Son Goku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.
Son Goku
孫 悟空
Goku em sua infância e em sua fase adulta
Conhecido como Goku
Primeira aparição Dragon Ball cap. 1
Dragon Ball ep. 1
Última aparição Dragon Ball Super cap. 12


Dragon Ball Super ep. 46

Criado por Akira Toriyama
Vozes Japão Masako Nozawa
Portugal Henrique Feist
Brasil Úrsula Bezerra(criança)
Brasil Wendel Bezerra(adulto)
Perfil
Espécie Saiyajin
Vida no animangá
Local de nascimento Planeta Vegeta
Família Bardock (pai)
Gine (mãe)
Raditz (irmão)
Son Gohan (avô adotivo)
Chi-Chi (esposa)
Son Gohan (filho)
Son Goten (filho)
Videl (nora)
Pan (neta)
Rei Cutelo (Sogro)
Membro de Guerreiros Z
Personagem de Dragon Ball
Portal Animangá

Son Goku (孫 悟空, Son Gokū?, mais conhecido apenas como Goku) é um personagem e o protagonista da franquia Dragon Ball criada por Akira Toriyama. Sua primeira aparição ocorreu em 1984, no primeiro capítulo do mangá Dragon Ball, publicado na revista Weekly Shōnen Jump. Goku é inspirado num personagem com o mesmo nome, 孫 悟空 (lê-se Sun Wukong em mandarin e Son Goku em japonês),[2] personagem principal do romance Jornada ao Oeste. Porém, Toriyama mudou algumas de suas características para ser mais original. Goku é apresentado como um menino estranho com rabo de macaco e força sobre-humana. Conforme a história se desenrola, é revelado que ele descende de uma raça fictícia chamada Saiyajins, uma das raças mais poderosas do universo.

Como protagonista da franquia, Goku é apresentando em todos animes, mangás, filmes, jogos eletrônicos e OVAs da série. Também é alvo de paródias e já fez várias aparições em eventos televisivos e outras séries como Dr. Slump e Neko Majin Z. Graças a grande popularidade de Dragon Ball e "Dragon Ball Z", Goku se tornou um ícone japonês e as críticas a seu respeito são extremamente positivas, fazendo dele um dos maiores personagens de anime e mangá de todos os tempos e um ícone da cultura pop mundial.

Criação e concepção[editar | editar código-fonte]

Goku foi baseado em um do primeiros personagens de Toriyama chamado Tanton, o protagonista da série Dragon Boy[3] . Nessa história, a principal característica física de Tanton era um par de asas. Quando Akira decidiu criar Dragon Ball, ele usou o romance Jornada ao Oeste de Wu Cheng'en como inspiração. O nome adotado por Toriyama para a personagem é a escrita japonesa do nome chinês Sun Wukong, que é a personagem central da história. Para ser criativo com o personagem, Toriyama declarou que ele projetou Goku para ser um garoto humano com um rabo de macaco, em vez de ser um símio completo como Sun Wukong. Ele deciciu fazer isso por que o rabo seria visível até mesmo quando Goku tentava escondê-lo[3] . Apesar de Goku ser tratado como uma pessoa de outro planeta, Toriyama tinha inicialmente a ideia de fazer dele um terráqueo, mas, com a introdução de novos lutadores de outros planetas, foi mais tarde estabelecido que Goku é um Saiyajin.

A fim de avançar a história mais rápido, Toriyama deu a Goku a habilidade de se teletransportar para qualquer planeta em apenas alguns segundos[4] .

Toriyama explicou que o uniforme keikogi de Goku é baseado nas vestes usadas pelos monges shaolins da China, sendo que ele queria que Dragon Ball assumisse um "toque" chinês[5] . Durante a evolução inicial do mangá, vários leitores comentaram que Goku era bastante simples, de modo que o autor mudou sua aparência e adicionou diversos personagens como o Mestre Kame e Kuririn, então criou torneios de artes marciais para fazer a mangá mais baseado em combates. Desde que foi comentado que Goku certamente venceria o torneio, Toriyama o fez perder nos dois primeiros, e vencer somente o terceiro em que participara.

Com o fim da Saga Cell, no volume 35, Gohan foi concebido para substituir o pai como o principal protagonista, mas Toriyama acabou por pensar que Gohan era inadequado para isso, então houve a Saga Boo.[3] .

Aparência[editar | editar código-fonte]

Símbolo da Tartaruga, o primeiro kanji de Goku.

Son Goku é geralmente reconhecido por seu estilo único de cabelo, que nunca muda, exceto em suas formas Super Saiyajin, em que seu cabelo muda de cor e tamanho com base no nível. Na Saga Cell, Vegeta explica que os puros Saiyajins nascem com um penteado que permanecerá do mesmo jeito pelo resto da vida[6] . Devido à sua devoção à Terra, Goku prefere se vestir com um uniforme da tartaruga, e recusa todas as ofertas para utilizar as roupas de batalha usadas pelos Saiyajins, devido ao fato de que ele se auto considera um Saiyajin que foi criado como humano[7] . Contudo, ele veste uma das armaduras Saiyajins feita por Bulma, durante seu treinamento com Gohan na Morada do Tempo, em virtude de ficar mais poderoso para enfrentar Cell.[8] Em sua infância, Goku foi introduzido pela primeira vez vestindo um uniforme azul com pulseiras vermelhas e uma faixa branca amarrada em uma curva[9] . Assim que começa seu treinamento com Kame, ele recebe seu uniforme da tartaruga, laranja, com pulseiras azuis e uma faixa preta amarrada em um nó, e depois de seu treinamento com Kami-Sama, acrescenta a camiseta azul por baixo do uniforme as, botas azuis com uma listra vermelha e um cinto azul. Goku também é visto frequentemente a usando o kanji de seus mestres na frente e no verso de seus uniformes, o primeiro kanji sendo de Kame (? "Tartaruga")[10] , o segundo de Kaioh (界王? "Rei dos Mundos")[11] e o terceiro, sendo seu próprio kanji, Go (, ,significando "sabedoria" ou "iluminação"?)[12] . Eventualmente, ele deixa de usar um kanji[13] e também usa uma cinta de seda azul no lugar do cinto. Até o final do mangá, Goku é mostrado vestindo um novo traje composto de uma camisa azul aberta, calças cinza e pulseiras laranja e caneleiras[14] .

