Fernando Deluqui

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde dezembro de 2017)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fernando Deluqui
Informação geral
Nome completo Fernando Deluqui Vasquez
Também conhecido(a) como Deluqui
Nascimento 25 de março de 1962 (56 anos)
Origem São Paulo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Rock, rock progressivo, new wave, romântica, pop rock
Instrumento(s) Vocais e guitarra
Gravadora(s) CBS, Sony Music, Universal Music
Afiliação(ões) RPM, Engenheiros do Hawaii
Página oficial fernandodeluqui.com

Fernando Deluqui Vasquez (São Paulo, 25 de março de 1962) é um guitarrista e vocalista brasileiro, conhecido principalmente por ser membro da banda RPM e por sua passagem pela banda gaúcha Engenheiros do Hawaii. Também apresenta o programa de viagens Deluqui Nau no canal PlayTV.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fernando Deluqui Vasquez é filho de Newton Vasquez, diretor de uma importante empresa paulista, e de D. Lia Vasquez. Começou a se interessar por música através das aulas de bateria, aos seis anos, com a professora Arlete Marcondes.

Desde o início de sua carreira como um dos fundadores do RPM, a banda-símbolo da maior febre do rock nacional dos anos 80, Deluqui vem firmando sua identidade como um dos mais conhecidos guitarristas do Brasil.

1989-1994-1995[editar | editar código-fonte]

Após o fim do RPM em 89 Fernando Deluqui participa do início da carreira solo de seu companheiro de RPM Paulo Ricardo com parcerias, gravando as guitarras e as tocando nos shows. Em 94 é lançado o disco intitulado "Paulo Ricardo RPM" um disco de rock onde Deluqui dita o ritmo. Esse disco é um dos melhores trabalhos de Deluqui como guitarrista.

Em 1995, Deluqui entra para os Engenheiros do Hawaii, gravando o álbum Simples de Coração, um divisor de águas na sonoridade da banda.

1996-2000-2002[editar | editar código-fonte]

Depois sua saída dos Engenheiros do Hawaii em 96, Deluqui dá uma pausa em sua carreira e se tranca em seu studio.No ano de 2000 reaparece com seu primeiro disco solo homônimo, com 13 faixas aonde Deluqui gravou todos os instrumentos, esse disco independente chamou a atenção da gravadora Universal que propôs em relançar o disco gerando assim o disco "Ouro do Gueto" que além das canções do disco "Fernando Deluqui" conteria 3 músicas inéditas, projeto esse que foi cancelado por causa da volta do RPM. Em 2002, retorna aos palcos com o RPM e conquista CD e DVD de platina, com o disco MTV RPM 2002. Apesar do súbito fim da banda, o guitarrista se une ao tecladista e maestro Luiz Schiavon, seu parceiro no RPM, e ao músico André Lazzarotto. Os três lançam o disco LS&D: Viagem Na Realidade, tendo como principal sucesso a canção Madrigal, executada na abertura da telenovela Cabocla (2004), da Rede Globo.

2005-2007-2008[editar | editar código-fonte]

Em 2005, Deluqui apresenta o show 80s Delux, projeto idealizado pelo músico que oferece ao público um resgate bem cuidado do pop-rock nacional e internacional da década de 80. Acompanhado de mais três músicos, Deluqui ainda apresenta programações eletrônicas no show. Em 2007, Deluqui lança seu segundo disco solo, intitulado Delux. O CD é marcado por canções pop e parcerias de Deluqui com compositores como Tatá Aeroplano e Luiz Schiavon, na canção Chuva, e Humberto Gessinger, dividindo composição e vocais na canção Porão. Com o lançamento, Deluqui começa uma agenda de divulgação, participando de vários programas de rádio e TV, e coloca um novo show na estrada passando por vários estados do país. Desse disco também foi lançado um vídeo da música Explode o amor, executado na MTV. Alguns destaques dessa turnê são os shows de 2008, nos quais Deluqui participou de grandes eventos, como a Virada Cultural em São Paulo, Planeta Almarock Festival em Blumenau (SC), Festa do Pinhão em Curitiba (PR) e o último show do ano em Belo Horizonte, no Freegells Music Hall, quando contou com as participações de Kiko Zambianchi, Guilherme Isnard e Ritchie. Outro show que merece destaque realizado naquele mesmo ano foi Delux Plays Hendrix, uma noite de tributo ao guitarrista Jimi Hendrix, uma das maiores influências de Deluqui. O show teve a participações de mais dois guitarristas seguidores de Hendrix, Edgard Scandurra e Yves Passarell.

2009-2011[editar | editar código-fonte]

No início de 2009, Deluqui lança seu terceiro trabalho, O Jardim Secreto, um disco instrumental com 9 faixas gravadas com violões. Mas pro fim de 2010 Deluqui grava em São Paulo o seu primeiro DVD solo mas esse projeto está parado pois mais uma vez o RPM acerta mais uma volta aos palcos depois da apresentação do programa "Por toda minha vida" da Rede Globo. Em 2011, Deluqui e os integrantes do RPM voltam as atividade nos palcos com músicas inéditas no novo cd do RPM, Elektra.

2014-presente[editar | editar código-fonte]

Com o RPM consolidado, a banda abre espaço para os integrantes trabalharem seus projetos individuais. Assim, Deluqui estreia o programa de TV "Deluqui Nau" na Play TV, um programa de viagens onde Deluqui e sua esposa viajam para vários lugares do mundo, sem roteiro conhecendo diversos lugares culturas, Deluqui também lança o seu mais novo trabalho solo que leva o mesmo nome do seu programa. O EP Deluqui Nau contem 5 faixas inéditas com a produção dos consagrados produtores Tadeu Patolla e Lampadinha.

Discografia[editar | editar código-fonte]

com o RPM[editar | editar código-fonte]

com Paulo Ricardo[editar | editar código-fonte]

com os Engenheiros do Hawaii[editar | editar código-fonte]

como Fernando Deluqui[editar | editar código-fonte]

com LS&D[editar | editar código-fonte]

  • 2004 - Viagem na Realidade

DVD's[editar | editar código-fonte]

  • 2002 - MTV RPM 2002
  • 2015 - Fernando Deluqui - Ao Vivo em Novo Horizonte