Davy Jones (Pirates of the Caribbean)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Personagem de "Piratas do Caribe"
Davy Jones
Sexo
Masculino
Navio (s)
Holandês Voador
Aparições
Piratas do Caribe: O Baú da Morte
Piratas do Caribe: No fim do mundo
Interpretado por:
Bill Nighy

Davy Jones é um personagem de ficção da saga cinematográfica Piratas do Caribe, interpretado pelo ator Bill Nighy, ao qual aparece no segundo e no terceiro filme: Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest e Pirates of the Caribbean: At World's End respectivamente.

No filme Pirates of the caribbean: Dead Man's Chest, que estreou em julho de 2006, seu papel é de principal vilão na forma de um demônio místico dos mares. O personagem é bastante fiel a lenda original, embora seja apresentado com um aspecto muito mais "marinho" e demoníaco.

História[editar | editar código-fonte]

Davy Jones aparece pela primeira vez em Piratas do Caribe: O Baú da Morte e retorna no terceiro filme, Piratas do Caribe: No Fim do Mundo. Ele é o capitão do Flying Dutchman, vagando pelos mares em busca de almas para servir em seu navio por um século. Na historia, seu proposito original era levar as almas dos que morreram no mar a partir deste mundo para o outro em seu navio. Ele foi incumbido desse dever por seu verdadeiro amor, a deusa do mar Calypso. Para cada dez anos no mar, ele poderia passar um dia em terra para ficar com ela. Dez anos após ter sido incumbido de seu dever, Jones estava preparado para se reunir com seu verdadeiro amor, mas ficou inconsolável e furioso quando ela não apareceu. Incapaz de lidar com sua traição, ele arrancou seu próprio coração e o colocou em um baú, enterrando-o em Isla Cruces. Este baú ficou conhecido como o Baú da Morte, o objeto principal a ser procurado no segundo filme. Jones, em seguida abandonou suas funções e passou a dominar os mares como um tirano com uma tripulação amaldiçoada presa a servir cem anos em seu navio. Graças a ter quebrado seu dever, uma maldição transformou Jones e sua tripulação em monstros do mar.

Morte[editar | editar código-fonte]

Davy Jones é morto por Will Turner, com uma "ajudinha" de Jack Sparrow enfiando uma faca no coração demoníaco de Jones. Sua última palavra foi: "Calypso..." e cai do Flying Dutchman e entra em um redemoinho marinho. Existem rumores de que quando ele morreu, perdera seus tentáculos. Will Turner virou o novo capitão do Holandês, mas não tem a cara amaldiçoada.

Ver também[editar | editar código-fonte]