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Son Goku começa a série como uma criança independente da sociedade. Foi criado, quando bebê, por seu avô adotivo, Son Gohan. Son Goku é uma criança muito forte e destemida. Devido ao seu sangue Saiyajin, ele era mais poderoso que a maioria dos inimigos que enfrentava e retornando-se sempre mais forte do que antes. Mesmo assim, por causa dos seus mestres Son Gohan e Kame, sempre é gentil com os outros, chegando ao ponto de tentar não matar nenhum inimigo. É mostrado em Dragon Ball que Son Goku não tem maldade no coração, isto é, o que ele tem de força, possui também em inocência. Sua maior paixão, sem dúvida, é lutar. Quando adulto (Dragon Ball Z), seu corpo cresce, e Son Goku torna-se ainda muito mais poderoso do que antes (Dragon Ball). Ao longo de toda sua vida, Goku demonstra muita satisfação por lutar contra inimigos mais poderosos do que ele[15] . Son Goku causa admiração por seus amigos de luta. Ao longo da série é possível concluir que ele é na maior parte das vezes quem alcança o poder mais elevado da história de Dragon Ball (Z). Contudo, e apesar da sua significativa dedicação em árduos treinos, existe sempre alguém mais forte ainda o que o obriga a treinar sempre mais. Durante a saga (Dragon Ball, Z) o seu poder alcança dimensões descomunais.

A sua personalidade única, de inocência e seu potencial em ser o mais forte do Universo, faz com que todos os guerreiros Z, o vejam como uma meta a ser atingida.

História[editar | editar código-fonte]

Goku realizando o Kamehameha em sua luta contra Vegeta

Originalmente batizado como Kakarotto (カカロット?), Goku é membro de uma raça fictícia de extraterrestres, os Saiyajins. Logo após seu nascimento, Goku é enviado à Terra para destruir as formas de vida locais e preparar o planeta para venda no mercado negro intergalático. Encontrado e criado pelo eremita Son Gohan, Goku sofre de amnésia durante a infância graças a uma pancada na cabeça, esquecendo sua missão inicial e passando a ter como objetivo se tornar mais forte, simplesmente pelo prazer da tarefa. No início da série, Goku conhece uma adolescente extremamente inteligente chamada Bulma, o ladrão Yamcha e duas criaturas transmorfas, Oolong e Pual. Também encontra quem viria a ser seu melhor amigo, Kuririn, enfrenta a Red Ribbon, o temível Tao Pai Pai, o terrível Piccolo Daimaoh e outros guerreiros durante seu treinamento. Ao participar de diversos torneios de artes marciais, Goku também enfrenta seus futuros aliados Tenshin Han e Chaos, assim como Piccolo.

Já adulto, Goku conhece seu irmão mais velho, Raditz, e tal encontro resulta em sua morte. No Mundo dos mortos ele atravessa o longuíssimo Caminho da Serpente e treina com o Sr. Kaiô, onde aprende a técnica Kaioken e Genki Dama. Após ser trazido de volta à vida pelas Esferas do Dragão, Goku continua a enfrentar outros inimigos ligados à sua herança genética, como Vegeta, que posteriormente se torna seu aliado e maior rival, e Freeza, cujas ações levam Goku a se transformar em Super Saiyajin. Após a batalha com Freeza, o foco do enredo deixa o passado de Goku de lado e outros inimigos são apresentados no universo da série. Mais tarde, Goku treina seu primeiro filho, Gohan, para ser seu sucessor e se sacrifica em uma batalha contra Cell, uma maléfica criatura artificial. No Outro Mundo, Goku treina bastante com o Sr. Kaiô tornando-se muito mais poderoso. Goku retorna à Terra sete anos depois e conhece seu segundo filho, Goten. A seguir, se vê em uma batalha contra o demônio Majin Boo e também enfrenta Vegeta, sob controle de Babidi. Goku tem dificuldades de derrotar Majin Boo e nem mesmo a transformação Super Saiyajin nível 3 é capaz de deter Boo. Goku é trazido de volta à vida devido ao Dai Kaioshin doar sua vida para ele. Quando a parte maligna de Boo absorve a parte boa (tornando-se Super Boo) e absorve também Piccolo, Gotenks e Gohan Místico, Goku não consegue derrotá-lo nem mesmo com a ajuda de Vegeta. A única alternativa foi se fundir com Vegeta, formando um guerreiro poderoso chamado Vegetto (Vegeta + kakaroto). Vegetto leva vantagem na luta até ser absorvido pelo Super Boo. Dentro do corpo, a fusão se desfaz e ambos tiram todos os absorvidos de dentro do corpo de Boo, fazendo-o voltar a forma original conhecida por Kid Boo. Mesmo Kid Boo sendo pequeno na aparência deu muito trabalho a Goku, que lutou de igual para igual com ele usando o Super Saiyajin 3. Porém essa tranformação gasta muita energia e Goku não consegue mais utilizá-la e para piorar está cansado e ferido com as forças quase acabadas. Porém Vegeta tem uma ideia e pede a Goku fazer a Super Genki Dama e derrotar Boo utilizando a energia de todos os terráqueos. Goku (que havia recuperado sua energia com a ajuda das Esferas do Dragão) consegue destruir Boo com a Super Genki Dama. Seis meses depois, enquanto treina no planeta do Sr. Kaiô, se encontra com o Deus da Destruição Beerus-sama (Lorde Bills) que pede explicações sobre o Deus Super Saiyajin. Ele tenta atacar Bills, porém não acerta nenhum golpe nem mesmo usando o Super Saiyajin 3 e é derrotado com apenas dois golpes. Goku posteriormente com a ajuda de Vegeta, Gohan, Goten, Trunks e Pan (ainda no ventre de Videl), se transforma no Deus Super Saiyajin e enfrenta Bills dessa vez acertando vários golpes. Seis meses depois ele treina com o mestre de Bills, Whis, no planeta de Bills onde Vegeta já estava treinando. Após algum tempo de treino ele adquire a transformação "Super Saiyajin Deus Super Saiyain" (ou apenas Super Saiyajin Azul, onde o cabelo, sobrancelha, olhos, íris e aura se tornam azuis) e luta contra o então renascido Freeza que agora havia aumentado seus poderes. Goku perde para Freeza ao levar um tiro de laser no peito por deixar a guarda baixa (defeito fatal), mas graças às sementes dos deuses ele sobrevive e mata Freeza com um poderoso Kamehameha. Alguns meses mais tarde, Goku participa do Torneio de Artes Marciais dos Deuses, onde lutaria contra guerreiros do sexto universo. Seu adversário mais poderoso foi Hitto, que o levou a usar a transformação Super Saiyajin Azul + Kaioken aumentado 10 vezes. Goku não venceu o torneio pois se rendeu. Mas o fato de ele ter usado Kaioken aumentado 10 vezes, somado à transformação Super Saiyajin Azul, o fez desgastar muita energia, isso o deixou com uma doença chamada Discinesia de Liberação de Ki que dificulta ele controlar o próprio Ki.

