La calle de las novias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La calle de las novias
A rua das noivas (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Jaime Humberto Hermosillo
Produtor(es) Christian Bach
Humberto Zurita
Gerardo Zurita
Elenco Silvia Navarro
Juan Manuel Bernal
Sergio Basañez
Arcelia Ramírez
ver mais
Tema de abertura "Perdóname todo", por Amaury Gutiérrez
Exibição
Emissora de televisão original México Azteca
Transmissão original 20 de março de 2000 - 8 de setembro de 2000
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 125
Cronologia
Último
Háblame de amor
Tío Alberto
Próximo

La calle de las novias (trad.: A Rua das Noivas) é uma telenovela mexicana exibida pela Azteca e produzida por Christian Bach, Humberto Zurita e Gerardo Zurita em 2000[1] .

Foi protagonizada por Silvia Navarro e Juan Manuel Bernal com antagonização de Sergio Basañez.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

A rua das Noivas é um lugar cheio e colorido, onde convivem muitos espaços típicos do centro da Cidade do México: pequenos comerciantes estabelecidos, vendedores ambulantes, uma vila, um café de chinos, um talher de costura, um velho ginásio de box e uma pequena igreja do século XVIII.

A rua é conhecida, popularmente, com esse nome porque ali funcionam varias tendas dedicadas a venda de vestidos de noivas e ornamentos para a celebração de matrimônios. Se trata, no entanto, de uma rua qualquer do centro.

É uma metáfora. Uma rua que não existe e que temos inventado para que transcorra como cenário de una historia de amor juvenil, como um lugar maravilhoso no coração do DF onde uns personagens queridos vivem seus dias com amor, dor, alegria e solidariedade.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Preparan La calle de las novias». El Universal. 5 de março de 2000. Consultado em 28 de fevereiro de 2016. 
  2. «La calle de las novias, Univisión». NovelasySeries. Consultado em 18 de maio de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]