Mauro Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mauro Fernandes
Mauro Fernandes.jpg
Informações pessoais
Nome completo Mauro Fernandes da Silva
Data de nasc. 3 de agosto de 1953 (64 anos)
Local de nasc. Sete Lagoas, Brasil Brasil
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1979-1980
1984-1985
1986-1989
1990
Brasil Campinense
Brasil Auto Esporte-PB
Brasil Botafogo-PB
Brasil ABC
Times/Equipas que treinou
1984-1985
1986-1989
1990
1991-1992
1993-1995
1998
1999
1999
2000
2001
2004
2004
2005
2005
2006
2006-2007
2007
2008-2009
2009
2009
2009-2010
2010-2011
2011
2011
2012
2012
2012
2013
2015
2017
2018
Brasil Auto Esporte
Brasil Botafogo-PB
Brasil CSA
Brasil Sergipe
Brasil Náutico
Brasil Sport
Brasil Coritiba
Brasil Botafogo
Brasil Matonense
Brasil Londrina
Brasil Brasiliense
Brasil Fortaleza
Brasil Ceilândia
Brasil Gama
Brasil Bahia
Brasil Vitória
Brasil Santa Cruz
Brasil Atlético-GO
Brasil Vitória
Brasil Atlético-GO
Brasil Brasiliense
Brasil América Mineiro
Brasil Criciúma
Brasil Itumbiara
Brasil Villa Nova
Brasil Grêmio Barueri
Brasil América Mineiro
Brasil Rio Verde
Brasil Caldas Novas
Brasil Portuguesa
Brasil Central-PE

Mauro Fernandes da Silva, mais conhecido como Mauro Fernandes (Sete Lagoas, 3 de agosto de 1953) é um treinador brasileiro de futebol. Atualmente está sem clube.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

América Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em Fevereiro de 2010, Mauro Fernandes assumiu o comando do América Mineiro, após a derrota do time para o Ipatinga em jogo válido pelo Campeonato Mineiro.[2] Sob o comando do técnico a equipe terminou a Série B do Campeonato Brasileiro na quarta colocação, conquistando a ascensão para a Série A de 2011.[3][4] No dia 11 de junho de 2011, em comum acordo com a diretoria, teve seu contrato rescindido.[5]

Criciúma[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de agosto de 2011, Mauro Fernandes foi anunciado como novo treinador do Criciúma, para substituir Guto Ferreira.[6] Insatisfeito com o desempenho da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro, Mauro Fernandes pediu demissão no dia 17 de setembro.[7]

Caldas Novas GO[editar | editar código-fonte]

Acertou sua passagem ao Caldas Novas no dia 3 de Dezembro de 2014, para disputar o goiano de 2015.[8] No dia 12 de março de 2015 o Caldas Novas-GO demitiu o treinador Mauro Fernandes do comando da equipe goiana, o treinador foi uma contratação de peso para o clube que estreia no campeonato goiano da primeira divisão, mas não foi como a diretoria esperava da sua contratação, Mauro deixou o Caldas Novas com apenas 3 pontos no campeonato goiano tendo disputado 27 pontos até sua saída.[9]

Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Após 2 anos sem clube, Mauro Fernandes acertou com a Portuguesa, para comandar a equipe paulista na sequência da Série D do Brasileirão 2017, sua principal missão é conseguir o acesso a Série C do Brasileirão 2018 com o clube.[10] Em 10 de agosto de 2017, a Portuguesa anunciou a saída de Mauro Fernandes do comando da equipe, ele estava no clube paulista desde maio, deixou a equipe no G4 do grupo 3 da Copa Paulista com 13 pontos, teve 4 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.[11]

Central-PE[editar | editar código-fonte]