Habilidades[editar | editar código-fonte]

Durante toda a série, Goku é o personagem que mais possui conhecimento sobre técnicas de batalha. Os Saiyajins são uma raça guerreira, e uma de suas habilidades especiais é a de se tornarem mais fortes após serem feridos gravemente, e se chegarem ao ponto de quase morrer devido a lesões físicas graves e se recuperarem, seu poder de luta aumentará incrivelmente o que é chamado de zenkai. Além disso, ele tem uma força sobre humana e também velocidade que quase ultrapassa a da luz , graças também, ao fato de ser um Saiyajin e aos duros treinamentos que realiza dia-a-dia. Como todos os guerreiros, ele pode voar utilizando o Bukû-jutsu (舞空術? "Técnica de Dança no Céu").

Sua primeira técnica energética foi o Kamehameha (かめはめ波? "Onda Destrutiva da Tartaruga"), que se tornou sua principal técnica[16] . Ele a aperfeiçoou, criando suas variações, Super Kamehameha (超かめはめ波? "Super Onda Destrutiva da Tartaruga") e o Kamehameha Aumentado 10x (10倍かめはめ波? "Onda Destrutiva da Tartaruga Aumentada 10x"). O golpe é simples, bastando concentrar parte do Ki e dispará-lo pelas mãos, mas Goku também consegue realizá-lo com os pés. No 21º Torneio de Artes Marciais, ele domina o Zanzouken (残像拳? "Punho da Imagem Remanescente"), a técnica de se mover tão rápido que a imagem permanece parada no lugar.

Enquanto treinava com o Kaioh do Norte, ele desenvolve suas duas técnicas. O Kaioh-Ken (界王拳? "Punho do Rei do Mundo"), é uma técnica que aumenta a força e velocidade do usuário e, o deixa envolto numa aura vermelha. Entretanto, a grande ampliação do Kaioh-Ken pode levar a morte. Goku consegue aumentá-lo em vinte vezes. A Genki Dama (元気玉? "Bola de energia ") é um ataque que consiste em reunir todo a energia de seu usuário ou dos seres-vivos que lhe derem energia. Foi usada em sua primeira luta contra Vegeta[17] , porém foi lançada por Kuririn. Na luta contra Freeza, Goku realiza uma maior[18] , com a energia de Namekusei e dos planetas próximos. Com Majin Boo, a Super Genki Dama (自然の超球? "Super Esfera da Natureza")[19] e contra Omega Shenlong, a Genki Dama Universal (全世界の元気玉? "Esfera Global de energia")[20] . Com os Yadoratsujins, Goku domina o Teletransporte (瞬間移動, "Shunkan Idō"?), que é usado principalmente para levar ele e seus amigos para outros planetas. Fora da série, no 13º Filme da série, Dragon Ball Z - Explosão do Punho do Dragão! Se Goku não conseguir, quem conseguirá?, ele realiza uma das técnicas mais devastadoras, o Punho do Dragão (龍拳? "Ryuken"). Consiste em liberar toda a energia, em forma de um grande dragão dourado que desintegra tudo o que toca.

Em sua infância, Goku ganhou de seu avô o Nyobo, um bastão mágico que pode crescer o quanto Goku ordenasse. O real propósito do bastão mágico era para subir até a plataforma celeste a partir da Torre de Karin, no entanto, também foi muito utilizada por Goku como uma arma. Também recebeu do Mestre Kame, a Kitoun, a nuvem voadora. Tal nuvem foi destruida por Tambourine, filho de Piccolo Daimao, mas ganhou outra do Mestre Karin. Com o decorrer da história, ele se torna a personagem que mais atinge os níveis Saiyajins. De início em Dragon Ball se transforma em Oozaru ao olhar para a Lua. Em Dragon Ball Z, chega ao Super Saiyajin[21] ao presenciar a morte de Kuririn, na Morada do Tempo, adquire o Ultra Super Saiyajin. Enquanto treinava no Outro Mundo, atinge os Super Saiyajin 2[22] e Super Saiyajin 3[23] . Muito depois, em Dragon Ball GT, se transforma no Oozaru Dourado e no Super Saiyajin 4. [24] Em Dragon Ball Super, se transforma em Deus Super Sayajin na luta contra Bills[25] e em Super Sayajin Azul contra Freeza após seu renascimento. Fora suas transformações, Goku é capaz de criar Vegetto e Gogeta através das fusões Potara (brincos) e Metamoru (dança), as duas com Vegeta.

