Chandrayaan-2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chandrayaan-2
Descrição
Duração da missão Orbitador: 1 ano
Lander Vikram: <15 dias[1]
Rover Pragyan <15 dias[1]
Propriedades
Massa 2.650 kg
Produção
Antecessor Chandrayaan-1
Sucessor Chandrayaan-3
Missão
Destino Lua


Chandrayaan-2 (em sânscrito: चंद्रयान-२, lit: Moon-vehicle[2][3] Loudspeaker.svg? pronunciation) é a segunda missão de exploração lunar desenvolvido pela Agência Espacial Indiana, em seguimento a Chandrayaan-1, inicialmente em conjunto com a Agência Espacial Russa.[4] A missão era planejada para começar em 2014[5][6][7] mas o lançamento foi cancelado devido a um obstáculo técnico em 15 de julho de 2019, e remarcado às 2:43 pm IST na segunda-feira, 22 de julho de 2019.[8][9] De acordo com a ISRO, a missão vai testar várias novas tecnologias e realizar novos experimentos.[5][6][10] A espaçonave tem uma massa de 3,8 toneladas e tem três módulos: Sonda espacial orbital, Lander (Vikram) e Rover (Pragyan). Se a missão fosse bem sucedida, o ISRO Chandrayaan 2 seria a primeira missão a pousar um veículo espacial perto do pólo sul lunar e a Índia se tornaria o quarto país a conseguir esse feito depois dos Estados Unidos, da União Soviética e da China,[11] entretanto, a ISRO perdeu contato com o módulo lunar quando este estava aproximadamente a 2,1 quilômetros acima da superfície da Lua.[12]

História[editar | editar código-fonte]

Em 12 de novembro de 2007, representantes da Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos) e ISRO assinaram um acordo para as duas agências trabalharem juntas no projeto Chandrayaan-2.[13] A ISRO seria a principal responsável pelo orbitador e pelo veículo espacial, enquanto a Roscosmos seria a fornecedora da sonda. O governo indiano aprovou a missão em uma reunião do gabinete da União, realizada em 18 de setembro de 2008 e presidida pelo primeiro-ministro Manmohan Singh.[14] O design da nave espacial foi concluído em agosto de 2009, com cientistas de ambos os países realizando uma revisão conjunta.[15][16]

Chandrayaan 2 deveria ser lançado de Sriharikota em 15 de julho às 02h01. entretanto foi adiado, citando questões técnicas.[17][18] Finalmente, a nave foi lançada em 22 de julho de 2019.[19]

A câmera LI4 Chandrayaan-2, em 21 de agosto de 2019, a uma altitude de 2650 quilômetros da superfície da lua, capturou a primeira imagem da Lua. As duas características mais notáveis na borda são a bacia Mare Orientale e as crateras da Apollo.[20] Em 1 de setembro, o sistema Chandrayaan 2 (as unidades combinadas de orbitador, aterrizador e astromóvel) completou sua quinta e última manobra de redução de órbita, levando-o a uma órbita quase circular de 119 x 127 km ao redor da lua.[21]

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Os principais objetivos do Chandrayaan-2 são demonstrar a capacidade de pousar suavemente na superfície lunar e operar um astromóvel robótico na superfície. Os objetivos científicos incluem estudos de topografia lunar, mineralogia, abundância elementar, exosfera lunar e assinaturas de hidroxila e gelo.[22]

Ponto de aterrissagem planejado[editar | editar código-fonte]

Inicialmente dois locais de pouso foram selecionados, cada um com uma elipse de pouso de 32 km x 11 km.[23] O local principal de pouso (PLS54) fica a 70.90267 S 22.78110 E (~ 350 km ao norte da borda da Bacia do Pólo Sul-Aitken)[24][25] e o local de pouso alternativo (ALS01) está em 67.874064 S 18.46947 O. O local principal fica em uma planície alta entre duas crateras.[26][27] Em setembro, foi decidido que o ponto de aterrissagem é um planalto que se eleva entre duas crateras apelidadas de Manzinus C e Simpelius N. Em uma grade da superfície da lua, ela cairia a 70,9 graus de latitude sul e 22,7 graus de longitude leste. Fica a cerca de 600 quilômetros do pólo sul. No entanto, a Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO), que supervisiona a missão, não descartou o local de backup selecionado (ALS01).[28]

A 6 de setembro o aterrissador Vikram, que também transportava o rover Pragyan, deveria ter então pousado na Lua. Entretanto a ISRO perdeu o contato com a sonda quando já estava a apenas 2 quilômetros de distância da superfície.[29] Suspeitou-se a princípio que Vikram tenha se chocado violentamente no solo lunar.[30] , devido à perda de controle provocado pelo mau funcionamento de um dos cinco propulsores, que poderiam ter desestabilizado o veículo.[31]

No dia seguinte, o aterrissador Vikram foi localizado pela agência espacial indiana, contudo o contato com a sonda não foi reestabelecido.[32]