Em 01 de novembro de 2017, o Central-PE anunciou Mauro Fernandes como novo treinador do clube para a temporada 2018, o time pernambucano terá um calendário cheio em 2018, já que terá o estadual e a Série D pela frente.[12] Após apenas 3 meses de trabalho no comando do Central-PE, Mauro Fernandes conseguiu realizar uma boa campanha com o clube, a equipe realizou 12 jogos, com sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, tais números que credenciaram a Patativa à final do Pernambucano, o Central-PE derrotou em partida única o Sport por 1 a 0 em Caruaru, e decidirá o título contra Náutico ou Salgueiro, essa será uma final inédita para o torcedor do clube do interior pernambucano, já que a Patativa do agreste chega a primeira em uma final de estadual.[13] No dia 08 de abril de 2018, o Central-PE conquistou o vice campeonato Pernambucano após empatar com o Náutico no primeiro jogo e perder o segundo, a equipe realizou uma ótima campanha e alcançou um ótimo lugar sob o comando de Mauro Fernandes.[14] Em 22 de maio de 2018, Mauro Fernandes se desligou do Central-PE em comum acordo com a diretoria do clube, o treinador juntamente com a equipe não conseguiram colher bons resultados como no estadual, na Série D a patativa não teve uma campanha boa, conseguiu apenas 3 empates e perdeu 2 partidas, como a equipe de Pernambuco não conseguiu avançar de fase não terá calendário para a sequência de 2018.[15]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
América Mineiro 84 35 20 30
Criciúma 9 3 1 5
América Mineiro 13 7 2 5

Títulos[editar | editar código-fonte]

Campanhas em Destaque[editar | editar código-fonte]

Central-PE[editar | editar código-fonte]

  • Vice Campeão Pernambucano: 2018


Referências

  1. «Central Sport Club  » Mauro Fernandes não é mais o técnico do Central». www.centralsc.com.br. Consultado em 23 de maio de 2018. 
  2. Mauro Fernandes assume o América-MG Portal Terra
  3. Mauro Fernandes diz que América mereceu o acesso pela campanha regular UOL Esporte
  4. Mauro Fernandes celebra regularidade e vê justiça em acesso do Coelho Placar
  5. «Mauro Fernandes não é mais técnico do América-MG,». Globoesporte.com. 11 de julho de 2011. Consultado em 11 de julho de 2011. 
  6. «Criciúma anuncia Mauro Fernandes como novo técnico». Portal Terra. 3 de agosto de 2011 
  7. «Mauro Fernandes explica saída do Criciúma». Jornal A Tribuna 
  8. «Mauro Fernandes é novo técnico do Caldas Novas no Campeonato Goiano». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 20 de dezembro de 2016. 
  9. «Caldas Novas troca Mauro Fernandes por Gilberto Pereira, antes no Tacão». globoesporte.com 
  10. «Portuguesa contrata experiente Mauro Fernandes como treinador». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 31 de maio de 2017. 
  11. «Portuguesa surpreende e anuncia saída do técnico Mauro Fernandes». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 11 de agosto de 2017. 
  12. «Ex-técnico de Botafogo e Sport assume time no interior de Pernambuco». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 4 de novembro de 2017. 
  13. «Mauro Fernandes faz história no Central em só três meses de trabalho». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 22 de março de 2018. 
  14. «Um dia após vice, Central marca reapresentação do elenco e foca na Série D». Globoesporte 
  15. «Série D: Central anuncia desligamento do técnico Mauro Fernandes». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 24 de maio de 2018. 
Precedido por
Gílson Nunes
Técnico do Botafogo
1999
Sucedido por
Antônio Clemente
Precedido por
Ferreira
Vágner Mancini
Técnico do Vitória
20062007
2009
Sucedido por
Givanildo Oliveira
Ricardo Silva (interino)
Precedido por
Marco Aurélio
Técnico do América-MG
2010-2011
Sucedido por
Antônio Lopes
Precedido por
Guto Ferreira
Técnico do Criciúma
2011
Sucedido por
Márcio Goiano
Precedido por
Vitor Hugo
Técnico do Itumbiara
2011
Sucedido por
Roberto Fonseca
Precedido por
Milagres
Técnico do América-MG
2012-
Sucedido por
Vinícius Eutrópio
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.