Broly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broly
ブロリー
Primeira aparição Dragon Ball Z - O Poder Invencível
Última aparição Dragon Ball Z - O Combate Final
Criado por Akira Toriyama
Vozes Japão Bin Shimada[1]
Portugal Paulo Espírito Santo
Brasil Dado Monteiro (filmes 8 )
Brasil Cassius Romero(filme 10 e 11)
Perfil
Espécie Saiyajin
Vida no animangá
Local de nascimento Planeta Vegeta
Família Paragus (pai)
Personagem de Dragon Ball Z'
Portal Animangá

Broly (ブロリー, Burori?) é um personagem de Dragon Ball Z. Ele fez sua primeira aparição em 1993 como o poderosíssimo antagonista de Dragon Ball Z. Posteriormente, Broly reaparece em Dragon Ball Z - O Retorno do Guerreiro. Em Dragon Ball Z - O Combate Final, Broly é ressuscitado por meio de tecnologia em um corpo biônico, onde passa a ser chamado de Bio-Broly. Seu nome é uma referência a Brócolis.

Ainda bebê, ele foi atormentado pelo choro de Goku e por isso, sofre de frequentes ataques de raiva e destrói qualquer coisa em seu caminho. Seu maior objetivo é matar Goku.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Sua personalidade é similar à de um psicopata, como ele geralmente tem exposições tremendas de raiva incontrolável, e é erguido pela própria ideia de trazer a destruição, inevitavelmente, esmaga seus inimigos. Não ama nada mais do que a destruir coisas, como demonstrado pela sua desenfreada destruição de planetas, afim de causar intimidação. Broly demonstra uma tendência psicótica em brincar com suas vítimas e com oponentes fracos, usando sarcasmo sádico, provocando-os muitas vezes a socá-lo, sem efeito. Ele raramente tem algo a temer quando qualquer adversário o enfrenta. Está implícito que Broly poderia ter crescido insano de viver com a dor e o medo sofrido por muito tempo. Devido à sua tremenda vontade destrutiva, seu pai, Paragus, foi obrigado a construir um aparelho que lhe controlasse. O invento funcionou, mas deixou de poder contê-lo quando Broly reencontrou Goku e seu ódio interno, libertando-se em posse completa de seus poderes. Em O Retorno do Guerreiro, sua fúria eterna o consome, fazendo-o pronunciar somente uma palavra: "Kakarotto" (o nome Sayajin de Goku).

Habilidades e Poderes[editar | editar código-fonte]

Broly em O Poder Invencível.

Broly durante as lutas é muito diferente da maioria dos personagens de Dragon Ball. Ele freqüentemente usa agarrões, pisadas, esmagamentos e colisões em oposição a socos e pontapés furiosos, mas ele ainda é rápido o suficiente para escapar de qualquer ataque que se aproxima. Ele parece favorecer um estilo de luta que se assemelha ao wrestling, até certo ponto. Suas ondas de energia também funcionam de modo semelhante à Soukidan de Yamcha e Bakurikimaha de Piccolo, como Broly tem total controle sobre seus movimentos. Eles também tem suas próprias características. São muitas vezes usadas, pequenas esferas de coloração verde ou então um grande número de explosões, todas jogadas em um único alvo ao mesmo tempo. Broly usa este ataque para destruir cidades e planetas, bem como avisar os inimigos que ele não seria capaz de atacar muito bem com a única. Seu ataque mais destrutivo e perigoso, é aquele que começa como uma esfera compacta de energia, mas ao atingir o alvo, ele se transforma em uma enorme esfera com enorme poder destrutivo. Capaz de aterrorizar toda a Galaxia Sul. É chamado de "Explosão Omega" (オメガブラスター?)[2].

