Estádio Boca do Lobo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boca do Lobo
Sisbrace: Star full.svg Star full.svg Star empty.svg Star empty.svg Star empty.svg[1]

Nomes
Nome Estádio Boca do Lobo
Apelido Boca
Antigos nomes Estádio da Avenida
Características
Local Pelotas
Gramado Grama natural (105 x 70 m)
Capacidade 23.336 pessoas[2]
Construção
Data 11/10/1908
Inauguração
Data 25/10/1908
Partida inaugural Pelotas x Rio Grande
Recordes
Público recorde 23.336 pessoas
Data recorde 2010
Partida com mais público (Pelotas 2x3 Grêmio)
Outras informações
Remodelado Novo Pavilhão em 1917

Novas Arquibancadas em 1977

Proprietário Esporte Clube Pelotas
Mandante Esporte Clube Pelotas

O Estádio Boca do Lobo, é um estádio de futebol da cidade de Pelotas no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, que tem como proprietário o Esporte Clube Pelotas, tendo sido construído em 1908.

Inicialmente o estádio era conhecido como Estádio da Avenida, mas por sua localização em um entroncamento de ruas na cidade conhecido como "boca de lobo", e com a posterior adoção do "Lobão" como mascote oficial do clube, o estádio passou a ser conhecido como Estádio Boca do Lobo, sendo este, hoje, o seu título oficial.

Até 2009 a Boca do Lobo tinha capacidade para 18.324 pessoas mas após o termino da nova arquibancada construída no estádio e com capacidade para 5.012 pessoas a Boca do Lobo passa a ter como capacidade oficial 23.336 pessoas[3].

Em seu redor comporta 68 lojas, integrando o Shopping Lobão, Churrascaria Lobão, Galeteria Lobão, posto Petrobras e diversos outros pontos comerciais, bares e restaurantes na avenida de maior movimento da cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Na histórica tarde de inauguração do então chamado Estádio da Avenida, o Sport Club Rio Grande, clube mais antigo do país, foi convidado para a disputa de dois confrontos. A preliminar seria entre os segundos times, com goleada áureo-Cerúlea pelo placar de 5 a 1.

O primeiro gol do Pelotas foi ali assinalado por Adalberto Barcellos. A partida entre os primeiros quadros foi vencida pelo Rio Grande por 3 a 2, tendo Curt Rheingantz assinalado o primeiro e também histórico gol pela equipe principal do Esporte Clube Pelotas.

O Rio Grande mantinha-se invicto desde a sua fundação. Até que em 24 de outubro de 1909 o Pelotas recebeu novamente o “vovô”, vencendo o confronto por dois a zero. Dois anos mais tarde, o Pelotas desafiou e venceu a todos os campeões regionais do estado, recebendo o título de “campeão estadual” de 1911, por unânime aclamação.

Em 1962 o Pelotas conquistou o Torneio Sesquicentenário de Pelotas, comemorativo aos 150 anos de fundação da cidade. Aquele ano ficaria marcado como o início da modernização do estádio, com a inauguração do pavilhão social de concreto, com cobertura, abrigando cadeiras cativas e novas dependências internas na parte frontal à praça Júlio de Castilhos para vestiários e administração.

O apelido Boca do Lobo é porque o estádio é situado no quarteirão formado, pela Avenida Bento Gonçalves, Praça Júlio de Castilhos, ruas Dr. Amarante e Gonçalves Chaves, o estádio faz esquina com duas artérias que se cruzam num ângulo semelhante ao de uma boca de lobo – a avenida Domingos de Almeida e a rua Gonçalves Chaves. Aquele ponto urbano já era há muito tempo conhecido como Boca do Lobo. E o estádio do Pelotas, com o passar dos anos, foi sendo chamado de Estádio da Boca do Lobo, ou simplesmente Boca do Lobo.

Partidas Históricas[editar | editar código-fonte]

Em 1994 a Boca do Lobo sediou um confronto histórico contra a Seleção da Rússia, que seria o primeiro adversário do Brasil na Copa do Mundo do Tetra. O resultado da partida foi 2 a 1 para os russos, com destaque para a presença de Carlos Alberto Parreira e Mário Jorge Lobo Zagallo nas tribunas.

Em 2010 a Boca do Lobo sediu ainda, além dos grandes confrontos do Campeonato Gaúcho, partidas históricas contra o Fluminense do Rio de Janeiro, Cerro Largo do Uruguai e Cerro Porteño do Paraguai. Neste ano também foram realizadas novas melhorias no estádio com a total reforma dos vestiários da casa, a instalação da nova loja Lobomania e a implantação das catracas eletrônicas.

Já em 2011, o Pelotas faz nova parceria com posto de serviços Ypiranga, viabilizando uma reforma total no vestiário e no túnel de acesso das equipes visitantes.

Referências

  1. «Classificação de estádios de futebol (Sisbrace)». Ministério dos Esportes. 25 de fevereiro de 2017 
  2. CBF
  3. FGF. «Esporte Clube Pelotas». Consultado em 9 de setembro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.