Mas que Nada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Mas que nada"
Canção de Jorge Ben
do álbum Samba Esquema Novo
Lançamento 1963
Gravação 1963
Gênero(s) MPB/Samba
Duração 3:01
Gravadora(s) Philips
Letra Jorge Ben
Composição Jorge Ben
Faixas de Samba Esquema Novo
Tim Dom Dom'
(2)

"Mas que nada" é uma canção composta pelo cantor brasileiro Jorge Ben Jor.

Canção[editar | editar código-fonte]

Gravada em 1963, para seu primeiro álbum, Samba Esquema Novo a canção foi o primeiro grande sucesso de Jorge Ben (seu nome artístico na época). "Mas Que Nada" também é uma das canções brasileiras mais conhecidas no exterior, particularmente nos Estados Unidos, onde foi gravada pelo pianista e compositor brasileiro Sérgio Mendes.

O balanço inovador dos arranjos fez da canção um grande sucesso no Brasil. "Mas Que Nada" não é uma canção que se enquadre na bossa nova tampouco no samba tradicional. Não por acaso, ela demorou para ser aceita pelo meio musical brasileiro, sendo gravada primeiramente pelo grupo Tamba Trio, em 1963.

O sucesso da canção nos Estados Unidos viria após uma excursão de três meses naquele país, no qual Jorge Ben se apresentou em universidades e clubes, em 1965. No ano seguinte, Sérgio Mendes lançou uma versão da canção, em seu álbum Herb Alpert Presents Sérgio Mendes & Brazil '66. Foi aí que se tornou grande sucesso nas paradas norte-americanas, alcançando a posição #4 na parada "Adult Contemporary" e #47 na parada "Pop Singles" - ambas da Billboard. A importância da versão de Sérgio Mendes é traduzida por inúmeras versões feitas por artistas como Ella Fitzgerald, Al Jarreau, Trini Lopez e José Feliciano.

Em 2006, "Mas Que Nada" foi remixada e regravada pelo grupo Black Eyed Peas com o próprio Sérgio Mendes, chegando a posição de #13 na parada Hot Dance Music/Club Play da Billboard.

A faixa foi incluída no jogo eletrônico para Playstation 3, Xbox 360, Wii e WiiU "Just Dance 4", contendo apenas os vocais dos integrantes do Black Eyed Peas.

Foi tema de abertura de Estrelas, programa de entrevistas apresentado por Angélica, produzido e exibido pela Rede Globo, entre 2006 e 2011.

Está presente na trilha sonora da animação Rio, de 2011.

Versão de Sérgio Mendes[editar | editar código-fonte]

"Mas que Nada"
Single de Sérgio Mendes com Black Eyed Peas
do álbum Timeless
Lançamento 29 de maio de 2006 (iTunes)
Estados Unidos Junho de 2006
Formato(s) CD Single
Gravação 2005/2006
Gênero(s) Hip Hop
Duração 3:32 (versão do single)
4:22 (versão do álbum)
Gravadora(s) Will.I.Am Music Group/A&M Records
Composição Jorge Ben
Produção will.i.am
Certificação(ões) Ouro - ABPD Brasil[1]
Cronologia de singles de Sérgio Mendes com Black Eyed Peas
"Like That"
(2006)
"Bebot"
(2006)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

Em 2006, Sérgio Mendes regravou a canção junto com os Black Eyed Peas e vocais adicionais por Gracinha Leporace (esposa de Mendes); uma versão que está incluída em seu álbum Timeless (2006).

Formatos e faixas[editar | editar código-fonte]

CD Single
  1. "Mas que Nada" (participação de Black Eyed Peas) 3:32
  2. "Mas que Nada" 2:41
Single do iTunes (29 de Maio)
  1. "Mas que Nada" (Edição de Rádio) 3:33
  2. "Mas que Nada" (Masters At Work Remix) 8:03
  3. "Mas que Nada" 2:39

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Paradas (1966) Melhor
posição
Estados Unidos (Billboard Hot 100)[2] 47
Estados Unidos (Adult Contemporary)[3] 4
Paradas (2006) Melhor
posição[4]
Áustria (Ö3 Austria Top 75)[5] 8
Bélgica (Ultratop 50 de Flandres)[6] 7
Bélgica (Ultratop 50 da Valônia)[7] 12
 Brasil (Top 100 Chart) 1
 Brasil (Top 40 Faixas Dance) 11
ERRO: DEVE FORNECER ano PARA PARADA checa 6
Países Baixos (Dutch Top 40)[8] 1
França (SNEP)[9] 40
O campo songid é OBRIGATÓRIO PARA PARADA ALEMÃ 9
 Hungria (Airplay Chart) 1
 Irlanda (Irish Singles Chart)[10] 14
Itália (FIMI)[11] 37
 Peru (Top 100 Singles) 30
Suíça (Schweizer Hitparade)[12] 4
Reino Unido (OCC UK Singles)[13] 6
 Estados Unidos (Billboard Hot Dance Club Play)[14] 13
Mundo (United World Chart) 13

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]