broly na luta contra os guerreiros Z

Broly é um dos personagens mais poderosos da série em si (apesar dele não ser Canônico), devido ao tamanho de seu poder, Broly pode atingir duas transformações, mesmo sem nunca ter tido nenhum tipo de treino. Quando se transforma em Super Saiyajin, seu cabelo preto ganha a coloração azul, diferente dos outros saiyajins, que ficam com cabelo amarelo dourado, ganhando poderes formidáveis nessa forma, ele não sofreu sequer cócegas do ataque Big Bang de Vegeta Super Saiyajin. Ao ativar sua forma Super Saiyajin completa, ele adquire a cor dourada. Além dessa transformação, ele também possui o Ultra Super Saiyajin. Foi usado duas vezes, na primeira, quando libera todo seus poderes para atacar Goku, e na segunda, para explodir a Terra, junto de Gohan, Goten e Trunks, seus músculos crescem exageradamente sem afetar sua velocidade, seu cabelo adquire a cor dourada , seus olhos ficam esbranquiçados e a defesa aumenta a ponto de aguentar a explosão de um planeta. Fora isso, ele pode criar escudos com seu Ki que resistem até mesmo ao magma vulcânico.

No primeiro filme de Broly, ele venceu facilmente Goku, Gohan, Vegeta e Trunks em suas formas de Super Saiyajin e também Piccolo após se fundir com Kami-Sama, lembrando que todos haviam treinado na Sala do Tempo e Espírito antes do prazo de dez dias para começarem o torneio de Cell, por isso pode se concluir que em seu primeiro filme, Broly é mais poderoso que Cell antes e depois da explosão, podendo se comparar ao Majin buu quando surgiu pela primeira vez.

No segundo filme de Broly, ele se recuperou de ataques letais, e quando um saiyajin se recupera de ataques assim aumenta muito seu poder de luta, devido ao fator "Zenkai". Broly então logo se envolveu em um combate brutal contra Gohan em sua forma de Super Sayajin 2 e facilmente o dominou( embora devido ao momento no qual o filme se passa, o poder de Gohan nesta forma, estivesse bem reduzido pela falta de treino, em comparação com seu poder nos jogos de Cell). Após aplicar uma surra em Gohan e depois quase mata-lo, também sobrevivendo a uma armadilha mortal preparada pelo filho mais velho de Goku, que consistia em afundar Broly em litros de lava, consegue sobreviver e retalia lançando um poderoso Omega Blaster contra a Terra, Gohan Super Saiyajin, Goku Super Sayajin e Goten Super Saiyajin, que tentam rebater o ataque com um duplo Kamehameha. Broly porém estava em larga vantagem, pois seu golpe já estava perto demais de atingir a terra e destruir Gohan, Goku e Goten, que só conseguem vencer por causa da ajuda de Trunks.

História[editar | editar código-fonte]

Passado[editar | editar código-fonte]

Broly nasceu ao mesmo tempo que Goku e durante o período em que Rei Vegeta começou a temer o Lendário Super Saiyajin. Logo que nasceu, ele surpreendeu a todos no hospital pois tinha um poder de luta de 10.000[nota 1], alcançado os mais poderosos Saiyajins da época como o Rei Vegeta e Bardock. Ele foi colocado em repouso no berço ao lado do de Goku, que chorava intensamente de fome. Esse choro impediu Broly de poder dormir. Ao saber do nascimento de Broly, o Rei Vegeta logo pensou que Broly fosse o lendário Super Saiyajin que só surge a cada 1000 anos. e temeroso de que Broly se tornasse uma ameaça no futuro, o Rei ataca ele e seu pai Paragus brutalmente, mesmo com os apelos de Paragus que Broly poderia ser um trunfo para o rei e os sayajins, deixando-os a beira da morte. Os corpos de pai e filho foram jogados fora, mas Broly conseguiu usar seu Ki para fugir do Planeta Vegeta junto de Paragus, e sem saber acaba salvando ambos de partilhar do mesmo destino da raça sayajin, pois Freeza no dia seguinte destrói o Planeta Vegeta. Enquanto Goku é mandado para o Planeta Terra segundos antes, Broly foi crescendo como qualquer outra pessoa, mas o remorso que tinha pelo choro de Goku e os traumas de infância pelos quais passou, o causaram vários distúrbios mentais e com isso ele destruía todos os planetas onde morava. Mudando incessavelmente de planeta, Broly acaba destruindo toda a galáxia sul e oeste, o que chamou a atenção do Kaioh do Norte. Para dar um basta nas coisas, Paragas criou um aparelho que controlava o Ki de Broly, deixando-o impossibilitado de usar seus poderes. Com Broly controlado, os dois se mudam para um Planeta desabitado, onde tomaram a meta de matar o Príncipe Vegeta.