Goku é reconhecidamente um dos personagens mais poderosos da ficção em todos os tempos. O Saiyajin tem a capacidade de obliterar planetas com relativa facilidade ainda no meio da série, tem uma resistência a danos corporais muito grande, além de técnicas como o Teletransporte que o podem levar a qualquer lugar do universo.

Aparições em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Na série exclusiva de anime Dragon Ball GT (Side Story, série oficial não canônica), que começa dez anos após Goku conhecer Oob, Goku é transformado em criança por um desejo do Imperador Pilaf. Ele, Trunks e sua neta Pan viajam pelo universo em uma aventura que culmina na batalha contra Shenlong, que ele destrói usando a Genki Dama. Goku parte com a forma original de Shenlong e aparece 100 anos depois em um torneio de artes marciais, observando uma luta entre um descendente seu com um descendente de Vegeta. Pan, já idosa, vê seu avô, mas ele parte rapidamente.

Goku fez aparições em várias outras mídias incluindo filmes, como um live-action chinês chamado Dragon Ball: The Magic Begins, produzido pela Tai Seng video entertainment em 1989. O personagem principal, Monkey Boy, representado por Chan Chi-Keung, é baseado em Goku.[26] Ele também apareceu em outro filme não oficial de 1990, desta vez sul-coreano, intitulado Dragon Ball: Ssawora Son Goku, Igyeora Son Goku, onde foi retratado por Heo Seong-Tae.[27] Em 2009, Goku apareceu em Dragon Ball Evolution produzido pela 20th Century Fox, interpretado por Justin Chatwin.[28] Também estreou em uma paródia hentai de Star Wars chamado Star Ballz onde ele foi colocado no papel de Han Solo, chamado no filme de Wank Solo.[29]

Goku apareceu em todos os jogos licenciados da série Dragon Ball até hoje e também em diversos crossovers como por exemplo Famicom Jump: Hero Retsuden e sua sequência Famicom Jump II: Saikyō no Shichinin, ambos produzidos para Famicon. No Nintendo DS, ele aparece como personagem jogável em Jump Super Stars [30] e Jump Ultimate Stars.[31] Em 1992, Goku virou destaque no jogo Dragon Ball Z: Get Together! Goku World.[32] Ele e seus amigos voltam no tempo e Goku acaba interagindo com seu "eu mais novo". Em 2006, Goku se torna jogável em Battle Stadium D.O.N, um crossover entre Dragon Ball, One Piece e Naruto. Em dezembro de 2007, ele, juntamente de Naruto Uzumaki e Monkey D. Luffy, aparece como avatar do MMORPG Second Life para uma festa da Shonen Jump chamada Jumpland@Second Life.[33] Ele também faz uma aparição no jogo para DS Dr. Slump and Arale-Chan.[34]

Através dos anos, Goku foi mencionado em várias músicas e ganhou as suas próprias. "Son Goku Song" [35] e "Gokū no Gokigen Jānī" [36] apresentam Goku ainda como uma criança cantando alegremente sobre si mesmo. Durante sua vida adulta, ele recebeu de Hironobu Kageyama a música "Aitsu wa Son Goku", onde o cantor elogia tudo sobre Goku. O dueto "Ore-tachi no Energy" [37] mostra palavras faladas pelo personagem.

Goku tem sido muitas vezes considerado um modelo positivo para as crianças de todo o Japão. Em junho de 1988, Goku e outros personagens de Dragon Ball apareceram em dois curta-metragens sobre anúncios de serviço público. O primeiro foi intitulado A Segurança no Trânsito de Goku (悟空の交通安全, Gokū no Kōtsū Anzen?) onde Goku aprende a importância de obedecer as regras do trânsito pela segurança dos outros.[38] O segundo se chamava A Brigada de Incêndio de Goku (悟空の消防隊, Gokū no Shōbō-tai?) onde ele ensina duas crianças a importância da segurança contra incêndios.[38]

Em 2011, após o terremoto e o tsunami que atacaram o Japão, Akira Toriyama criou imagens e videos de Goku com mensagens de apoio para todo o país.[39] [40]

Goku fez aparições em muitos programas japoneses e mangás. Ele é uma personagem recorrente em outra obra de Toriyama, Dr. Slump. Em 1990, Goku (em forma de anime) fez uma aparição surpresa no show Yamada Katsute-nai Wink (やまだかつてないWink?). Aqui, ele usa as Esferas do Dragão para ajudar estrelas do J-pop e a apresentadora Kuniko Yamada a aumentarem suas habilidades incluindo a capacidade de utilizar o Kamehameha, que Kuniko hilariamente utiliza em Goku. Em 2005, Goku aparece no mangá-paródia de Toriyama Neko Majin Z, onde ele é o sensei do protagonista Neko Majin.[41] No dia 15 de setembro de 2006, Goku, Vegeta e Freeza apareceriam em um capítulo do mangá Super Kochikame, intitulado Kochira Namek-Sei Dragon Kōen-mae Hashutsujo (こちらナメック星ドラゴン公園前派出所?). Aqui, Ryotsu Kankichi repreende Goku para estacionar seus navios de forma ilegal.[42] Goku com outros personagens de Dragon Ball se aliam ao elenco principal de One Piece no crossover Cross Epoch.[43]

