Marcus Vinícius Pedro Nogueira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Piá Carioca
Informações pessoais
Nome completo Marcus Vinícius Pedro Nogueira
Data de nasc. 16 de outubro de 1969 (49 anos)
Local de nasc. Campos dos Goytacazes (RJ),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,73 m
Canhoto
Apelido Piá, Carioca
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição (ex-Lateral-esquerdo)
Clubes de juventude
1989 Brasil Flamengo Sub-20
Clubes profissionais12
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1989-1993
1994-1995
1995-1997
1997-1998
1998
1999
2000
2001
2001
2002
2003
2004
2004
2005-2006
Total
Brasil Flamengo
Portugal União Madeira
Brasil Santos
Portugal União Madeira
Brasil Araçatuba
Brasil Matonense
Brasil União Barbarense
Brasil Matonense
Brasil Gama
Brasil America-RJ
Brasil Corinthians Alagoano
Brasil Grêmio Jaciara
Brasil Cuiabá
Brasil Serrano
221 00(6)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
000 00(0)
221 00(6)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 27 de maio de 2010.
2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de maio de 2010.

Marcus Vinícius Pedro Nogueira, o Piá (Campos dos Goytacazes, 16 de outubro de 1969), é um ex-futebolista brasileiro, que foi lateral-esquerdo do Flamengo, na década de 1990.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Piá, que também significa menino ou rapaz, no Sul do Brasil, assim como guri, assumiu a lateral esquerda do Flamengo, em 1990, após a transferência de Leonardo para o São Paulo. Vindo das categorias de base do Flamengo era um jogador tecnicamente limitado, mas sustentou-se no time devido à sua aplicação tática e esforço em um time carente de opções para a lateral. Na época Nelsinho, com passagens pela seleção brasileira, vindo do São Paulo junto de Bobô na negociação que envolvera a saída de Leonardo se machucou gravemente logo que chegou ao Flamengo e Piá assumiu a posição na equipe de Jair Pereira que ganharia a Copa do Brasil de 1990 sobre o Goiás.

Ganhou ainda o Campeonato Carioca de 1991 e o Campeonato Brasileiro de 1992.

Porém, o momento singular de sua carreira aconteceu nas finais do Brasileiro de 1992. Na primeira partida da decisão, Piá jogou o melhor futebol de sua vida, fazendo cruzamentos e assistências precisas que contribuíram, em muito, para a goleada de 3x0, que o Flamengo aplicou sobre o Botafogo. No jogo seguinte, as duas equipes empatariam em 2x2, de modo que o Flamengo sagrou-se campeão.

Após a chegada de Marcos Adriano, em 1993, Piá acabou perdendo seu espaço no time e, assim sendo, foi dispensado.

Além do Flamengo, Piá também jogou pelo Santos, União Madeira, de Portugal, Gama e Associação Atlética Ponte Preta.

Showbol[editar | editar código-fonte]

Participou de torneios de Showbol, representando o Flamengo.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Flamengo
União Madeira
Santos
Gama
Cuiabá

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.