O Poder Invencível[editar | editar código-fonte]

Logo ao saber sobre a destruição das galáxias sul e oeste, o Senhor Kaioh do Norte contata Goku para verificar as coisas. Enquanto isso, Paragus vai à Terra e leva Vegeta, Gohan, Trunks do Futuro, Kuririn e Mestre Kame para o planeta onde ele morava. Ali, eles conhecem Broly, que a primeira vista parecia calmo e gentil. Contudo, Goku sente seu poder e se teletransporta para lá, renascendo a antiga raiva de Broly. Durante a noite, Broly usa o seu Quase-Super Saiyajin para não ser reconhecido, e ataca Goku. Os dois batalham e Goku quase é morto, mas Paragas de longe, o faz parar a luta. No dia seguinte, Goku tenta convencer Paragus de que Broly foi quem o atacou à noite, mas este permanece negando, contudo, a fúria de Broly desencadeia e seu poder vai aumentando, o fazendo se transformar em um super sayajin, e suprime seu poder, diferente dos outros sayajins, seu cabelo ganha uma coloração azu, nesse momento Vegeta se transforma em Super Saiyajin e o ataca com um poderoso "Ataque Big Bang" pelas costas, mas Broly não sofre nenhum arranhão. Broly continua partindo para cima de Goku, Vegeta fica assustado e perde a coragem de lutar, Paragus tenta parar Broly com o dispositivo de controle, mais acaba sendo muito tarde. Broly desperta o poder máximo e se transforma em um Ultra Super Saiyajin, destruindo a tiara com o dispositivo de controle, demonstrando uma força superior a de um Super Saiyajin 2 , assim iniciando a luta entre os Guerreiros Z e o suposto lendário Super Saiyajin, Trunks do futuro, Goku e Gohan já transformados em super sayajins são facilmente derrotados pelos ataques de Broly, que são baseados em agarrar os oponentes, esmagamento, pisões e socos brutais, devido ao fato de que Broly nunca teve um treinamento adequado de artes marciais como os guerreiros Z, em meio a luta Broly em um momento de sanidade, percebe que seu pai tentava escapar do planeta condenado sem ele, para deixa-lo ser morto pelo cometa que se aproximava, devido a isso Broly esmaga e mata seu próprio pai Paragus. Retomando a batalha, Piccolo aparece para bem na hora em que Broly estava prestes a matar um já desacordado Gohan, mas apesar de seus esforços, o Super Namekuseijin também é derrotado, Vegeta que havia recuperado a coragem também tenta sem sucesso atacar Broly, mas é facilmente batido também. Com todos os sayajins e Piccolo derrotados, Goku praticamente sem forças tentava corajosamente retornar a batalha recolhendo a energia de todos os outros guerreiros, inclusive Vegeta, atacando Broly com um único golpe para finalizar a luta. Logo após todos entram na nave antes que o Cometa destruísse o planeta e então os Guerreiros Z e os demais voltam para a Terra.