Goku tem sido um objeto para diversas paródias ao longo dos anos. No episódio Career Day de Takeshi's Castle, os apresentadores Beat Takeshi e Sonomanma Higashi se vestiram de personagens populares de animes. Um deles era Goku.[44] O Especial da Mordaça 2005 da Shonen Jump lançado em 12 de novembro de 2004 apresentou uma pequena história do mangá Bobobo-bo Bo-bobo parodiado na primeira luta entre Goku e Vegeta. Jelly Jiggler era Goku enquanto Don Patch era Vegeta.[45] No episódio Fire It Up! Abenobashi Hong Kong Combat Shopping Arcade do anime Abenobashi Mahou Shouten Gai, o personagem Sasshi Imamiya se transforma em Super Saiyajin de forma muito parecida com Goku e dispara um Kamehameha.[46] Em Yakitate!! Japan, no episódio Awaken!! Super Kuroyanagi!, Ryou Kuroyanagi come um pouco de pão Super Toro Aburi e atinge o nível Super Kuroyanagi, paródia do Super Saiyajin. Posteriormente ele batalha contra Kyousuke Kawachii, parodiando Freeza, cujo torso era um freezer. Kuroyanagi finaliza a luta derrotando Kawachii com um golpe inspirado no Kamehameha. Mais tarde no mesmo episódio, Ryou come o pão Urchin-roe Chawanmushi e alcança os níveis Super Kuroyanagi 2 e Super Kuroyanagi 3.[47] No capítulo 179 do mangá Yakitate!! Japan, Kawachi executa uma técnica inspirada na Genki Dama chamada Shinrai Dama (信頼玉, Esfera da Confiança?) em outro personagem chamado Katsuo.[48] Na capa do CD do álbum Rule, single de Dragon Ball Evolution, a cantora Ayumi Hamasaki foi desenhada por Akira Toriyama vestindo as roupas de Goku.[49] O personagem Sosón Goku do mangá espanhol Dragon Fall é uma paródia de Goku.[50]

Goku pode ser considerado uma figura regular na Fuji TV. Em 2003, Goku aparece em um longa-metragem chamado Kyutai Panic Adventure! (球体パニックアドベンチャー!, Kyūtai Panikku Adobenchā!?, lit. Aventura da Orb do Pânico!) que foi apresentado exclusivamente na sede da Fuji TV no Kyutai ou na seção orb. Este apresentou uma aliança entre Goku, Luffy e Astro Boy. Aqui, Freeza ataca os turistas, enquanto visitavam o estúdio, explodindo a seção orb do resto do prédio da Fuji TV. Isso levou Goku a batalhar contra Freeza sobre as águas da cidade Odaiba.[51] [52] Este acontecimento foi seguido em 2004 pelo Kyūtai Panic Adventure Returns! (球体パニックアドベンチャーリターンズ!, Kyūtai Panikku Adobenchā Ritānzu!?, lit. O Retorno da Aventura da Orb do Pânico!), apresentando Goku, Luffy e Ryotsu Kankichi. Desta vez o vilão é Enel, de One Piece, que ataca toda a Odaiba, forçando Goku e Luffy a lutarem como uma dupla.[53]

Em março de 2006, Goku e Freeza aparecem em um curta original no IQ Mirror Mistake 7 (IQミラーまちがい7, Aikyū Mirā Machigai Nana?), segmento do game show japonês IQ Supplement (IQサプリ, IQ Sapuri, or IQ Supli?). No curta, Goku impede Freeza de usar as Esferas de Namekusei. Como parte do game show, os participantes deveriam encontrar sete erros nesse segmento.[54]

Em abril de 2007, Goku e o apresentador Masaharu Miyake, da Fuji TV, eram comentaristas no programa Nippon Ijin Taishō (日本偉人大賞, Prêmio do Grande Homem Japonês?). Intitulado Saikyō no Ijin ha Dare? (最強の偉人は誰?, Quem é o Herói mais Poderoso?), o segmento onde ambos apareceram era um Torneio de Artes Marciais que decidiria quem foi o maior homem da história do Japão. Durante o intervalo, Goku conseguiu ligar as cópias dos DVDs R2 de Dragon Ball

Desde o lançamento de Dragon Ball Z nos Estados Unidos, Goku também fez várias aparições na cultura pop americana, em especial na norte-americana. Ele apareceu em uma reportagem da revista Wizard onde ele participou de uma batalha hipotética contra o Super Homem; Goku derrotou o Super Homem ao se transformar em Super Saiyajin e superou seus poderes com um Kamehameha.[55] O episódio "Chicken Ball Z" de As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy é uma paródia da luta entre Goku e Piccolo. Nesse episódio, Mandy e Billy, respectivamente como Piccolo e Goku, se enfrentam em um torneio de artes marciais.[56] No episódio "Operação: R.E.L.A.T.O. de KND - A Turma do Bairro, cada agente conta uma história diferente sobre a missão que fizeram. Na versão do Número 4 ele assume a forma de Super Saiyajin 3 e utiliza um golpe chamado Goma de Mascar para lutar contra a Molecada da Rua de Baixo que se transformaram em Freeza.[57] Goku fez uma aparição humorística em Frango Robô. No episódio Um Natal Muito Dragon Ball Z, Goku e Gohan lutam contra a Mamãe Noel ao lado das renas do Papai Noel para salvarem o Natal.[58] O segmento TV Funhouse da SNL intutulado Kobayashi retrata a vida real do campeão em comer cachorro quente Takeru Kobayashi, com a capacidade de se transformar em uma paródia do Super Saiyajin enquanto se prepara para comer. Goku ainda faz uma pequena participação no final.[59] Goku é referenciado na música "Goku" de Soulja Boy Tell 'Em, onde o cantor se gaba de que se parece com Goku e alguns outros personagens de Dragon Ball, além de citar o Pikachu.[60] Em 2011, Goku, Luffy e Brandon Walsh, da série Beverly Hills, 90210, entregaram o Prêmio International Emmy Awards ao vencedor da categoria "Children and Young People".[61]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Goku tem sido bem recebido por publicações de mangá, anime e outras mídias. Em 1993, Goku ficou em segundo lugar em uma pesquisa de popularidade dos personagens da série, perdendo para seu filho Gohan.[62] Contudo, na pesquisa seguinte ele atingiu o primeiro lugar.[62] O site Anime News Network observou que Goku é uma boa parte da comédia da série e comentou que, depois de todos os eventos que acontecem com ele, ele ainda é o mesmo personagem ingênuo.[63] O site THEM Anime Reviews observou que Goku não é o "poder central" na primeira série, assim como em Dragon Ball Z, em que ele aleatoriamente desaparece entre as sagas, para treinar e aumentar sua força. Também gostaram de como a série mostra sua história, fazendo dele um bom protagonista.[64] Rationalmagic.com elogiou a inocência de Goku como uma das partes mais engraçadas da série.[65] Sua viagem e crescente força resultou no personagem ganhando a "admiração de jovens em toda parte".[66] Ele também ficou em 1º lugar no Top 25 dos Personagens de Anime de Todos os Tempos, feito pela IGN.[67] Ficou na mesma colocação nos "10 Maiores Ícones Heróis de Animes", feito pela Mania Entertainment, escrito por Thomas Zoth que comentou que "Goku e Dragon Ball revolucionaram completamente o gênero shonen".[68]