Perfil da missão[editar | editar código-fonte]

Cronograma de Operações[33]
Estágio Data Evento Detalhe Resultado Referências
Estágio geocêntrico 22 de julho de 2019: 09:13:12 UTC Lançamento Tempo de Descarga: 16 min 14 seg Apogeu: 45 475 km (28 000 mi)
Perigeu: 169,7 km (105 4 mi)
[34]
24 de julho de 2019 09:22 UTC Manobra de elevação de órbita Tempo de Descarga: 48 sec Apogeu: 45 163 km (28 000 mi)
Perigeu: 230 km (140 mi)
[35]
26 de julho de 2019, 01:09 (planejado) Manobra de elevação de órbita Tempo de Descarga: Apogeu:

Perigeu:

[36]
29 de julho de 2019 19:39 UTC (planejado) Manobra de elevação de órbita Tempo de Descarga: Apogeu:

Perigeu:

02 de agosto de 2019 (planejado) Manobra de elevação de órbita Tempo de Descarga: Apogeu:

Perigeu:

06 de agosto de 2019 (planejado) Manobra de elevação de órbita Tempo de Descarga: Apogeu:

Perigeu:

14 de agosto de 2019 (planejado) Injeção translunar Tempo de Descarga: Apogeu:

Perigeu:

Fase Selenocêntrica 20 de agosto de 2019 03h32 UTC Inserção da órbita lunar
1ª manobra de limite lunar
Tempo de Descarga: 1738 seg. Apogeu:18 072 km (11 000 mi)

Perigeu:114 km (71 mi)

[37][38]
21 de agosto de 2019 2ª manobra de limite lunar Tempo de Descarga: 1228 seg. Apogeu:4 412 km (2 700 mi)

Perigeu:118 km (73 mi)

[39]
28 de agosto de 2019 3ª manobra de limite lunar Tempo de Descarga: 1190 seg. Apogeu:1 412 km (880 mi)

Perigeu:179 km (110 mi)

[40]
30 de agosto de 2019 (planejado) 4ª manobra de limite lunar Tempo de Descarga: 1155 seg. Apogeu:164 km (100 mi)

Perigeu:124 km (77 mi)

[41]
1º de setembro de 2019 (planejado) 5ª manobra de limite lunar Tempo de Descarga: 52 seg. Apogeu:127 km (79 mi)

Perigeu:119 km (74 mi)

[42]
Pouso lunar da Vikram 2 de setembro de 2019 7:45 UTC Separação -Vikram
127 km (79 mi)119 km (74 mi) [43]
3 de setembro de 2019 3:20 UTC 1ª descarga para desorbitação Tempo de Descarga: 4 seg. 128 km (80 mi)104 km (65 mi) [44]
3 de setembro de 2019 (planejado) 2a descarga para desorbitação
3 de setembro de 2019 (planejado) Descida assistida
6 de setembro de 2019 (planejado) Aterrissagem da Vikram Perda de contato com a nave [45]
7 de setembro de 2019 (planejado) Lançamento do Astromóvel Pragyan