O Retorno do Guerreiro[editar | editar código-fonte]

Broly sobrevive ao ataque de Goku e escapou do planeta antes do mesmo explodir totalmente, vaga inconscientemente pelo espaço em sua nave espacial, que ao que parece estava programada para cair na Terra(lembrando que Paragus disse no filme anterior que iria dominar e viver na terra, após escapar do planeta onde se encontrava). Após os eventos ocorridos em relação ao torneio de Cell e o ataque de Bojack e sua gangue, sete anos se passaram e Goku continua morto no Outro Mundo. Broly após aterrizar na terra permanece desacordado e congelado durante um longo tempo, até um dia em que Trunks, Goten e Videl foram procurar as 7 Esferas do Dragão. A última esfera se encontrava com um xamã de um vila, bem perto de onde Broly repousava. Na busca, Videl dá um tapa em Goten que começa a chorar, acordando Broly novamente. Ele se transforma em Super Saiyajin e parte para o local onde ouvia o choro. Logo que o viu, Broly associou Goten à Goku e começou a atacá-lo. Ele, Trunks e Videl tentam resistir mas são brutalmente agredidos. De longe, Gohan sentiu os efeitos da luta e aparece para ajudar. Mesmo surpreendido por ver Broly vivo, ele começa a lutar. Broly então logo se envolve em um combate brutal contra Gohan em sua forma de Super Sayajin 2 e facilmente o dominou( embora devido ao momento que o filme se passa, o poder de Gohan nesta forma, estivesse bem reduzido pela falta de treino, em comparação com seu poder nos jogos de Cell). Após aplicar uma surra em Gohan e depois quase mata-lo, também sobrevivendo a uma armadilha mortal preparada pelo filho mais velho de Goku, que consistia em afundar Broly em litros de lava, mais mesmo assim ele consegue sobreviver e retalia lançando um poderoso Omega Blaster contra a Terra, Gohan Super Saiyajin e Goten Super Saiyajin, que tentam rebater o ataque com um duplo Kamehameha. Broly porém estava em larga vantagem, pois seu ataque já estava perto demais de atingir a Terra e destruir Gohan e Goten, Goten neste momento pede a Shenlong que traga Goku. Então Goku chega do Outro Mundo e se transforma em Super Saiyajin e faz o Kamehameha que furou o Omega Blast e iria destruí Broly mais o mesmo seu escudo de ki que o protege do ataque assim sendo empurrado para o Sol.

O Combate Final[editar | editar código-fonte]

Bio-Broly.

Após a morte de Broly, o xamã da vila onde estava, coleta um pouco de seu sangue e vende para um grupo de cientistas que realizavam experiências com o DNA. Goten,Trunks e Número 18 e Mr. Satan que estavam na ilha onde eram feitos os experimentos encontram um corpo biônico dentro de um tubo de vidro. Era o corpo de Broly, que estava aos poucos sendo recriado. Após sua finalização, a pele do clone, conhecido como Bio-Broly, começa a rachar e mostrar sua verdadeira forma, uma forte criatura lamacenta, porém bem menos poderosa do que o verdadeiro Broly. Ele ataca o laboratório, apesar de que Goten e Trunks estarem tentando detê-lo. Bem longe dali, Kuririn sente o grande Ki do Bio-Broly e logo percebe o perigo que a Terra corria. Ele vai até a ilha para ajudar os garotos e conseguem cortar a cabeça do clone, mas ela é logo regenerada. Com toda a destruição que estava sendo causada, vários elementos químicos caem em Bio-Broly, fazendo-o aumentar de tamanho até se tornar um gigante. Devido a essa tamanho, pedaços da sua estrutura gosmenta escorria pelo seu corpo e ao atingir a água, se solidificava. Kuririn percebeu esse detalhe e avisou à Goten e Trunks. Os três então atacam o mar, criando uma grande onda que atingiu Bio-Broly e o petrificou. Impossibilitado de fazer qualquer coisa, Bio-Broly rachou após se atingido por ataques de Goten, Kuririn e Trunks.

.

Notas

  1. Assim que nasceu, Broly teve seu poder de luta estimado por dois funcionários do hospital e um deles comenta: Olha só para ele, acabou de nascer e já tem um poder de luta de 10.000! Será um ótimo guerreiro, em compensação pelo filho de Bardock que só tem 2000. - Retirado de O Poder Invencível

Referências

  1. «Dragon Ball Z - O Poder Invencível no Anime News Network». Consultado em 6 de setembro de 2010 
  2. «A Explosão Omega». Consultado em 23 de março de 2010