Final da Copa do Mundo FIFA de 1934

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa do Mundo FIFA de 1934
O Estádio Nacional do PNF recebeu a final
Evento Copa do Mundo FIFA de 1934
Data 10 de Junho de 1934
Local Estádio Nacional do PNF, Roma
Árbitro Ivan Eklind Suécia
Público 55,000

A Final da Copa do Mundo FIFA de 1934 foi uma partida de futebol realizada em 10 de Junho de 1934 para determinar o vencedor da Copa do Mundo FIFA de 1934. Foi a final da segunda Copa do Mundo, torneio quadrienal disputado pelas seleções masculinas das federações membros da FIFA. A partida foi disputada entre a Itália e a Tchecoslováquia, no Estádio Nacional do PNF, em Roma, Itália.

Na final, a Itália recuperou de um golo de desvantagem vencendo por 2–1 em uma partida que teve temperaturas próximas a 40 °C (104 °F<).[1]

O último jogador vivo daquela final, o goleiro tcheco František Plánička, morreu em 20 de Julho de 1996 com 92 anos de idade.[2]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Depois do Uruguai ter-se recusado a participar da edição de 1934 devido à falta de seleções europeias no torneio anterior e a Argentina ter sido eliminada na primeira rodada da competição pela Suécia,[3] a competição iria ter dois finalistas diferentes.

Para as duas nações, esta foi a primeira vez que competiram na Copa do Mundo.[4] Foi também o décimo primeiro encontro entre as duas equipas, com a partida anterior a acontecer na Copa Internacional da Europa Central de 1933-35 com a Itália vencendo a partida em Florença, Itália por 2-0 e empatando o confronto direto com três vitorias para cada lado e quatro empates.[5]

Caminho Até a Final[editar | editar código-fonte]

Itália Itália Fase Flag of the Czech Republic.svg Tchecoslováquia
Oponente Resultado Fase final Oponente Resultado
Flag of the United States.svg Estados Unidos 7–1 Oitavas de final Flag of Romania.svg Romênia 2–1
Espanha Espanha 1–1 Quartas de final Flag of Switzerland.svg Suíça 3–2
Espanha Espanha 1–0 Quartas de final (segundo jogo) Não houve Não houve
Flag of Austria.svg Áustria 1–0 Semifinais Alemanha Alemanha 3–1

O jogo[editar | editar código-fonte]

Resumo[editar | editar código-fonte]

A Tchecoslováquia passou para a frente a 19 minutos do fim, por intermédio de Antonín Puč. Eles mantiveram a liderança por apenas 10 minutos, com a Itália a chegar ao empate com um golo do atacante Raimundo Orsi. Não houve mais golos no tempo regulamentar, e a partida foi forçada a ir para prolongamento, a primeira final da Copa do Mundo a fazê-lo. Com apenas cinco minutos jogados no prolongamento, a Itália colocou-se na liderança com um golo de Angelo Schiavio e assegurou a vitória.

Detalhes[editar | editar código-fonte]

10 de Junho de 1934 Flag of Italy (1861–1946).svg Itália 2–1
(pro.)
 Tchecoslováquia Stadio Nazionale PNF, Rome
17:00 CEST
Orsi Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Schiavio Gol marcado aos 95 minutos de jogo 95'
Relatório Puč Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71' Público: 55,000
Árbitro: Ivan Eklind Suécia
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Itália
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Tchecos
lováquia
GK Itália Gianpiero Combi Capitão
RB Itália Eraldo Monzeglio
LB Itália Luigi Allemandi
RH Itália Attilio Ferraris
CH Itália Luis Monti
LH Itália Luigi Bertolini
OR Itália Enrique Guaita
IR Itália Giuseppe Meazza
CF Itália Angelo Schiavio
IL Itália Giovanni Ferrari
OL Itália Raimundo Orsi
Técnico:
Itália Vittorio Pozzo
ITA-TCH 1934-FIN-CM.svg
GK Checoslováquia František Plánička Capitão
RB Checoslováquia Josef Čtyřoký
LB Checoslováquia Ladislav Ženíšek
RH Checoslováquia Rudolf Krčil
CH Checoslováquia Štefan Čambal
LH Checoslováquia Josef Košťálek
OR Checoslováquia Antonín Puč
IR Checoslováquia Oldřich Nejedlý
CF Checoslováquia Jiří Sobotka
IL Checoslováquia František Svoboda
OL Checoslováquia František Junek
Técnico:
Checoslováquia Karel Petrů

Regras:

  • 90 minutes
  • Extra time, caso empate

Arbitragem[editar | editar código-fonte]

O árbitro principal foi o sueco Ivan Eklind, o Assistente 1 foi o belga Louis Baert e o Assistente 2 foi o húngaro Mihaly Ivancsics.

Referências

  1. Kelly, Jon (25 de Fevereiro de 2015). «What happened to the Qatar World Cup's cooling technology?». BBC. Consultado em 8 de Setembro de 2020 
  2. «František Plánička: Slávny brankár chytal aj so zlomeným lakt'om!». Život (em eslovaco). 30 de Maio de 2009. Consultado em 8 de Setembro de 2020. Arquivado do original em 14 de Julho de 2015 
  3. Freddi 2006:20
  4. «FIFA World Cup: Milestones, facts & figures. Statistical Kit 7» (PDF). FIFA. 26 de Março de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 21 de Maio de 2013 
  5. «Italy-Czech Republic/Czechoslovakia matches 1922-2013». 21 de Dezembro de 2017. Consultado em 8 de Setembro de 2020