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Nair, Avinash (31 de maio de 2015). «ISRO to deliver "eyes and ears" of Chandrayaan-2 by 2015-end». The Indian Express. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  2. «candra» (em inglês). Spoken Sanskrit. Consultado em 5 de novembro de 2008 
  3. «yaana» (em inglês). Spoken Sanskrit. Consultado em 5 de novembro de 2008 
  4. «India, Russia giving final shape to Chandrayaan-2» (em inglês). Hindustan Times. 30 de outubro de 2008. Consultado em 11 de novembro de 2008 
  5. a b «Chandrayaan-2 to be finalised in 6 months» (em inglês). The Hindu. 7 de setembro de 2007. Consultado em 22 de outubro de 2008 
  6. a b «Chandrayaan-II will try out new ideas, technologies». The Week. 7 de setembro de 2010. Consultado em 7 de setembro de 2010. Arquivado do original em 14 de julho de 2011 
  7. «ISRO plans Moon rover» (em inglês). Chennai, India: The Hindu. 4 de janeiro de 2007. Consultado em 22 de outubro de 2008 
  8. Malewar, Amit (19 de julho de 2019). «Chandrayaan 2 launch: ISRO reveals new date and time». Tech Explorist (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  9. Laxman, Srinivas (3 de Março de 2018). «Chandrayaan-2 launch delayed, likely to take off only after Oct». The Times of India (em inglês). Times News Network. Consultado em 8 de Março de 2018 
  10. «Landing spots for Chandrayaan-2 identified». DNA India (em inglês). 21 de fevereiro de 2014. Consultado em 23 de fevereiro de 2014 
  11. BaglaJul. 22, Pallava; 2019; Pm, 2:45 (31 de janeiro de 2018). «Update: After 1.5 years of delay, India's ambitious lunar mission launches». Science | AAAS (em inglês). Consultado em 24 de julho de 2019 
  12. «India's Vikram Spacecraft Apparently Crash-Lands on Moon» (em inglês). Planetary. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  13. Chand, Manish (12 de novembro de 2007). «India, Russia to expand n-cooperation, defer Kudankulam deal». Nerve. Consultado em 12 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 13 de janeiro de 2014 
  14. Sunderarajan, P. (19 de setembro de 2008). «Cabinet clears Chandrayaan-2». The Hindu. Consultado em 23 de outubro de 2008 
  15. «ISRO completes Chandrayaan-2 design». Domain-b.com. 17 de agosto de 2009. Consultado em 20 de agosto de 2009 
  16. «India and Russia complete design of new lunar probe». Sputnik News. RIA Novosti. 17 de agosto de 2009. Consultado em 20 de agosto de 2009 
  17. Chandrayaan-2 will carry a total of 13 payloads including one from NASA The payloads onboard the lunar mission will not be all Indian, as it was being expected initially. por Ashwini Sakharkar - 2019
  18. Malewar, Amit (15 de julho de 2019). «Chandrayan 2 mission has been put on hold citing technical issues». Tech Explorist (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2019 
  19. «Índia lança a Chandrayaan-2, missão inédita até a Lua». G1. Consultado em 22 de julho de 2019 
  20. «Chandrayaan 2 captures the first image of the Moon from Lunar Orbit». Tech Explorist (em inglês). 23 de agosto de 2019. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  21. «Vikram Lander separates from Chandrayaan 2 Orbiter». Tech Explorist (em inglês). 2 de setembro de 2019. Consultado em 3 de setembro de 2019 
  22. «Chandrayaan 2». NSSDCA Master Catalog. NASA. Consultado em 3 de julho de 2019 
  23. Amitabh, S.; Srinivasan, T. P.; Suresh, K. (2018). Potential Landing Sites for Chandrayaan-2 Lander in Southern Hemisphere of Moon (PDF). 49th Lunar and Planetary Science Conference. 19–23 March 2018. The Woodlands, Texas. Bibcode:2018LPI....49.1975A. Cópia arquivada (PDF) em 22 de agosto de 2018 
  24. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Rishitosh 2019
  25. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Amitabh20182
  26. Chandrayaan-2: How 'Lander Vikram' will touchdown on the moon? Srishti Choudhary, Live Mint 14 July 2019.
  27. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Rishitosh 20192
  28. Spaceflight, Meghan Bartels 2019-09-05T10:58:52Z. «Here's Where India's Chandrayaan-2 Will Land Near the Moon's South Pole (and Why)». Space.com (em inglês). Consultado em 5 de setembro de 2019 
  29. «Missão Chandrayaan-2, da Índia, perde contato ao tentar pousar na Lua». Revista Galileu. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  30. «Índia perde contato com nave da Chandrayaan-2 minutos antes de pouso na Lua - Espaço». Canaltech. 6 de setembro de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2019 
  31. «ISRO locates Vikram lander on Moon, but no contact yet». Tech Explorist (em inglês). 8 de setembro de 2019. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  32. «Índia encontra o módulo de pouso Vikram da sonda que enviou à Lua». Mundo Conectado. 9 de setembro de 2019. Consultado em 10 de setembro de 2019 
  33. «Chandrayaan-2 update:Mission Plan of Chandrayaan-2 spacecraft - ISRO». www.isro.gov.in. Consultado em 24 de julho de 2019 
  34. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome ISRO_PR_20190722
  35. «Chandrayaan2 update: First earth bound maneuver - ISRO». www.isro.gov.in. Consultado em 24 de julho de 2019 
  36. «Chandrayaan2 update: First earth bound maneuver - ISRO». www.isro.gov.in. Consultado em 25 de julho de 2019 
  37. «Chandrayaan-2 update: Lunar Orbit Insertion». www.isro.gov.in. Consultado em 20 de agosto de 2019 
  38. Chandrayaan-2 enters into Lunar Orbit
  39. «Chandrayaan-2 update: Second Lunar Orbit Maneuver». www.isro.gov.in. ISRO. Consultado em 21 de agosto de 2019 
  40. «Chandrayaan-2 update: Third Lunar bound Orbit Maneuver». www.isro.gov.in. ISRO. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  41. «Chandrayaan-2 update: Fourth Lunar Orbit Maneuver». www.isro.gov.in. ISRO. Consultado em 30 de agosto de 2019 
  42. «Chandrayaan-2 update: Fifth Lunar Orbit Maneuver». www.isro.gov.in. ISRO. Consultado em 1 de setembro de 2019 
  43. «Chandrayaan-2 update: Vikram Lander successfully separates from Orbiter - ISRO». www.isro.gov.in. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  44. «Chandrayaan-2 update: First de-orbiting maneuver - ISRO». www.isro.gov.in. Consultado em 3 de setembro de 2019 
  45. «Índia perde contato com nave da Chandrayaan-2 minutos antes de pouso na Lua - Espaço». Canaltech. 6 de setembro de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.