Galacto-oligossacarídeo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Galactooligossacarídeos (GOS) são oligossacarídeo compostos em maior quantidade por moléculas de galactose contendo uma glicose terminal. É um elemento natural presente no leite materno e em alguns vegetais (cebola, alho, banana, soja, chicória, entre outros). Podem ser produzidos a partir da lactose pela reação de transgalactosilação da enzima β-galactosidase (lactase)[1]

Os GOS apresentam diversos benefícios à saúde, dentre eles aumenta a população de bifidobactérias, desenvolve a flora microbiana e o sistema imunológico em bebês por ser um componente do leite materno, aumenta a absorção de minerais como o cálcio, não causa cáries, entre outros benefícios.[2]


Referências

  1. MAHONEY, R. R. (1998). «Galactosyl-oligosaccharide formation during lactose hydrolysis: a review». Food Chemistry 
  2. SANGWAN, V.; et al. (2011). «Galactooligosaccharides: novel components of designer foods». Journal of Food Science 
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.