Diversos itens de mercado de Goku foram criados e vendidos, incluindo figuras de ação[69] [70] , pelúcias[71] [72] e chaveiros.[73] Ele também já apareceu estampado em latas de café vendidos pela empresa japonesa Pokka.[74] Em 2005, O Leitor Diário publicou um artigo chamado "Os Maiores Heróis Geeks de Filmes de Todos os Tempos". Goku era o único personagem animado da lista, onde ficou em 10º lugar.[75] Outros autores de mangá como Eiichiro Oda e Masashi Kishimoto, criadores de One Piece e Naruto, usaram Goku como inspiração para a criação de Luffy e Naruto.[76] [77] No ano 2000, Goku ficou em 3º lugar em uma votação de personagem favorita realizada pelo Animax.[78] Em uma pesquisa realizada por Oricon, em 2007, feita por 1000 pessoas, Goku foi classificado em primeiro lugar como o "Personagem de Mangá mais Poderoso de Todos os Tempos".[79] Na pesquisa "amizade" desenvolvida pelo site rankingjapan.com, em que as pessoas tinham que escolher o personagem de anime que gostariam de ter como amigo, Goku ficou em quinto lugar.[80] Masako Nozawa, a dubladora japonesa de Goku, comentou que gostou do momento em que Goku perdeu sua cauda porque que isso o fez mais normal; mas gostou mais ainda do fato dele ter permanecido o mesmo.[81] Wendell Bezerra, seu dublador brasileiro durante sua fase adulta, fez o seguinte comentário sobre Goku durante uma entrevista: "Eu gostei muito do Goku. Ele é engraçado, atrapalhado, meio xarope e não é do tipo heroizinho metido".[1] Jackie Chan afirmou em um registro que Goku é seu personagem favorito de Dragon Ball.[82] Goku também se classificou em 15º na lista "Melhor Alienígena nos Quadrinhos" realizada pelo site UGO.com.[83]

A banda alemã Goku leva o nome baseado no personagem. O cantor da banda, Thomas Dürr, escolheu esse nome por que Goku personifica a filosofia da banda, afirmando que era "fascinado pela ingenuidade e alegria de Goku, que ao mesmo tempo é um grande guerreiro à salvar o mundo"[84] . Em 2010, o artista chinês Edison Chen criou uma estátua de Goku, feita de fibra de vidro, como parte da sua coleção "I Hate You For Looking!". A estátua apresenta a expressão facial de Edison no corpo de Goku.[85] O canal AnimeCentral classificou a luta de Goku contra Freeza como a melhor luta de anime de todos os tempos, comentando que "lutas não ficam mais épicas do que esta".[86] Goku e Luffy empataram em primeiro lugar em uma pesquisa sobre o maior herói de anime da Fuji TV.[87]

