, mas não limitados a:
Raloxifeno
Tamoxifeno
Toremifeno
  • Outras substâncias antiestróginas incluindo, mas não limitadas a:
Clomifeno
Ciclofenil
Fulvestrante
  • Agentes modificadores da(s) função(ões) da miostatina, incluindo, mas não limitadas a:
inibidores da miostatina

Diuréticos e outros agentes mascarantes[editar | editar código-fonte]

Finasterida
Gutasterida)
Albumina
Dextran
Hidroxietilamida
Bendroflumetiazida
Clorotiazida
Hidroclorotiazida

Incremento do transporte de oxigênio[editar | editar código-fonte]

  • Dopagem sanguínea, incluindo a administração autóloga, homóloga ou heteróloga de sangue ou produtos eritrocitários de qualquer origem.
  • Incremento artificial da captação, transporte ou libertação de oxigênio, incluindo mas não limitado a perfluoroquímicos efaproxiral (RSR 13)

Dopagem genética[editar | editar código-fonte]

O uso não terapêutico de células, de genes, de elementos genéticos ou de modulação da expressão genética que tenham capacidade para aumentar o rendimento desportivo, é proibido.

Estimulantes[editar | editar código-fonte]

Embora não proibidas estão sob vigilância o uso de:

Narcóticos[editar | editar código-fonte]

Canabióides[editar | editar código-fonte]

Haxixe
Marijuana (Maconha)

Glucocorticosteróides[editar | editar código-fonte]

Álcool[editar | editar código-fonte]

O álcool (etanol) é proibido somente em competição, nos desportos a seguir indicados mediante teste de alcoolemia por etilômetro:

Aeronáutica (FAI)
Tiro com Arco (FITA, IPC)
Karatê (WKF)
Pentatlo Moderno (UIPM)
Motociclismo (FIM)
Motonáutica (UIM)

Beta-Bloqueadores[editar | editar código-fonte]

Obervação: os beta-bloqueadores são proibidos somente em competição nos seguintes desportos, exceto se especificado de outra forma:

Aeronáutica (FAI)
Tiro com Arco (FITA, IPC)
Automobilismo (FIA)
Bilhar (WCBS)
Bobsleigh (FIBT)
Boules (CMSB, IPC bowls)
Bridge (FMB)
Curling (WCF)
Ginástica (FIG)
Motociclismo (FIM)
Motonáutica (UIM)
Pentatlo Moderno (UIPM) para a Disciplina de Tiro
Bowling (FIQ)
Vela (ISAF) só nos timoneiros, na categoria de match racing
Tiro (ISSF, IPC) (proibido igualmente fora de competição)
Esqui / Snowboard (FIS) saltos e estilo livre
Lutas Amadoras (FILA)

Substâncias específicas[editar | editar código-fonte]