Diadumeniano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diadumeniano
Augusto
Imperador Romano
Reinado maio a junho de 218
Predecessor Macrino (sozinho)
Sucessor Heliogábalo
Co-monarca Macrino
 
Nascimento 14 de setembro de 208
Morte junho de 218 (9 anos)
Zeugma, Síria Palestina, Império Romano
Pai Macrino
Mãe Nônia Celsa

Diadumeniano (em latim: Marcus Opellius Antoninus Diadumenianus Augustus) foi imperador romano de maio de junho de 218. Nasceu em 14 de setembro de 208 ,sendo filho de Macrino, do qual era co-imperador, e de Nônia Celsa, cujo nome pode ser fictício. Foi elevado a César em maio de 217 e, depois que Heliogábalo se revoltou alguns dias depois, Diadumeniano foi elevado a co-imperador. Depois que Macrino foi derrotado na Batalha de Antioquia (218), em 8 de junho de 218, foi enviado à corte de Artabanus V para garantir sua segurança. No entanto, foi capturado e executado ao longo do caminho, no final de junho.

História[editar | editar código-fonte]

Diadumeniano nasceu em 14 de setembro de 208, chamado Marcus Opellius Diadumenianus, filho de Macrino, prefeito pretoriano e futuro imperador, e sua esposa possivelmente fictícia Nônia Celsa.[1] Macrino declarou-se imperador em 11 de abril de 217, três dias após o assassinato do imperador Caracala. Pouco depois, Diadumeniano foi elevado a César em Zeugma, enquanto sua guarda o escoltava de Antioquia até a Mesopotâmia, para se juntar ao pai. Ele também recebeu o nome de Antonino, em homenagem à dinastia Antonina, naquele momento.[2] Em 16 de maio de 218, Heliogábalo - parente de Caracala através de sua mãe, Julia Soaemias, que era prima de Caracala - lançou em Emesa uma revolta contra o novo imperador. Para conter a revolta, Macrino levou suas legiões ao forte pretoriano de Apamea. Lá Macrino elevou Diadumeniano a augustus, fazendo-o co-imperador. Depois que Macrino foi derrotado por Heliogábalo em 8 de junho de 218, na Batalha de Antioquia, Macrino fugiu para o norte, no Bósforo. Antes de fugir, ele confiou Diadumeniano a servos leais, instruindo-os a levá-lo ao Império Parta, corte de Artabanus V, para garantir sua segurança. Diadumeniano foi capturado em Zeugma e executado no final de junho.[3][4] Sua cabeça foi levada a Heliogábalo e, supostamente, foi mantida como troféu.[5]

Numismática[editar | editar código-fonte]

Enquanto César, um grande número de moedas foi cunhada por Diadumeniano, embora menos do que a quantia atingida por seu pai. As moedas nas quais é retratado como augustus são extremamente limitadas, e as únicas moedas conhecidas dessa época são denários. Isso levou à sugestão, proposta pela primeira vez pelo antigo numismatista Curtis Clay, de que uma grande edição de moedas estava sendo feita para o Diadumeniano, no entanto elas foram rapidamente derretidas quando as notícias da derrota de Macrino se espalharam. Notavelmente, existem algumas moedas provinciais orientais do período que dão a Diadumeniano o título sebastos, na época o equivalente grego do augustus romano.[3] Em termos de moedas de ouro, Diadumeniano tem um estilo conhecido como áureo, exibindo sua imagem no anverso e exibindo Spes de pé no reverso, e um estilo conhecido de semi-áureo, exibindo sua imagem no anverso e exibindo-se segurando um cetro e o padrão.[6]

Referências

  1. Vagi 2000, pp. 289–290.
  2. Vagi 2000, p. 289.
  3. a b Vagi 2000, p. 290.
  4. Bédoyère 2017, p. 236.
  5. Bunson 1991, p. 130.
  6. Friedberg, Friedberg & Friedberg 2017, p. 45.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bédoyère, Guy de la (2017). Praetorian: The Rise and Fall of Rome's Imperial Bodyguard. [S.l.]: Yale University Press. ISBN 9780300226270 
  • Bunson, Matthew (1991). Encyclopedia of the Roman Empire. [S.l.]: Facts On File. ISBN 9781438110271 
  • Friedberg, Arthur L.; Friedberg, Ira S.; Friedberg, Robert (2017). Gold Coins of the World - 9th edition: From Ancient Times to the Present. An Illustrated Standard Catlaog with Valuations. [S.l.]: Coin & Currency Institute. ISBN 9780871840097 
  • Vagi, David L. (2000). Coinage and History of the Roman Empire, c. 82 B.C.- A.D. 480. [S.l.]: Fitzroy Dearborn. ISBN 9781579583163 

Precedido por
Macrino
Imperador romano
218
Com Macrino
Sucedido por
Heliogábalo