Referências

  1. a b Redação Henshin (20 de julho de 2005). «Wendel Bezerra - dublador Super Saiyajin». Henshin. Consultado em 24 de junho de 2009. 
  2. «A Lenda de Sun Wukong e Son Goku». Consultado em 3 de março de 2010. 
  3. a b c Akira Toriyama (9 de agosto de 1995). «Antes de Dragon Ball Parte 1». DRAGON BALL 大全集 ➋「STORY GUIDE」 (em japonês) Shueisha [S.l.] p. 46. ISBN 4-08-782752-6. 
  4. Akira Toriyama (9 de outubro de 1995). «鳥山明的超会見 第4回». DRAGON BALL 大全集 ➍ 「WORLD GUIDE」 Shueisha [S.l.] pp. 164–168. ISBN 4-08-782754-2. 
  5. Akira Toriyama (5 de junho de 1995). «鳥山明的超会見 第1回». DRAGON BALL 大全集 ➊ 「COMPLETE ILLUSTRATIONS」 Shueisha [S.l.] p. 202–206. ISBN 4-08-782754-2. 
  6. Akira, Toriyama (7 de outubro de 1992). «375 ベジータ、トランクス発進!!». セルの完全体 完成!!. Dragon Ball (em japonês) 32 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851687-7. 
  7. Akira Toriyama (15 de maio de 1989). «390 悟空と悟飯外へ». セルゲーム始まる. Dragon Ball 17 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851688-5.  Parâmetro desconhecido |edioma= ignorado (Ajuda)
  8. "全てオレが片付ける!!新生ベジータ親子出現". Dragon Ball. Fuji TV. 26 de agosto de 1992. Episódio número 154.
  9. Akira Toriyama (3 de dezembro de 1984). Weekly Shonen Jump 17 51 ed. (Japão: Shueisha). p. 2. 
  10. «Chinese Characters: Turtle». About.com. Consultado em 24 de junho de 2007. 
  11. Akira Toriyama (15 de julho de 1989). «211 界王さまと、がんばる死人孫悟空!». 孫悟空とピッコロ大魔王. Dragon Ball (em japonês) 18 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851615-X. 
  12. Akira Toriyama (15 de janeiro de 1991). «279 不思議な孫悟空». 悟空か!?ギニューか!?. Dragon Ball (em japonês) 24 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851414-9. 
  13. Akira Toriyama (15 de novembro de 1991). «337 集う超戦士たち». 未来から来た少年. Dragon Ball (em japonês) 28 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851418-1. 
  14. Akira Toriyama. «418 そして10年後». バイバイ ドラゴンワールド. Dragon Ball (em japonês) 42 Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-851090-9. 
  15. Dragon Ball Z - Filme 08: Eleve seu Poder ao Máximo! A Perigosa Batalha Sangrenta!
  16. Mangá Dragon Ball Volume 01, Cap. 05
  17. Mangá Dragon Ball Volume 20, Cap. 232-238
  18. Mangá Dragon Ball Volume 26, Cap. 313
  19. Mangá Dragon Ball Volume 42, Cap. 510-516
  20. Dragon Ball GT episódio 63
  21. Mangá Dragon Ball Cap. 317/Dragon Ball Z Ep. 95
  22. Mangá Dragon Ball Cap. 458/Dragon Ball Z Ep. 239
  23. Mangá Dragon Ball Cap. 474/Dragon Ball Z Ep. 245
  24. Dragon Ball GT ep. 34
  25. «Dragon Ball Super Legendado Episodio 11:». mais.uol.com.br. Consultado em 2015-11-16. 
  26. Créditos de Dragon Ball: The Magic Begins (新七龍珠 神龍的傳說?) dirigido por Joe Chan Jun-Leung, 1989
  27. Créditos de Dragon Ball: Ssawora Son Goku, Igyeora Son Goku (드래곤볼 싸워라 손오공 이겨라 손오공?), 1990
  28. Tatiana Siegel (13 de novembro de 2007). «'Dragonball' vem ao telão» (em inglês). Variety. Consultado em 14 de novembro de 2007. 
  29. «Starballz > Overview - AllMovie». Allmovie. Consultado em 8 de setembro de 2010. 
  30. «Personagens em Jump Super Stars» (em japonês). Consultado em 21 de maio de 2010. 
  31. «Dragon Ball em Jump Super Stars» (em japonês). Consultado em 21 de maio de 2010. 
  32. Dragon Ball Z: あつまれ!! 悟空ワールド. Toei Animation. (Bandai). Videkko. (1992)
  33. «Dragon Ball, Naruto e One Piece em Second Life». Anime News Network. 21 de dezembro de 2007. Consultado em 3 de novembro de 2008. 
  34. «Proezas de Arale e Goku». GameKyo.com. 26 de setembro de 2008. Consultado em 6 de fevereiro de 2009. 
  35. «Letra de Son Goku Song» (em português com letra da música em japonês). AnimeBlade. Consultado em 4 de dezembro de 2010. 
  36. «Letra de Gokū no Gokigen Jānī» (em inglês com letra da músia em japonês). KameHouse. Consultado em 4 de dezembro de 2010. 
  37. «Letra de Ore-tachi no Energy» (em inglês com letra da música em japonês). Fullmp3. Consultado em 4 de dezembro de 2010. 
  38. a b Minoru Okazaki e Daisuke Nishio (diretores). Dragon Ball DVD Box: DragonBox (Booklet). Japão: Pony Canyon. «o curta-metragem aparece no DVD, que foi lançado em 2004»  Parâmetro desconhecido |ano2= ignorado (|ano=) (Ajuda);
  39. «Carta de Akira Toriyama em solidariedade ao Japão» (em japonês). Consultado em 20 de março de 2011. 
  40. «A energia de uma Genki Dama» (em site em inglês com o video em japonês). Consultado em 20 de março de 2011. 
  41. «『ネコマジンZ』ストーリーグイヅェスト» (Flash) (em japonês). Shueisha. Consultado em 5 de junho de 2009. 
  42. Osamu Akimoto (15 de setembro de 2006). «Essa é a Estação de Políca Dragão em frente ao estacionamento de Namekusei». Shueisha (em japonês) (〒101-8050 Tokyo-to, Chiyoda-ku Hitotsubashi 2-5-10 [s.n.]). ISBN 4-08-874096-3.  Parâmetro desconhecido |títuo= ignorado (Ajuda); Falta o |titulo= (Ajuda);
  43. Akira Toriyama& Eiichiro Oda (25 de dezembro de 2006). "Cross Epoch" (em Japonês). Shonen Jump. 〒101-8050 Tokyo-to, Chiyoda-ku Hitotsubashi 2-5-10: Shueisha.
  44. "Career Day". MXC. Spike. March 24, 2005. Episódio número 52.
  45. Sawai, Yoshio (2004). Especial da Mordaça 2005 da Shonen Jump. Dragon Ball (Japão: Shueisha). p. 2. 
  46. "Fire It Up! Abenobashi Hong Kong Combat Shopping Arcade". Magical Shopping Arcade Abenobashi. G4. February 9, 2005. Episódio número 4, 1ª temporada.
