Inocêncio Marques de Araújo Góis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Inocêncio Marques de Araújo Góis
Nascimento 1811
Cidadania Brasil
Ocupação juiz, político
Prêmios Comendador da Ordem Militar de Cristo

Inocêncio Marques de Araújo Góis, Barão de Araújo Góis ComC (Santo Amaro, 14 de julho de 1811Salvador, 13 de maio de 1897) foi um magistrado e político brasileiro, tendo sido eleito deputado provincial pela Bahia em diversas legislaturas, presidente da Câmara dos Deputados de 1872 a 1875 e vice-presidente da Bahia em 1862.

Foi também fidalgo cavaleiro da Casa Imperial, comendador da Imperial Ordem da Rosa e da Imperial Ordem de Cristo.[1]

Formado pela Faculdade de Direito de Recife, foi juiz da comarca de Cachoeira, desembargador da Relação e ministro do Supremo Tribunal de Justiça (1880).

Foi casado com Maria Inácia da Cunha Meneses, filha do visconde do Rio Vermelho e irmã do barão do Rio Vermelho. Seu filho, Inocêncio Marques de Araújo Góis Júnior, seguiu-o na vida pública como deputado provincial pela Bahia em quatro legislaturas e presidente da província de Pernambuco.

Títulos nobiliárquicos[editar | editar código-fonte]

Barão de Araújo Góis

Título conferido por decreto imperial em 12 de dezembro de 1886.

Referências

  1. Vasconcellos, Smith de. Archivo nobiliarchico brasileiro. [S.l.]: Рипол Классик. ISBN 9785881360122 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.