Celobiose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Celobiose
Alerta sobre risco à saúde
Cellobiose skeletal.png
Outros nomes Celose
4-O-β-D-Glucopyranosyl-D-glucose
D-Glucosyl-β-(1→4)-D-glucose
Identificadores
Número CAS 528-50-7
PubChem 10712
Propriedades
Fórmula molecular C12H22O11
Densidade 0,5 g·cm-3 [1]
Ponto de fusão

239 °C (decompõe-se) [2]

Solubilidade em água 111 g·l-1 a 15°C[3]
Compostos relacionados
Dissacarídeos relacionados Maltose, trealose (dímeros da glicose)
Sacarose (glicose + frutose)
Lactose (glicose + galactose)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Celobiose é um dissacarídeo glicosil-glicose de fórmula [HOCH2CHO(CHOH)3]2O, composto por duas moléculas de glicose, cada glicose é unida por ligações β (1 → 4). A celobiose é o dissacarídeo repetitivo da celulose. Esse polissacarídeo estrutural é o principal componente das paredes celulares de plantas. Os vertebrados não possuem celulase, que são responsáveis por hidrolisar as ligações β (1 → 4) da celulose. Entretanto, os herbívoros contém em seu trato digestivo celulases secretadas por microorganismos simbiontes, que assim permitem a digestão de plantas fibrosas[4]. A celobiose é hidrolisada à glicose por 1,4-β-D-glucosidades[5].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Celobiose

Referências

  1. Sicherheitsdatenblatt der Firma Carl-Roth
  2. Sicherheitsdatenblatt der Firma Sigma-Aldrich
  3. (en) « Celobiose » em ChemIDplus
  4. VOET, Donald; VOET, Judith. Bioquímica. Porto Alegre: Artmed, 2013.
  5. OGEDA, Thais Lucy; PETRI, Denise F. S.. Hidrólise Enzimática de Biomassa. Química Nova, [s.l.], v. 33, n. 7, p.1549-1558, 2010. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0100-40422010000700023.
Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.