  47. "Awaken!! Super Kuroyanagi!". Yakitate!! Japan. November 22, 2005. Episódio número 55, 1ª temporada.
  48. «179». Yakitate!! Japan 20 Shogakukan [S.l.] 2005. pp. 11–14. ISBN 4091270603.  Parâmetro desconhecido |sobrenme= ignorado (Ajuda); |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  49. «Desenhos de Ayumi Hamasaki por Akira Toriyama». Anime News Network. 3 de fevereiro de 2009.  Parâmetro desconhecido |accesodata= ignorado (Ajuda)
  50. «Dragon Fall - Introdução». Consultado em 25 de fevereiro de 2011. 
  51. «Notícias da Fuji TV». Fuji TV. 2003. Consultado em 25 de setembro de 2008. 
  52. «Fuji TV». Fuji TV. Consultado em 25 de setembro de 2008. 
  53. «Programação da Fuji TV». Star*Tech. Consultado em 25 de setembro de 2008. 
  54. "IQミラーまちがい7". IQサプリ. Fuji TV. Saturday March 25, 2006, 7:00PM.
  55. The Wizard Staff. (Outubro 2002). "E@st Vs. West: Goku Vs Superman". Wizard Magazine 133: 64.
  56. "Chicken Ball Z". As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy. Cartoon Network. 15 de agosto de 2003. Episódio número 16b, 2ª temporada.
  57. "Operação R.E.L.A.T.O.". KND - A Turma do Bairro. Cartoon Network. 5 de dezembro de 2003. Episódio número 22a, 2ª temporada.
  58. "Um Natal Muito Dragon Ball Z". Frango Robô. Cartoon Network. 16 de abril de 2006. Episódio número 23, 2ª temporada.
  59. "Kobayashi". Saturday TV Funhouse. NBC. 11 de novembro de 2006. Episódio número 93.
  60. Erro em Lua em Módulo:Citação/CS1 na linha 2140: attempt to call upvalue 'year_date_check' (a nil value).
  61. «Dragon Ball's Goku, One Piece's Luffy Appear at Int'l Emmys» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 29 de novembro de 2011. 
  62. a b Toriyama, Akira (1995). «Trabalho Completo com Comentários». DragonBall Daizenshuu 1 – Complete Illustrations (Japão: Shueisha). pp. 208–217. 
  63. Allen Divers (18 de novembro de 2001). «Dragon Ball (manga) Graphic Novel vol 5» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 27 de setembro de 2008. 
  64. «Dragon Ball anime review» (em inglês). themanime.org. Consultado em 3 de outubro de 2008. 
  65. «Dragon Ball Volume 1 review» (em inglês). Rationalmagic.com. Consultado em 3 de outubro de 2008. 
  66. Wiedemann, Julius (2004-09-25). "Akira Toriyama", in Amano Masanao (ed.): Manga Design. Taschen, p. 372. ISBN 3-8228-2591-3
  67. «Goku wins a place with the best» (em inglês). IGN. 20 de outubro de 2009. Consultado em 21 de outubro de 2009. 
  68. «10 Most Iconic Anime Heroes» (em inglês). Mania Entertainment. 12 de janeiro de 2010. Consultado em 22 de janeiro de 2010. 
  69. «Dragonball Z BanDai Hybrid Action Mega Articulated 4 Inch Action Figure Goku» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 11 de setembro de 2008. 
  70. «Super saiyan goku dragon ball z 4"" ultimate collction f» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 11 de setembro de 2008. 
  71. «Dragon Ball Z DBZ GOKU 13" Plush Toy» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 11 de setembro de 2008. 
  72. «Dragon Ball 5" Son Goku Plush» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 11 de setembro de 2008. 
  73. «Goku & Tenkaichi Budokai - Dragonball Twin Figure Keychain (Japanese Imported)» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 11 de setembro de 2008. 
  74. «Café para Saiyajins». Henshin. Consultado em 16 de junho de 2011. 
  75. «Goku wins a place with the best» (em inglês). Anime News Network. 25 de fevereiro de 2001. Consultado em 26 de setembro de 2008. 
  76. Masashi Kishimoto (2007). Uzumaki: the Art of Naruto (em japonês) Viz Media [S.l.] pp. 138–139. ISBN 1-4215-1407-9. 
  77. Eiichiro Oda. «Interview with Eiichiro Oda and Akira Toriyama». One Piece Color Walk (em japonês) 1 [S.l.: s.n.] ISBN 978-4088592176. 
  78. «Gundam Tops Anime Poll» (em inglês). Anime News Network. 12 de setembro de 2009. Consultado em 10 de novembro de 2008. 
  79. «1000 People Chose! The Strongest Character Ranking In Cartoon History!» (em japonês). Consultado em 28 de outubro de 2007. 
  80. «Which Anime Character Do You Wish You Could Be Friends With?» (em inglês). Anime News Network. 28 de fevereiro de 2007. Consultado em 29 de junho de 2009. 
  81. Jump Comics (dezembro de 1997). Dragon Ball GT: Perfect File 2 (em Japanese) Shueisha [S.l.] ISBN 4-08-874090-4. 
  82. «I Love DragonBall #1: Jackie Chan». Dragon Ball Daizenshu: Complete Illustration (em japonês) Shueisha [S.l.] 25 de junho de 1995. p. 7. ISBN 4-08-782754-2.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  83. «Melhor Alienígena nos Quadrinhos» (em inglês). UGO.com. Consultado em 8 de junho de 2011. 
  84. Munichx.de:. «Thomas D. und Bertil Mark im Interview» (em alemão). Consultado em 14 de janeiro de 2008. «so fasziniert, aufgrund seiner Naivität und Frohsinns und gleichzeitig wurde er zum großen Kämpfer und rettet die Welt.» 
  85. Han Wei Chou. «Edison Chen faz sua estréia» (em inglês). Consultado em 29 de setembro de 2010. 
  86. «Friday Feature» (em inglês). AnimeCentral. Consultado em 2 de dezembro de 2011. 
  87. «One Piece's Luffy, DB's Goku Top Fuji TV's Anime/Tokusatsu Hero Poll» (em inglês). Anime News Network. Consultado em 5 de abril de 2012. 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Son Goku